Connect with us

Tocantins

Emenda de Eduardo Siqueira com recurso para Hospital do Câncer é aprovada para Orçamento 2018

Publicado

em

A Assembleia Legislativa aprovou na noite desta quarta-feira, 20, a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2018, com inclusão de uma emenda conjunta dos deputados Eduardo Siqueira (DEM) e Olyntho Neto (PSDB) que destinaram recursos para a construção do Hospital do Câncer de Barretos em Palmas. Após solicitação do Governo do Estado, foi construído um acordo entre o Legislativo e Executivo, e ficou definido a destinação de R$ 15 milhões para a obra.

“O processo legislativo é assim, eu havia apresentado uma proposta com um valor maior, mas chegamos a um acordo do que é possível neste momento. E o mais importante é que essa obra passa a ter recurso garantido e já imaginamos o Hospital do Câncer funcionando e atendendo a nossa população ”, declarou Eduardo Siqueira.

Data-base

O deputado Eduardo Siqueira Campos também destacou a importância da aprovação de suas emendas na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que garantiram previsão de recursos para pagamento da data-base dos servidores e para a conclusão de concursos em andamento. O parlamentar salientou que ao redigir a LOA, o Governo do Estado previu recursos para essas duas ações, motivado pela inclusão das emendas na LDO. (Élcio Mendes)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Mais nove mortes por Covid-19 são confirmadas nessa quinta, 1º, no Tocantins

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que nesta quinta-feira, 01 de outubro, foram contabilizados 642 novos casos confirmados para Covid-19 e 9 óbitos.

Deste total, 149 foram registrados nas últimas 24 horas e o restante por exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Desta forma, hoje o Tocantins registra um total de 207.629 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 68.606 casos confirmados da doença. Destes 52.208 pacientes estão recuperados e 15.450 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além de 948 óbitos.

Clique AQUI e veja o boletim detalhado.

Continue lendo

Tocantins

Tocantins tem saldo positivo de 2.040 empregos em agosto

Publicado

em

O Estado do Tocantins fechou o mês de agosto com saldo positivo de 2.040 postos de trabalho de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) publicado nessa quarta-feira, 30.  O resultado é a diferença entre os 5.822 admitidos e 3.782 desligados no período citado.  

A gerente do Observatório do Trabalho, setor ligado ao Sistema Nacional de Emprego (Sine) e à Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), Willany Bezerra, ressalta que já é o terceiro mês consecutivo em que o Estado apresenta números positivos na geração de empregos formais, o que aponta uma reação do mercado de trabalho frente à crise econômica provocado pela pandemia do novo Coronavírus. Confirmando a análise, a gerente destaca o acumulado do ano. De janeiro a agosto de 2020, houve 35.393 admissões e 34.115 demissões no Estado, com resultado de 1.278 postos de trabalho abertos. “Mais uma vez o setor da construção civil deu uma importante contribuição para o saldo positiov em nosso estado. Quando a reação da economia reflete na geração de empregos isso significa qualidade de vida para população, o que é o grande compromisso do Governo do Estado”, explica a gerente.

Ranking Nacional

Em relação aos demais estados do Brasil o Tocantins ficou em 7º lugar como o que mais gerou empregos de janeiro a agosto de 2020, são 1.278 postos, resultado de 35.393 admissões e 34.115 demissões no período considerado. Trata-se de valores absolutos.

Setores que mais empregaram

Os setores da economia que mais contribuíram para o saldo estadual positivo foram a Construção Civil com saldo positivo de 675 novos postos de trabalho aberto, seguido do Comércio, Reparação de Veículos Automotores e Motocicletas, com saldo positivo de 613 postos, e em terceiro lugar o setor de Informação, Comunicação e Atividade Financeira, Imobiliária, Profissionais e Administrativas com saldo de 276 novos postos abertos.

Dados de Palmas

Na Capital, de acordo com o Caged de agosto, o número de contratações foi 2.240 e de desligados 1.506, gerando um resultado de 734 novos postos de empregos abertos.

O setor da economia com melhor saldo de empregos em Palmas foi Administração Pública, Defesa e Seguridade Social, Educação, Saúde Humana e Serviços Sociais, com saldo de 207 postos, seguida pelo setor de Comércio Reparação de Veículos Automotores e Motocicletas com 198 postos e Informação, Comunicação e Atividade Financeira, Imobiliária, Profissionais e Administrativas com saldo de 165. A Construção Civil fechou o mês de agosto com saldo de 106 postos de emprego na capital.

