- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
segunda-feira, 15 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

Dois casos suspeitos de gripe suína são investigados

Mais Lidas

Um paciente está internado em estado grave no Hospital Geral de Palmas  (HGP) suspeito de ter contraído a influenza A, também conhecida como gripe suína. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesau) não divulgou o nome do paciente, que é de Paraíso do Tocantins. Outra possível vítima da doença , que faleceu no último dia 15, no Hospital Regional de Gurupi, também é de Paraíso do Tocantins. Os dois casos estão sob investigação, aguardando resultado de exames enviados para o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Paraíso informou que foram colhidas amostras de exames dos dois casos suspeitos, cujo resultado deve sair em até 30 dias. A nota informou ainda que qualquer pessoa que tenha tido contato com os casos suspeitos e apresente sintomas da doença deve procurar a unidade de saúde mais próxima para receber medicamento específico para casos suspeitos.

Somente este ano, a Sesau registrou cinco notificações de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em todo o Estado, com apenas um caso confirmado. Em 2011, foram sete notificações de SRAG com apenas três casos confirmados. Nos três casos do ano passado, o vírus identificado era o influenza B, considerado comum por ser sazonal. Enquanto este ano, o único caso confirmado de gripe no Estado, causado pelo vírus influenza A, foi notificado em Goiás. “Como o tempo de incubação do vírus dura até quatro dias e o paciente estava em trânsito, não há como saber onde o vírus foi contraído”, explicou a gerente de Doenças Imunopreveníveis da Sesau, Maria de Lurdes Miranda Borges. Segundo a gerente, os vírus da influenza A e B estão em circulação no Estado há pelo menos três anos.

Entretanto, segundo a gerente, não há motivo para alarde, “na grande maioria dos casos os sintomas são leves, as pessoas nem chegam a notar diferença entre uma gripe e outra”. Maria de Lurdes explicou ainda que é esperada a intensificação da circulação dos vírus da doença nos próximos meses devido ao aumento da circulação de pessoas com o período de férias.  A circulação dos vírus da influenza A e B é monitorada nas Unidades Sentinelas instaladas em unidades de saúde para ajudar na identificação dos vírus.

Cuidados

Água e sabão são os principais aliados para evitar o contágio de qualquer doença transmitida pelas vias aéreas, disse a gerente. “Lavar as mãos com água e sabão com frequência é um hábito muito eficaz justamente por ser mais acessível que um frasco de álcool, que não se tem à mão em todo lugar. Mas é claro que é importante ter outros cuidados como não compartilhar utensílios pessoais e proteger nariz e boca”, acrescentou.
Por possuir sintomas muito semelhantes a outras doenças das vias respiratórias, alguns sintomas merecem atenção. Por isso, devem ser investigados os seguintes sintomas associados febre, tosse, dor de garganta e dificuldade de respirar.

Imunização

Mais de 84,8% dos grupos priorizados pelo Ministério da Saúde foram imunizados contra a gripe A no Tocantins em 2011. Clínicas particulares de Palmas oferecem a vacina que custa entre R$ 60 e R$ 70. A vacina não é indicada para menores de seis meses e alérgicos a ovo. (Jornal do Tocantins)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias