Connect with us

Maranhão

Edivaldo Holanda Júnior (PDT) é reeleito prefeito de São Luís-MA

Publicado

em

o-prefeito-de-sao-luis-ma-e-candidato-a-reeleicao-edivaldo-holanda-junior-pdt-1477156545700_615x300

O empresário Edivaldo Holanda Júnior (PDT) foi reeleito prefeito de São Luís (MA) no segundo turno, neste domingo (30). Ele concorreu ao cargo com o deputado estadual Eduardo Braide (PMN).

Com 95,07% das urnas apuradas, Edivaldo tinha 53,83% dos votos, contra 46,17% de seu adversário.

Edivaldo de Holanda Braga Júnior tem 38 anos, é bacharel em direito e empresário. Iniciou sua carreira na política quando era estudante de direito. Foi líder estudantil da juventude do PSDB. Ainda como militante estudantil, em 2002, Edivaldo declarou o apoio nas campanhas do ex-governador Jackson Lago (PDT), morto em 2011, e do ex-presidente Lula (PT).

Em 2004, foi eleito vereador pela primeira vez em São Luís e conseguiu se reeleger no mandato seguinte. Em 2010, foi eleito deputado federal com 104.015 votos, sendo 70 mil votos somente em São Luís.

Em 2012, nas eleições municipais, conseguiu eleger-se prefeito de São Luís no segundo turno e tornou-se o prefeito mais jovem a ocupar o cargo. Naquele pleito, ele disputou o cargo com mais sete candidatos e obteve 36,44% dos votos válidos. No segundo turno, derrotou o candidato à reeleição João Castelo (PSDB) ao obter 56,06% dos votos válidos.

Durante a campanha do segundo turno, Edivaldo Júnior evitou o embate direto com seu adversário Eduardo Braide para não manchar sua imagem e ser reeleito. Houve troca de farpas sobre supostas irregularidades em órgãos públicos. Além disso, tanto Holanda quanto Braide se acusaram de receber apoio da família Sarney, hoje rejeitada por parte da população de São Luís.

No primeiro turno, Holanda polarizou a disputa pela Prefeitura de São Luís com o deputado estadual Wellington do Curso (PP), com quem chegou a ficar tecnicamente empatado nas pesquisas. Mas a eleição mostrou outro resultado: Braide aparecia em 4º lugar nas pesquisas e saiu dos 5% das intenções de voto para 21,34% dos votos válidos obtidos nas urnas, enquanto Holanda conseguiu 45,66%.

A coligação de Holanda “Pra Seguir em Frente” reúne doze partidos (PDT / PTB / PRB / PSC / PR / DEM / PROS / PC do B / PTC / PSL / PEN / PT). Já o PMN de Eduardo Braide não fez coligação com nenhum partido. Os dois candidatos tiveram cinco minutos no programa eleitoral da TV.

Holanda foi o candidato com mais tinha dinheiro em caixa: R$ 1.313.300. Desse total, a campanha o contratou R$ 1.189.418,74 e sua maior despesa foi com contrato de produção de programas de rádio, televisão ou vídeo, no valor de R$ 295 mil.

A campanha de Braide foi feita com menos recursos. Ele recebeu R$ 96 mil em doações e contratou R$ 290.829,37 – desse valor já foram pagos R$ 32.219,70. O maior gasto dele foi de R$ 135.510,00 com a impressão de material de publicidade. Os dados são de 20 de outubro.

Holanda vai governar uma cidade com 1,04 milhão de habitantes. Com um PIB de R$ 23 bilhões (segundo os dados mais recentes do IBGE, de 2014), São Luís tem índice de mortalidade infantil de 17,12 por mil nascidos vivos (a média do Brasil é de 12,89 por mil) dados do IBGE de 2014) e taxa de analfabetismo de 5,92% (no Brasil, a taxa é de 11,82%)

A capital maranhense tem 67,1 homicídios por arma de fogo para cada cem mil habitantes, segundo o Mapa da Violência 2016 (é o 3º pior índice entre as capitais brasileiras – o Brasil tem 30,3 homicídios por arma de fogo a cada 100 mil habitantes) e 29,11% de domicílios com renda per capita mensal até metade do salário mínimo, dados do IBGE de 2010.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Imagem inusitada nas Quatro Bocas

Publicado

em

Nesta noite de sábado, 29, uma cena chamou atenção dos frequentadores da região das Quatro Bocas, na cidade de Imperatriz, na região Tocantina, no estado do Maranhão.

