Connect with us

Tocantins

Empresa colabora com pesquisa da UFT para produção de biodiesel a partir de óleo residual

Publicado

em

Um grupo de professores do curso de graduação em Química Ambiental e do Programa de Pós-graduação em Química (PPGQ) montou uma miniusina no Laboratório de Química Analítica da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Campus Gurupi, para produzir biodiesel a partir de óleo e gordura residual (OGR). A matéria-prima para o projeto de pesquisa e extensão é coletada em feiras livres, restaurantes e lanchonetes da cidade de 88 mil habitantes, localizada no sul do Estado. O grupo entrou em contato com a BASF para solicitar uma parceria com a contribuição de metilato de sódio, catalisador usado para melhorar a produção e a qualidade do biodiesel.

O equipamento montado no laboratório da UFT contou com recurso financeiro proveniente da Pró Reitoria de Extensão (PROEX) UFT incluindo um tanque com capacidade de 60 litros que recebe o OGR , um tanque de 40 litros com a finalidade de armazenar os reagentes utilizados no processo, com controle de temperatura e bombeamento automático. A produção é realizada em uma escala piloto, utilizando um reator com capacidade de produzir entre 45 a 50 litros de biodiesel por batelada, utilizando apenas óleo residual reciclado. O óleo é tratado, filtrado e neutralizado e passa pela reação química, que inclui metanol e metilato, para produzir o biodiesel.

“É muito importante para nós poder colaborar com a pesquisa e o trabalho incrível desses professores em prol da ciência por um futuro mais sustentável. É um projeto que inclui proteção ao meio ambiente com a produção de um combustível menos poluente, além de evitar o descarte de óleo e promover a economia circular”, avalia Alejandro Bossio, gerente sênior de Metilato de Sódio para a América do Sul. “Para a BASF, a sustentabilidade é um dos pilares estratégicos e um compromisso constante que permeia todo o nosso trabalho, desde os nossos laboratórios de P&D até o contato com nossos clientes na proposta de soluções”, afirma.

No ano passado, a BASF ampliou em 30% a capacidade de produção de sua fábrica de Metilato de Sódio em Guaratinguetá, no interior de São Paulo, superando 80mil toneladas/ano, para oferecer melhor suporte e garantir o fornecimento aos produtores de biodiesel brasileiros.

“Foi uma grande satisfação poder contar com a colaboração e parceria da doação do metilato de sódio para darmos continuidade ao projeto de pesquisa/extensão que estamos desenvolvendo”, afirma a professora doutora em Química, Carla Jovania Gomes Colares. “Futuramente, poderemos oferecer parcerias por meio de assessoria técnica a pequenos e médios fabricantes de biodiesel, por exemplo, para que tenham maior produtividade e melhor qualidade do combustível produzido”, considera.

Segundo a professora, a essência e objetivo principal da iniciativa da produção do biodiesel a partir do OGR é abrir possibilidades de projetos educacionais realizados em escolas na região, como oficinas, palestras, participação em feira de ciências e parcerias com o comércio local, levando ao conhecimento da comunidade, os projetos de extensão realizados na UFT. Assim, se apresentam formas de reaproveitar o óleo, demonstrando que é possível desenvolver um trabalho educativo ambiental de forma significativa, buscando uma aprendizagem completa e de formação educacional e social. O projeto também pretende levar para as escolas parceiras do município, quando houver o retorno das aulas presenciais, a simulação da produção de biodiesel com um mini kit de porte reduzido.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

ARAGUAÍNA: Município tem rede de apoio psicológico para combate ao suicídio

Publicado

em

A depressão é considerada pela Organização Mundial da Saúde como o mal do século 21. Uma enfermidade pouco conhecida por quem sofre e invisível aos olhos dos familiares e amigos do doente. O Setembro Amarelo é uma campanha em que o poder público e sociedade visam a conscientização, a desmistificação e prevenção do suicídio.

O Município possui vários serviços de atendimento especializado para diagnóstico, tratamento, prevenção e ainda chamadas de urgência e emergência. Nem sempre se pode controlar os impulsos sozinhos e por isso é necessário procurar ajuda profissional. Em Araguaína, a RAPS (Rede de Atenção Psicossocial) conta com locais e modalidades de atendimento.


Porta de entrada
O atendimento psicológico e psiquiátrico à comunidade pode ser solicitado a partir de uma consulta médica nas UBS (unidades básicas de saúde). O agendamento da consulta deve ser feito na UBS ou pelo 0800 da Saúde (0800 641 2200). Identificada a necessidade de acompanhamento, o paciente será encaminhado aos serviços especializados.