Trabalhadores têm o apoio do Sine para recolocação no mercado

Segundo o diretor do Sine Tocantins, José Alberto (Gordo), o Governo do Tocantins, por meio da Setas e Sine, tem buscado amparar os trabalhadores que perderam o emprego em consequência da pandemia do novo Coronavírus. “Temos buscado meios de continuar oferecendo nossos serviços à população. Os dados revelam que o mercado está reagindo e o trabalhador pode contar com o Sine para conseguir um novo emprego. No momento, esses serviços não podem ser presenciais, mas são disponibilizados endereços de e-mail e números de WhatsApp para que as pessoas atualizem seus cadastros e concorram às vagas disponíveis no sistema do Sine”, explica o diretor.

Diariamente, o Sine Tocantins intermedeia uma média de 300 vagas em seus nove postos no Estado. Nesta quinta-feira, 1°, são 438 vagas disponíveis no painel do Sine, sendo 84 em Palmas. Na região de Taquaralto, estão cadastradas 20 vagas; 132 em Araguaína; 62 em Paraíso; 25 em Guaraí; 36 em Porto Nacional; 52 em Gurupi; 23 em Araguatins; e 4 em Dianópolis.

Como acessar o painel de vagas do Sine

Para conferir, diariamente, a oferta de vagas nos nove postos do Sine Tocantins acesse o site da Setas https://setas.to.gov.br/vagas-de-emprego/ou as redes sociais –  Facebook @setasTo,   Instagram Setas Tocantins.

Como concorrer às vagas por aplicativo

Os trabalhadores interessados em concorrer às vagas podem se encaminhar pelo Aplicativo Sine Fácil seguindo o passo a passo no https://setas.to.gov.br/trabalho/passo-a-passo-aplicativo-sine-facilhttps://setas.to.gov.br/trabalho/passo-a-passo-aplicativo-sine-facil

Caso o trabalhador se interesse por alguma das vagas ou deseje ver as oportunidades que se enquadram melhor em seu perfil profissional, é possível atualizar o seu cadastro e pedir a carta de encaminhamento pelos seguintes contatos.

Em Palmas, pelo WhatsApp: 3218-1957 ou e-mail: [email protected]; em Paraíso, pelo WhatsApp (63) 3602-3340 ou e-mail: [email protected]; e em Gurupi, pelo WhatsApp (63) 3351-2477 ou e-mail [email protected]

Telefones demais unidades

Taquaralto: 3218 1962, 32181936; Araguaina: 3414-3634; Araguatins: 3474-1100; Porto Nacional: 3363-2717; Guaraí: 3464-1710; Dianópolis: 3692-1628.

Lembrete

O Sine informa que não está realizando nenhum atendimento presencial em virtude das recomendações de saúde decorrentes da pandemia do novo Coronavírus. (Lara Cavalcante)

Continue lendo

Tocantins

Quase 400 kg de carne clandestinas são apreendidas no interior do Tocantins

Publicado

em

Uma operação que envolveu a Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec), o Serviço de Inspeção Municipal (SIM) e Vigilância Sanitária (Visa) de Itacajá, nessa quarta-feira, 30, resultou na apreensão 395 kg de carnes provenientes de abate clandestino. Esse material encontrado nos açougues foi descartado no aterro sanitário por ser considerado impróprio para o consumo e o os comerciantes foram autuados pela Visa.

O inspetor de Defesa Agropecuária da Agência, Ricardo Matarazzo, explicou que a ação liderada pela Visa percorreu quatro estabelecimentos. Destes, em dois foram encontrados a carne sem origem comprovada e fora dos padrões higiênico-sanitários exigidos. “O abate clandestino, além de ser proibido, produz alimentos com alto risco de contaminação, já que não foram inspecionados, bem como, não priorizam o bem estar animal, determinado na indústria”, frisa.

A Adapec tem se colocado à disposição da população e das instituições para atender as demandas de denúncias, por meio do 0800 63 11 22, e também das atividades de apoio ao combate de abate clandestino.   

A ação contou ainda com o apoio Polícia Militar do Tocantins.

Continue lendo
publicidade Bronze