O velho ditado diz que “O apressado come cru”, cabe perfeitamente para a deputada professora Dorinha (DEM), para o senador Eduardo Gomes (MDB) e para a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB). Isso porque, na noite desta terça-feira, 11, se adiantaram a permitir o vazamento de informações sobre um suposto adiantar de acordo envolvendo DEM e MDB, com a prefeita da capital, visando a reeleição da gestora.

A informações foram primeiro divulgadas pela jornalista Roberta Tum, dando conta que Cinthia havia fechado aliança com DEM e MDB, inclusive com acomodação de pessoas indicadas pelas duas legendas para a gestão. A informação não demorou a ser respondida no início da manhã desta quarta-feira, 12, no site do jornalista Cleber Toledo, pelo deputado do DEM, Carlos Gaguim, afirmando que a legenda descarta apoio a Cinthia e que o DEM pode lançar o vice governador Wanderlei Barbosa, a prefeito da capital em 2020.

Logo depois, foi a vez o MDB também negar qualquer acordo e dizer que não há interesse em participar do governo Cinthia e que constrói seu projeto para a capital.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.