Uma mulher foi vista comendo panelada, uma comida tradicional da região, em trajes, digamos, bem à vontade. Depois de comer, a mulher embarcou em um mototáxi e foi embora.

Continue lendo

Maranhão

Flávio Dino solicita antecipação da campanha de vacinação da gripe no Maranhão

Publicado

em

Na última reunião do ano do Conselho Nacional da Amazônia Legal, nesta quinta-feira (26), o governador Flávio Dino solicitou ao presidente do Conselho e vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que seja antecipada a campanha de vacinação da gripe (influenza). 

“No Maranhão começou o período de chuvas e as síndromes gripais começam a aparecer. É muito importante antecipar a vacina da gripe para proporcionar melhores condições operacionais no combate ao coronavírus e à influenza”, disse o governador. 

Meio Ambiente

Na reunião virtual, o governador divulgou ainda que em 2020, o Maranhão apresentou um menor número de queimadas, quando comparado com o ano anterior. “Agora, aqui no Maranhão, as queimadas começam fortemente a declinar. O nosso indicador de 2020 foi menor que o 2019 e ficou abaixo média histórica do Maranhão, no que se refere a queimadas, focos de incêndio”, disse o governador ao ressaltar a atuação do Governo do Estado por meio do Corpo de Bombeiros e secretarias do Meio Ambiente e Agricultura, em conjunto com produtores e agricultores de todo o estado. 

Outro tema abordado durante o encontro foi o Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE). O Maranhão já concluiu todo o zoneamento do Bioma Amazônico e está em fase de execução do bioma Cerrado-Costeiro. “Até meados de 2021 teremos 100% do território com maranhense com o ZEE aprovado em lei na Assembleia Legislativa do Maranhão”, afirmou Dino. 

O governador questionou ainda sobre o repasse de recursos do Fundo da Amazônia e sugeriu a temática da bioeconomia, com maior sinergia entre setor público e o privado. “No Maranhão nós temos muitas possibilidades de arranjos produtivos significativos e ter um PPP da produção, da bioeconomia, seria uma boa oportunidade para geração de trabalho no estado”, finalizou o governador.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Governo vistoria obras de pavimentação e reforma do prédio da AIL

Publicado

em

O titular da Secretaria de Estado Extraordinária da Região Tocantina (SEERT), Pastor Luiz Carlos Porto, vistoriou as obras realizadas pelo Governo do Estado na cidade de Imperatriz. Ele informou que após a pandemia do coronavírus (Covid-19) serão vistoriadas obras em outros municípios que estão na área de abrangência da SEERT.

No Parque São José, a principal reivindicação dos moradores era o asfaltamento do segmento da Rua Rui Barbosa, uma das principais artérias do bairro, que foi incluída no programa Mais Asfalto. Outra via beneficiada com as obras da gestão estadual é a Rua do Buritizal, no Parque das Palmeiras II. 

O secretário Luiz Carlos Porto explicou que várias ruas estão sendo beneficiadas, incluindo as vias em periferias. “O secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, vem realizando um grande trabalho”, afirmou.

AIL

Entre as obras vistoriadas pelo secretário Luiz Carlos Porto encontra-se a de restauração do prédio que abriga a Academia Imperatrizense de Letras (AIL), um dos mais suntuosos e antigos da cidade.

Por determinação do governador Flávio Dino, as obras continuam aceleradas, a expectativa é que o prédio seja entregue à população de Imperatriz até o dia 15 de dezembro.

Na companhia do presidente da AlL, Raimundo Trajano Neto, o secretário Luiz Carlos Porto tem acompanhado o trabalho dos operários, que seguem o projeto de reforma preservando a originalidade da bela arquitetura do prédio.

Aprovado pela unanimidade dos acadêmicos, a partir de sua reinauguração o prédio será nomeado como Paço da Cultura Sálvio Dino, em homenagem ao saudoso acadêmico Sálvio Dino, falecido recentemente.

Continue lendo
publicidade Bronze