Atendimento especializados
Entre os atendimentos especializados estão o NASF (Núcleo de Apoio e Saúde da Família), AME (Ambulatório Municipal de Especialidade), CAPS Adulto (Centro de Atenção Psicossocial 2), CAPS infantil (Centro de Atenção Psicossocial 1) ou para o CAPS-AD 3 (Centro de Atenção Psicossocial de Álcool e outras Drogas). 

A população também pode ir diretamente ao CAPS, pois não há necessidade de encaminhamento a este serviço. O CAPS 1 fica na Rua Deusarina Aires, quadra 4, lote 12, no Setor Tecnorte, e tem o contato 3411-2955; já o CAPS 2 é localizado na Rua Castelo Branco, nº 40, no Setor Rodoviário, e o telefone é 3411-2959 ou 3411-2962; e o CAPS AD 3 está na Rua 12 de Outubro, nº 459, Centro, e pode ser contatado pelo número 3412-6091.

Oferta de trabalho
O CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) oferta trabalho social especializado às famílias e indivíduos em situação de risco pessoal ou social, por violação de direitos. A unidade funciona na Rua dos Maçons, nº 54, Centro. Os moradores podem entrar em contato pelos telefones (63) 3411-7116 e (63) 99973-9729.

Prevenir é melhor
O coordenador do CAPS 2, Weliton Bezerra, alerta que essa doença pode nascer de muitos jeitos e que não se deve menosprezar o sofrimento. “O labor da vida moderna tem nos trazido algumas dificuldades, conciliar trabalho, família e lazer está cada vez mais difícil”.

Uma das dicas é a atividade física saudável para auxiliar na prevenção e tratamento da ansiedade e transtornos. “A pessoa deve buscar a atividade física que melhor se identifica, tem que ter prazer na prática, se ele buscar uma modalidade que não gosta certamente será um sacrifício e provavelmente irá amplificar os sintomas e irá desistir”.

O CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) tem atendimento com objetivo de prevenir a ocorrência de situações de vulnerabilidades e riscos sociais, por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, e da ampliação do acesso aos direitos de cidadania.

Araguaína possui três unidades: CRAS 1, localizado na Rua Lontra, lote 29, Setor Céu Azul, e tem os telefones (63) 3412-5152 e (63) 99962-6452; CRAS 2, fica na Praça Iguaçu, lote 4, Setor Araguaína Sul e tem os telefones (63) 3412 4023 e (63) 99973 9763; e CRAS 3, que é instalado na Rua 8, lote 1, Setor Lago Sul, e pode ser consultado pelo telefone (63) 99951 0119.

As unidades dão apoio para o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) em três setores: Couto Magalhaes, Costa Esmeralda e Distrito Novo Horizonte.

Mais ainda
Além dos CRAS e o CREAS, o Centro-Dia oferece esses serviços de atendimento de psicólogos, assistentes sociais e pedagogos sociais. A unidade é referência para pessoas com deficiência, em situação de dependência, e tende também as famílias dos pacientes. Seu funcionamento é na Rua Ademar Vicente Ferreira, nº 514, Setor Noroeste e o contato pode ser feito pelo telefone (63) 3415-1305.

Sempre alerta
Em caso de risco imediato é possível solicitar atendimento pelo número 192 para acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que encaminhará o paciente ao serviço de urgência psiquiátrica do Hospital Regional.

O Centro de Valorização da Vida (CVV), da Associação Brasileira de Psiquiatria e do Conselho Federal de Medicina, pode ajudar pelo número 188 em todo o território nacional, 24 horas todos os dias de forma gratuita.

Continue lendo

Tocantins

Tocantins registra pelo 3º mês seguido, queda em números da Covid-19

Publicado

em

O Tocantins segue com queda nos números da pandemia pela Covid-19. Dados do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde do Tocantins (CIEVS/TO) – compilados pelo Centro de Informações e Decisões Estratégicas em Saúde (Integra Saúde) – da Secretaria de Estado da Saúde (SES) apontam que pelo terceiro mês consecutivo houve redução em número de casos, taxa de internações em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e em registro de óbitos.

