Connect with us

Tocantins

Dulce Miranda consegue empenho de mais R$ 1,4 milhão para o HGA e HGP

Publicado

em

img20161108130494684974-1

O Tocantins vai receber mais R$ 1.400 milhão para o Hospital Geral de Araguaína (HGA) e de Palmas (HGP) investirem na melhoria do atendimento aos cidadãos. O recurso é fruto de emenda parlamentar individual da deputada federal Dulce Miranda e foi empenhado pelo Ministério da Saúde.

São mais de R$ 1.100 milhão para o Hospital Geral de Palmas  (HGP) reformar uma sala onde será instalado um aparelho de Hemodinâmica. O equipamento será usado para procedimentos de diagnóstico, intervenção cardíaca entre outros.

Os outros R$ 342.360 mil vão para a reforma da unidade de alta complexidade em Oncologia do Hospital Geral de Araguaína (HGA). Segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), a unidade em Araguaína terá o ambulatório de especialidade de Oncologia e o tratamento de quimioterapia.

“Se tem algo que me preocupa muito é o câncer. Na Câmara, tenho me empenhado para debater, discutir, cobrar mais pesquisas para termos a cura dessa doença. Além de um compromisso com os tocantinenses, é um compromisso pessoal. Não aceito mais perdermos nossos familiares para essa doença”, afirma Dulce.

Recursos

A deputada destaca que tem trabalhado para trazer mais recursos e melhorias para a saúde pública e outras áreas no Estado. Recentemente, Dulce Miranda e parlamentares da bancada federal conseguiram a destinação de uma máquina de radioterapia para o Hospital de Câncer de Barretos, que vai se instalar em Palmas.

Somente em 2016, Dulce destinou mais de R$ 2.877 milhões em emendas para o Hospital Geral de Araguaína. Destes, R$ 2.500 milhões para a reforma e R$ 735 mil são para a aquisição de equipamentos. No ano de 2015, Dulce conseguiu mais de R$ 2.400 milhões para a Saúde no Tocantins em emenda parlamentar individual. Desse valor, R$ 1.400 milhão já foi pago para a aquisição de equipamentos e reforma no Hospital Geral de Palmas.

“Quando falamos que a verba está empenhada, significa que o Ministério da Saúde oficializou o investimento. É uma das fases mais importantes para o pagamento da emenda parlamentar”, finaliza Dulce Miranda.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Tocantins decreta ponto facultativo nos dias 22 e 23 de abril

Publicado

em

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, decidiu decretar ponto facultativo nos dias 22 e 23 de abril de 2021 (quinta e sexta-feira), considerando os dados constantes do 401º Boletim Epidemiológico da Covid-19 no Tocantins, desta terça-feira, 20, que, mesmo indicando a tendência de redução, ainda apresenta número elevado de casos confirmados da doença. A medida foi publicada na edição de hoje (20) do Diário Oficial (DOE).

A decisão foi tomada em razão do feriado de Tiradentes celebrado nesta quarta-feira, 21. Conforme o Decreto, cabe aos dirigentes dos órgãos e entidades a preservação e o funcionamento dos serviços essenciais relativos às respectivas áreas de competência.

“Precisamos controlar a circulação de pessoas nas ruas e para isso nós estamos colocando em prática mais essa medida que visa conter o coronavírus. Pedimos que as pessoas que puderem fiquem em casa e se protejam. Essa doença é grave, os hospitais estão com muitos pacientes internados e o nosso país tem registrado um grande número de mortos por causa desse vírus. Vamos nos proteger e proteger também quem a gente gosta”, destacou o governador Mauro Carlesse.

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: Inquérito vai acompanhar nomeações de comissionados em lugar de aprovados em concurso

Publicado

em

O Ministério Público do Tocantins (MPTO) vem acompanhando, por meio de inquérito civil público, as nomeações de servidores comissionados no município de Araguaína, visando apurar possíveis irregularidades, em razão de existir um concurso público em vigência para provimento de cargos efetivos do Poder Executivo.

Para evitar eventual violação ao princípio do concurso público, uma recomendação foi expedida anteriormente para que o município se abstivesse de celebrar contratos temporários para o exercício de funções com atribuição idêntica ou assemelhada às dos cargos para os quais existem candidatos aprovados no concurso público. Na recomendação, foi destacado que as contratações temporárias dessa natureza só poderiam ser cogitadas após a nomeação de todos os candidatos aprovados no concurso, inclusive daqueles que compõem o cadastro reserva.

Em resposta, o Município informou, com documentos comprobatórios, ter efetuado a nomeação e posse da quase totalidade dos candidatos que foram aprovados, inclusive além da quantidade de vagas estabelecida no edital. Dessa forma, teria atendido à recomendação do MPTO e obedecido ao princípio do concurso público.

O MPTO, por meio da 6ª Promotoria de Justiça de Araguaína, continuará vigilante quanto às contratações temporárias, sendo que, no momento, não existem indicativos de irregularidades, haja vista que as contratações temporárias vêm sendo realizadas para o desempenho de atividades diversas dos cargos efetivos ofertados no último concurso público, de acordo com as informações prestadas. Também é considerado o fato de que, dentro do prazo de validade do concurso, a administração deve escolher o melhor momento para novas nomeações, notadamente no que se refere aos aprovados fora do número de vagas do edital.

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: Homem se entrega e afirma que não conseguia conviver com culpa por feminicídio

Publicado

em

A 2ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (2ª DHPP) da Policia Civil, em Araguaína, cumpriu nesta segunda-feira, 19, mandado de prisão em desfavor de um homem, de 33 anos, que está sendo investigado pelo crime de feminicídio praticado contra a companheira dele, senhora Shirly Rodrigues Segurado na noite do último sábado, 17. Ao se entregar para a Polícia Civil, o homem confessou as agressões praticadas contra sua companheira e disse que não estava conseguindo conviver com o sentimento de culpa pelo que tinha ocorrido.

O caso da senhora Shirly soou um alerta dentro da 2ª DHPP. Segundo o delegado-chefe da unidade, Guilherme Torres Coutinho, o feminicídio contra ela foi o terceiro deste ano, tendo como característica comum o fato de que nenhuma das vítimas, mesmo possuindo histórico de violência doméstica, jamais ter registrado boletim de ocorrência sobre as agressões sofridas.

Whatsapp para denúncias

A delegada regional da Polícia Civil, em Araguaína, Ana Maria Varjal afirma que para evitar ser alvo de reiteradas formas de violência doméstica e de feminicídio é preciso que a mulher denuncie o agressor. “A denúncia, diz ela, é essencial para que a Polícia Civil possa agir”. Daí porque, além dos canais já existentes e em razão dos três feminicídios já registrados neste ano em Araguaína contra um em todo o ano passado, a Delegacia Regional da Polícia Civil destinou para a 3ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (3ª DEAM) um número de whatsapp (63) 3411-7310 para facilitar o recebimento de denúncias. (Shirley Cruz)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze