Connect with us

Tocantins

Em Gurupi, três são presos por esconder maconha em farofa

Publicado

em

O sábado de visitas aos detentos da Casa de Prisão Provisória (CPP), de Gurupi, no Sul do Estado, foi bastante movimentado e exigiu da equipe de vistoria muito trabalho. Duas vasilhas contendo farofa de carne de sol escondiam tabletes de maconha e seriam destinados a presos do regime fechado. Duas mulheres e um homem que tentaram burlar a segurança acabaram pegos e autuados por tráfico de drogas.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a dona de casa Maria Marilde Cosme, 40 anos, transportava em uma marmita, entre porções de carne e farinha de mandioca, 11 gramas de maconha. A dona de casa ia visitar o irmão, Francisco Cosme Filho, 36 anos, preso por porte ilegal de arma de fogo e por atirar em via pública. Filho foi preso no ultimo dia 12 de novembro no Setor Jardim dos Buritis, em Gurupi, com um revólver em punho e depois de efetuar vários disparos na rua e em direção à viatura da Polícia Militar. Porém, em depoimento, Maria teria dito à polícia que a droga não era para o irmão, e que ele sequer sabia da existência do entorpecente. Segundo a polícia, a dona de casa contou que o entorpecente foi posto na comida do irmão, por seu filho, um menor de 17 anos. Ainda conforme depoimento da suspeita, o adolescente teria sido pressionado por uma gangue do bairro a fornecer a droga aos presos.

Segundo caso

Ainda no sábado, também durante o horário de visitas, os agentes penitenciários localizaram outra quantidade de maconha camuflada em alimentos. Os tabletes da droga também estavam escondidos em uma vasilha, também com farofa, e eram levados pelo casal Eliane Policarpo Sousa e Antonio Luiz Oliveira Costa (idades não informadas).

De acordo com a SSP, não ainda não foi possível, descobrir quem eram os destinatários das drogas, somente que o casal estaria levando a maconha para a mesma pessoa. Os três suspeitos foram autuados por tráfico de drogas.

Pena

A pena mínima para o tráfico de drogas é de cinco anos de reclusão, regime fechado (art.33, Lei 11.343/2006). O art. 35 da mesma lei prevê pena mínima de três anos para quem se associa para a prática de tráfico de drogas. (Jornal do Tocantins)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

PALMAS: Objetos eletrônicos frutados são recuperados pela Polícia Civil

Publicado

em

Dando continuidade às investigações referentes à prática de furtos ocorridos na região norte da Capital, na manhã desta segunda-feira, 10, a Polícia Civil do Tocantins (PC-TO) por meio da 3ª Delegacia de Polícia Civil de Palmas, recuperou vários bens que haviam sido subtraídos de diferentes estabelecimentos de Palmas, nas últimas semanas. 

As investigações foram iniciadas logo após o furto ocorrido na Controladoria Geral do Estado, no último dia 27 de abril. Após inúmeras diligências, os agentes da unidade policial localizaram na manhã de hoje, um notebook, e um aparelho de TV, que haviam sido levados de uma clínica médica. Na mesma ação, os policiais civis também encontraram e apreenderam três panelas elétricas, além de uma caixa térmica contendo várias latas de refrigerantes. As investigações da PC-TO apontaram que os utensílios domésticos e as bebidas foram furtados de um quiosque também localizado na região norte.

Todos os produtos recuperados foram levados para a sede da 3ª Delegacia de Polícia Civil onde serão periciados e restituídos aos verdadeiros proprietários. Com a recuperação dos bens, a Polícia Civil do Tocantins elucidou os furtos, cometidos através de arrombamento e identificou os autores, que foram indiciados por furto qualificado.

Continue lendo

Tocantins

COLINAS: Confira cronograma das obras da BRK Ambiental para a semana de 10 a 13 de maio

Publicado

em

A BRK Ambiental, responsável pelos serviços de saneamento em 47 municípios do Tocantins, realiza obras em Colinas do Tocantins, município localizado na região norte do estado, entre os dias 10 e 13 de maio.

As equipes estão empenhadas em realizar a recomposição do asfalto e das calçadas das vias que receberam novas tubulações. Recentemente, a concessionária implantou 25 km de redes de esgoto em 10 bairros do município, levando saneamento para mais pessoas.


As interdições para as obras garantem a segurança das equipes e dos pedestres. Recomenda-se que motoristas optem por transitar em vias alternativas. As ruas e avenidas podem ser fechadas entre as 07h e 18h.

Confira o cronograma:

Setor Santo Antônio
Segunda-feira (10)
Rua Luiz Alves Guida

Terça-feira (11)
Rua Dom Orione entre as ruas Luiz Alves Guida e São Paulo

Quarta-feira (12)
Rua Dom Orione entre as ruas Luiz Alves Guida e São Paulo

Quinta-feira (13)
Rua São Paulo

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: Governo atende solicitação de Luana Ribeiro que pede recuperação da TO-422 no trecho de acesso ao Daiara

Publicado

em

O Governo do Tocantins intensificou os trabalhos de recuperação da TO-422, no trecho de 8 km que dá acesso ao Distrito Agroindustrial de Araguaína (Daiara). A demanda foi apresentada pela deputada estadual Luana Ribeiro e aprovada pela Assembleia Legislativa do Tocantins.

A parlamentar destacou a importância de recuperar o trecho que abriga várias empresas, como distribuidoras de alimentos, de peças e um frigorífico. “Esta estrada é muito movimentada, especialmente pelo grande fluxo de caminhões, mas pela precariedade tem colocado em risco a segurança de quem trafega pela via. A região também abriga vários assentamentos e as famílias também sofrem com as condições funcionais do trecho”, justificou Luana Ribeiro. 

O desempenho da rodovia, em trafegabilidade e conforto, estava comprometido pelo acúmulo de deformações na superfície asfaltada. O objetivo é restabelecer as condições funcionais da via degradada pelo grande tráfego de veículos pesados, para o qual não foi projetada. As obras iniciaram na semana passada.

Os trabalhos devem restabelecer a trafegabilidade, principal demanda dos usuários da via, que atende empresários, proprietários rurais e moradores locais. (Com informações da Ageto)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze