Connect with us

Maranhão

Em 100 dias, Maranhão recebe reforço na infraestrutura, amplia rede hospitalar e minimiza impactos da crise

Publicado

em

Nos últimos 100 dias, o Maranhão recebeu do Governo do Estado um reforço histórico na rede pública hospitalar. Medidas que estão ajudando no tratamento de pessoas com Covid-19 e mantém o plano de descentralização da oferta de atendimento especializado em saúde pública.

E apesar da pandemia, as principais obras de infraestrutura realizadas pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), continuam em execução, seguindo todos os protocolos de segurança. Os investimentos minimizam os impactos da crise sanitária com a manutenção de empregos e geração de renda para as famílias maranhenses.

Além da ampliação de leitos dos hospitais macrorregionais em vários municípios do estado, cidades como Santa Luzia do Paruá, Viana, Coroatá, Lago da Pedra e São Luís receberam novas unidades hospitalares, que proporcionaram mais eficiência e conforto no atendimento aos pacientes com o novo coronavírus.

Para o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, esse investimento é importante não só para atender os pacientes durante a pandemia, mas também para melhorar o atendimento, já que toda a estrutura ficará disponível para a população. “Nós temos obras entregues e em andamento, que servirão para o coronavírus hoje e, futuramente para outros usos da sociedade. Esse é um investimento histórico para o Maranhão”, afirmou.

Acesso a saúde

Santa Luzia do Paruá, por exemplo, recebeu pela primeira vez um hospital com Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Com a nova unidade entregue, a população agora dispõe de melhores condições para ter um atendimento mais digno, graças a estrutura composta de 60 leitos de enfermaria, 10 leitos de UTI, exames de mamografia, laboratoriais, ultrassom e raio-X.

O Hospital Antônio Hadade, em Viana, é uma unidade ampla e moderna e atende a moradores da Baixada Maranhense. A unidade conta com 50 leitos, salas de cirurgias, salas de observação, de diagnóstico, exames, laboratório, sala vermelha e amarela, destinada a pacientes positivos para a Covid-19.

Em Coroatá, o Hospital Macrorregional Alexandre Mamede Trovão dispõe de dez leitos de UTI, 25 leitos de enfermaria e setor de hemodinâmica com sala de Raio X. Além disso, foram adicionados mais leitos exclusivos para tratamento de pacientes com Covid-19.

Na capital, São Luís, a principal obra neste período foi a reforma do Hospital da Criança. A unidade foi entregue com uma ala exclusiva para receber pacientes com Covid-19 e H1N1, além de enfermarias, área de estabilização, posto de enfermagem e repouso, com segurança e estrutura específica para quem passa pelo tratamento.

Já em Lago da Pedra, Hospital Regional Dr. Rubens Jorge, possui uma estrutura com 50 leitos de internação e quatro salas de isolamento, com áreas totalmente estruturadas para receber possíveis casos da Covid-19. O hospital também possui consultórios de enfermagem, clínica geral, ginecológico, salas para curativos, gesso, raio-X, laboratório para coleta de sangue e salas administrativas.

O Hospital Regional Materno Infantil, as obras de reforma, ampliação e modernização, em andamento foram aceleradas e adaptadas para o tratamento de pacientes com coronavírus, resultando em desafogamento das outras unidades do Estado em Imperatriz.

Em andamento, a obra do Hospital da Ilha, na capital, vai receber na primeira etapa, 212 leitos, distribuídos em sete blocos de atendimentos; na segunda etapa, serão totalizados aproximados 400 leitos de internação e Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e a primeira Unidade de Tratamento para Queimados (UTQ).

Obras educacionais

Devido a pandemia, a prioridade das entregas foram obras hospitalares, no entanto várias outras continuam em andamento colaborando para geração de emprego e minimizando os efeitos econômicos durante a crise sanitária. Na área da educação, por exemplo, entre as maiores obras, estão a construção dos Iemas nas cidades de, Coroatá e São Vicente Ferrer.

Ainda na educação, na Região Tocantina está em construção o Centro de Ciências Agrárias da Uemasul, em Imperatriz. A unidade está na fase de acabamento e conta com una de 20 salas de aula, 20 laboratórios, uma biblioteca setorial, três salas administrativas, um auditório setorial, uma cantina e uma área de vivência universitária. estrutura vai atender, incialmente, aos para atender aos cursos de Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal e Medicina Veterinária.

Em Presidente Dutra, a obra do IEMA vai oferecer ensino médio regular e técnico de forma integral. Para isso, tem uma estrutura de 12 salas de aula, cozinha industrial, ginásio coberto, auditório com capacidade para 200 lugares, laboratórios especiais e seis diversos, área de vivência e refeitório.

Infraestrutura

Há investimentos também na infraestrutura das estradas, com a construção de pontes e rodovias. A ponte de Central a Bequimão, por exemplo, é uma das maiores obras em execução e em breve vai interligar estes municípios a todo o Litoral Ocidental, finalizando uma espera de décadas da comunidade que poderá se deslocar com mais agilidade.

Para se ter uma ideia, hoje, quem precisa se deslocar de Central até o Ferry de Cujupe, para chegar na capital, percorre uma rota de 135 quilômetros e mais de duas horas para finalizar o trajeto. Com a entrega da ponte, o percurso será de 65 quilômetros, menos da metade.

Entre as rodovias contempladas com investimento, está a MA-245, que liga Lago da Pedra a Lagoa Grande do Maranhão. A obra inclui a construção da pavimentação serviços de drenagem e a construção de mais sete pontes ao longo do trecho. Outra beneficiada é a MA-320, entre Primeira Cruz a Santo Amaro, que vai melhorar as condições de deslocamento e fomentar o turismo. Além da construção, as principais rodovias recebem serviços de manutenção e conservação em todo Maranhão. serviços de manutenção e conservação em todo Maranhão.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Nova banca do concurso da Câmara Municipal divulga locais e datas de provas

Publicado

em

Dando continuidade ao concurso para a Câmara Municipal de Imperatriz, o instituto CONSEP – Consultoria e estudos pedagógicos divulgou em sua página oficial na última segunda (21), os nomes de todos os inscritos com seus respectivos locais de provas.  

Os candidatos que tiveram suas inscrições homologadas podem acessar o site da empresa e conferir número de inscrição, data e local de prova. 

De acordo com as retificações no edital, as provas serão realizadas nos próximos dias 10 e 11 de outubro em várias unidades escolares e faculdades da cidade, conforme horários estabelecidos na lista com nome, número de inscrição e locais. 

Anteriormente, o certame havia sido suspenso atendendo recomendação do Ministério Público que alegou irregularidades na primeira empresa, o Instituto Coelho Neto. A Comissão realizadora juntamente com a Procuradoria da Câmara, chamaram a segunda colocada e foram repassados todos os processos feitos até então, com as informações atualizadas, orientações e medidas de segurança a serem adotadas devido à pandemia do coronavírus.  

Houve um segundo pedido de suspensão, mas a Procuradoria informou que o legislativo não recebeu nenhum anuncio oficial ou pedido formal. O Concurso inclusive foi pedido pelo próprio MP como ajustamento de conduta e se houver algum impedimento da justiça, será feita defesa, dentro da necessidade requerida.  

Todos os procedimentos de contratação foram devidamente cumpridos, apresentadas todas as certidões e documentações, não havendo por parte da Câmara ou da empresa nenhum ato administrativo que desabone ou coloque em suspeição os trabalhos. 

O concurso oferece vagas para níveis fundamental, médio, superior; busca preencher vagas e formar cadastro de reserva com carga horária de 20 e 30 horas semanais, terá validade de dois anos e poderá ser prorrogado por igual período. 

As inscrições aconteceram de 06 a 24 de julho.  

O período de readequação e adaptação da nova empresa, foi necessário devido a outro concurso que a banca estava realizando na cidade de Itabaiana em Sergipe. Lá as provas foram aplicadas nos dias 6, 7 e 13 de setembro, para mais de 11 mil inscritos, seguindo todos os procedimentos de segurança em função do covid-19, demonstrando a capacidade e responsabilidade do instituto na realização desses processos. Agora o instituto volta toda sua atenção para a execução do certame em Imperatriz. 

Para conferir todas as informações, acesse o edital de abertura e as retificações no link http://www.consep-pi.com.br/concurso/C0NCURS0-CAMARA-MUNICIPAL-DE-IMPETRATRIZ-MA/157/

Continue lendo

Maranhão

AÇAILÂNDIA: Seis candidatos vão disputar a Prefeitura

Publicado

em

Um dos municípios mais importantes do Maranhão, Açailândia com seus mais de 104 habitantes, verá como no restante do país, seus mais de 71 mil eleitores, escolherem em novembro seu novo gestor e legisladores, para o quadriênio 2021/2024.

Seis nomes estão na disputa pelo comando da Prefeitura Municipal e 295 candidatos a Câmara Municipal.

Açailândia surgiu em 1958, com as obras da BR-010, que mobilizou 1,2 mil trabalhadores na região. O nome do município vem do açaizeiro. A palha dessa palmeira cobriu os primeiros barracos na localidade de Trecho-Seco, perto de um córrego achado com a ajuda dos índios Cúria e Crocranum.

A água, a terra fértil e a madeira foram os principais atrativos para manter os trabalhadores no local, que pertencia ao município de Imperatriz. Açailândia guarda desse tempo o escritório da empreiteira Rodobrás, conhecido como Casa da Memória.

A economia rural ganhou impulso após o assentamento de famílias cearenses na Colônia Gurupi, nos anos 60, com incentivo estadual. O município tornou-se o maior produtor de arroz, milho, mandioca, feijão, pimenta-do-reino e tomate do Maranhão. A pecuária também ganhou destaque.

Açailândia emancipou-se de Imperatriz em 1981.

A atividade madeireira cresceu na década de 1980. Com a construção da Estrada de Ferro Carajás e da Ferrovia Norte Sul, o município recebeu as primeiras siderúrgicas. Em 1994, foram desmembrados de Açailândia os Municípios de São Francisco do Brejão e Itinga do Maranhão.

Atualmente, Açailândia segue sua missão de ser uma dos carros chefes do desenvolvimento do Maranhão e capaz de gerar riquezas e conta com um orçamento milionário para ser administrado, por um dos seis postulantes ao Paço municipal. Saiba quem são os nomes:

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Município tem 11 candidatos a prefeito. Veja quem são

Publicado

em

Desde 31 de agosto, os partidos políticos já começaram a fazer convenções para oficializar os nomes que vão concorrer às Prefeituras Municipais nas eleições de 2020. Em Imperatriz maior município do interior maranhense, 11 partidos pediram registros de postulantes ao Paço Municipal e até 461 a Câmara Municipal.

Veja quem são os candidatos a prefeito:

Continue lendo
publicidade Bronze