O técnico da área de planejamento do Sistema Único de Saúde (SUS), que coordena o Sistema Integra, Ullannes Passos Rios, “a informação foi um ativo muitíssimo importante para o enfrentamento da pandemia de Covid19 no Tocantins. A tomada de decisão torna-se mais segura quando se tem dados que mostram o cenário real e as projeções futuras. Neste momento os números nos mostram um arrefecimento da doença no Estado, pois todos os indicadores estão em queda, o que nos projeta um cenário mais favorável à frente”, pontuou.

A título exemplificativo, em julho de 2021, foram registrados no Tocantins, 11.251 novos casos da Covid-19, 158 óbitos pela doença e 300 internações em UTI. Já em agosto, o Estado contabilizou 7.687 casos, 93 óbitos e 164 internações para cuidados intensivos. Uma redução de 32%, 41% e 45% respectivamente.

“Felizmente a redução dos óbitos é a mais latente. Agosto foi o quinto mês seguido de queda, desde o mês de março, quando tivemos o pico da doença aqui no Tocantins e registramos 645 mortes pela Covid-19. Atualmente estamos com 111 municípios que há 30 dias não registram óbitos pelo novo Coronavírus e 31 cidades sem nenhum novo caso da doença”, informou a coordenadora do CIEVS, Arlete Otoni.

Para o titular da SES, Dr. Edgar Tollini “as reduções são resultados das ações pontuais da Gestão Estadual frente ao combate à doença, à atuação eficaz das equipes multiprofissionais no cuidado com os pacientes e ao avanço da vacinação, que imprimiu um novo cenário ao contexto pandêmico, com um queda brusca em todos os índices”, destacou.

Dados 

Dados do boletim epidemiológico, divulgado pela SES, nesta terça-feira, 14, mostram que, atualmente, o Tocantins contabiliza 666.288 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 221.317 casos confirmados. Destes, 212.343 estão recuperados, 5.255 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 3.719 foram a óbito.

O Estado também registra o recebimento de 1.762.590 doses de imunizantes contra a Covid-19. Destas, 1.594.727 foram distribuídas aos 139 municípios e 1.302.509 já foram aplicadas, totalizando 25,88% da população tocantinense imunizada. (Aldenes Lima)

Continue lendo

Tocantins

Feira do Empreendedor realizará rodadas de negócios virtuais para diversos segmentos

Publicado

em

Entre os dias 23 e 27 de outubro, acontece a Feira do Empreendedor 2021 de forma totalmente online e gratuita e com uma ampla programação que inclui a realização de rodadas de negócios virtuais. A expectativa do Sebrae é que mais de 300 micro e pequenas empresas se reúnam no ambiente da feira para negociar seus produtos e serviços com compradores nacionais e internacionais. Considerada a maior feira de empreendedorismo do mundo, o evento é uma oportunidade para os donos de pequenos negócios encontrarem parceiros e se relacionarem com o mercado dentro e fora do país.

As rodadas de negócios serão realizadas dentro do ambiente virtual da plataforma Sebrae Experience, desenvolvida com uso de tecnologia 3D, de fácil acesso e navegação dos participantes. Os agendamentos das sessões serão realizados previamente para os inscritos, sem possibilidade de entrar na hora. Para os compradores nacionais, as rodadas acontecerão entre os dias 23 e 25 de outubro. Já nos dias 26 e 27 de outubro será a vez dos compradores internacionais.

No primeiro dia está prevista uma rodada voltada para as micro e pequenas empresas paulistas do setor do Agronegócio com compradores interessados nos produtos do estado de São Paulo. Nos dias seguintes, 24 e 25 de outubro, serão realizadas rodadas multissetoriais, de acordo com o mapeamento das demandas e dos segmentos. No caso das rodadas internacionais, o foco será no setor de alimentos e bebidas, moda, couro e calçados, além do agronegócio.

O gerente do Sebrae, Bruno Vila Verde, ressalta que este ano é a primeira vez que o evento acontece de forma 100% digital para todo o Brasil. “É uma excelente oportunidade para os empreendedores participarem de rodadas de negócios, exporem seus produtos e serviços, além de identificarem possibilidade de investimento e troca de experiência com profissionais de todo o país”, destacou.

A plataforma da Feira do Empreendedor permanecerá ativa com possibilidade para que as empresas continuem a se comunicar para fechar acordos comerciais até o dia 12 de novembro. Após essa data, as empresas expositoras terão espaço garantido no Catálogo Oficial do evento, que ficará disponível para download para os empreendedores que procuram novos negócios.

As inscrições para a Feira do Empreendedor 2021 já estão abertas e podem ser realizadas em https://feiradoempreendedor.sebraesp.com.br/(Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze