Connect with us

Tocantins

Em entrevista à Folha de SP e UOL, Kátia Abreu fala sobre crise, saída do PMDB e eleições

Publicado

em

Ex-ministra do governo Dilma Rousseff, a senadora Kátia Abreu (Sem partido-TO) se diz alvo de “truculência” do PMDB [atual MDB], partido do qual foi expulsa. Ela critica a gestão do presidente Michel Temer e diz que o Brasil vive uma “crise gigante gerida por nanicos”. Com mandato de senadora até início de 2023, Kátia pretende disputar o governo de Tocantins, mas não sabe por qual partido.

Ela defende a escolha de um perfil “mais pacifista” para presidir o país em 2018, apontando que o Brasil está dividido desde 2014. Sem um candidato favorito, a senadora diz “ter medo” dos exageros do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que pretende disputar a presidência em 2018.

Folha – Como recebeu a notícia da expulsão do PMDB [atual MDB]?
Kátia Abreu – Era esperado porque o PMDB [atual MDB] está num ritmo de truculência e de mudança de comportamento jamais visto no partido. A minha opinião era divergente, apenas isso. Tem determinados tipos de canalhas que além de serem covardes são machistas. O que eu fiz que Requião não tenha feito?

Ainda tem uma foto de Dilma no gabinete da senhora
Ela ainda é presidente, só quando tiver novas eleições que eu tiro.

Como está a relação com ela?
Eu gosto muito dela. Uma amizade que nós desenvolvemos e que com o impeachment nada mudou.

A senhora vai disputar o governo de Tocantins?
Eu sou pré-candidata.

A senhora se vê em que palanque ano que vem?
Não gosto de trabalhar sob hipótese. Tanto que não quero nem escolher partido agora.

Alguma coisa de que se arrepende na trajetória política?
Poderíamos ser mais produtivos. De 1988 para cá a gente veio apagando incêndio. Morreu o presidente, o Sarney entrou. Teve um papel importante que foi garantir a democracia. Veio Collor e aconteceu o que aconteceu, Itamar tinha planejamento? Não. Foi uma luta árdua para o Plano Real. Passou Sarney, Itamar. Veio Fernando Henrique dar a nossa estabilidade. Ai veio Lula para melhorar questão da pobreza, mudou muito o país. Vem Dilma, dá uma ampliada e tenta melhorar parte da logística. Todos tiveram seu mérito, mas ninguém teve planejamento.

A senhora não citou nada positivo de Michel Temer.
Estamos vivendo uma crise gigante gerida por nanicos. Estou muito preocupada. Eu não vejo governo.

O que vai ser mais importante nesse atual cenário político?
Caráter, cuidado e coragem. Em determinadas áreas, o Estado tem a sua obrigação constitucional como na segurança pública e na saúde. A população está em pânico. Por que que a gente observa uma ascendência do Bolsonaro? Bolsonaro praticamente virou um símbolo do sentimento brasileiro. Ele se demonstra uma pessoa valente diante da corrupção. Isso pode crescer se não tiver um outro símbolo que possa capturar uma coisa mais equilibrada e mais pacifista. Tenho muito medo.

Quando fala em figura mais pacifista, a quem se refere?
O Alckmin [Geraldo Alckmin, governador de SP] e o Álvaro Dias [senador pelo Podemos-PR].

Como vai disputar eleições sendo alvo de acusações da Odebrecht?
Se eu devesse alguma coisa eu jamais seria candidata. Eu não tenho nada com corrupção, eu não tenho nada com esse assunto. Veio uma história de que iriam arquivar tudo que era caixa dois. Eu não assino. Não aceito. Eu tenho 20 anos de vida pública e foi a primeira vez que eu fui acusada de receber R$ 500 mil. Eu não pratiquei caixa dois

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

PALMAS: Quadrilha que realizava furtos em redes varejistas da Capital é presa

Publicado

em

Policiais militares do 1º batalhão prenderam, nesta quinta-feira, 26, uma mulher por furto em vários estabelecimentos comerciais e redes varejistas de Palmas. Ao todo a Polícia Militar conseguiu recuperar em torno de R$ 50 mil em produtos furtados.

Uma equipe da polícia militar foi acionada, via sistema integrado de operações policiais (SIOP), para atender uma ocorrência de furto em estabelecimento comercial numa rede varejista de Palmas, localizada na quadra 402 Sul . No local, uma mulher foi presa, à qual confessou o crime de furto de duas Tv’s de 32″ e ainda informou aos militares, que contou com o apoio de um homem e uma outra mulher e que já tinha furtado, mais cedo e no mesmo supermercado, outras duas Tv’s.

A equipe solicitou apoio do comandante do policiamento da capital – CPU, e da Agência Local de Inteligência (ALI)  que, após analisar as imagens, foi constatado que a mesma estava atuando com mais três mulheres e que estavam na cidade há apenas dois dias.

Após diligências, foram encontrados em um hotel da cidade, vários objetos furtados pelas infratoras, sendo 04 (quatro) TV’s de 32 polegadas totalizando 06 (seis) aparelhos de TV, aproximadamente 500 peças de roupas que foram furtadas em várias lojas de grandes redes em Palmas. Ao todo a polícia militar conseguiu recuperar algo em torno de 50.000,00 reais em produtos furtados.

A infratora foi encaminhada para a central de flagrantes, juntamente com os objetos recuperados, e foi autuada no Art. 155 do código penal brasileiro. Os proprietários e responsáveis pela mercadoria foram informados e tiveram os produtos restituídos.

Continue lendo

Tocantins

Tocantins acumula mais de 80 mil contaminados pela Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que nesta quinta-feira, 26 de novembro, foram contabilizados 241 novos casos confirmados para Covid-19.

Deste total, 69 foram registrados nas últimas 24 horas e o restante por exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Desta forma, hoje o Tocantins registra um total de 254.508 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 80.450 casos confirmados da doença. Destes, 72.849 pacientes estão recuperados e 6.446 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além de 1.155 óbitos.

Clique AQUI e veja o boletim completo.

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: Cristo tem iluminação especial no Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher

Publicado

em

Quem passou pelas proximidades do setor Pedra Alta, nessa quarta-feira, 25, viu a imagem do Cristo Redentor de Araguaína alaranjado. A iluminação diferenciada foi uma referência ao Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher. A data é escolhida pelas Nações Unidas (ONU), em 1999, em homenagem às irmãs Mirabal (Pátria, Minerva e Maria Teresa), assassinadas pela ditadura de Leônidas Trujillo na República Dominicana, na década de 1960.
 
Conhecidas como “Las Mariposas” (as borboletas), essas mulheres eram ativistas contra o regime de Trujillo. Eram nascidas em uma família rica da província dominicana de Salcedo (hoje chamada de Hermanas Mirabal), com cursos universitários, casadas, com filhos e tinham cerca de uma década de protestos.
 
Reforma

A estátua do Cristo e as imediações estão sendo revitalizadas. A iluminação já está pronta e é realizada por cinco projetores em LED, que podem receber vidraria colorida para refletir na imagem. O sistema que liga a iluminação é automatizado para garantir economia de energia durante os horários de sol.
 
A partir de dezembro, o monumento passará para cor vermelha em alusão ao Natal e também mês da doação de sangue.
 
Combate contra a violência

A Secretaria da Assistência Social tem atendimento especializado no Centro de Referência de Assistência Social (CREAS) para mulheres que sofrem violência doméstica e ainda estimula a independência financeira com cursos profissionalizantes gratuitos. Para ter acesso o atendimento o telefone é 99973-9729.
 
“Nós percebemos que grande parte das mulheres que sofrem violência tem medo de sair de casa não só por medo do companheiro, mas também pela dependência financeira. Então, fornecemos a ajuda psicológica e educativa para transformação dessa mulher”, afirmou Lucas Andrade, diretor de Proteção Social Especial.

Continue lendo
publicidade Bronze