Connect with us

Maranhão

Fraude na Saúde do MA leva PF a Operação no TO, PA, GO e DF

Publicado

em

A Polícia Federal deflagrou nesta manhã de quinta-feira, 18, de forma simultânea, duas fases da Operação Sermão aos Peixes – Operação Peixe de Tobias (6ª Fase) e a Operação Abscondito II (7ª Fase), em seis cidades: São Luís/MA, Imperatriz/MA, Parauapebas/PA, Palmas/TO, Brasília/DF e Goiânia/GO. A investigação contou com a participação do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) e da Receita Federal do Brasil.

Entre os alvos está o ex-secretário de Saúde do Maranhão Ricardo Murad é alvo de uma operação que apura desvios de recursos públicos. Agentes da Polícia Federal (PF) foram até a casa dele.

Estão sendo cumpridos 19 mandados de busca e apreensão, oito mandados de prisão temporária e um mandado de prisão preventiva, todos expedidos pela 1ª Vara Criminal Federal da Seção Judiciária do Maranhão. Além disso, foi determinado o bloqueio judicial e sequestro de bens num valor que supera a cifra de R$ 15 milhões.

No decorrer das investigações na denominada Operação Peixe de Tobias, foram coletados diversos indícios no sentido de que, entre os anos de 2011 a 2013, aproximadamente R$ 2 milhões, destinados ao sistema de saúde estadual, teriam sido desviados para uma empresa sediada na cidade de Imperatriz/MA. Foi apurado também que teria ocorrido o pagamento de valores mensais a blogueiros.

Nas investigações da operação Abscondito II, a PF apura  vazamento da primeira fase da Operação Sermão aos Peixes. São reunidos elementos indicadores de que membros da organização criminosa investigada atuaram para cooptar servidores públicos, de modo a obter informações privilegiadas sobre a investigação. Diante das informações,  existem indicativos no sentido da destruição e ocultação de provas por parte da organização criminosa.

Além disso, violando medidas cautelares impostas pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, um dos investigados teria dilapidado seu patrimônio e transferido seus bens para terceiros para impedir que fosse decretada a perda de tais bens.

Os investigados poderão responder,  na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, dentre outros que possam ainda ser apurados.

Após os procedimentos legais, os presos serão encaminhados ao sistema penitenciário estadual, onde permanecerão à disposição da justiça federal.

Os nomes escolhidos para estas fases são uma referência a trechos do Sermão do Padre Antônio Vieira (1654), que ficou conhecido como o “Sermão aos Peixes”, no qual o Padre utiliza vários peixes como símbolos dos vícios e corrupção da sociedade. O fel do Peixe de Tobias, apesar de amargo, teria a capacidade de curar a cegueira dos ouvintes.

No contexto da investigação, o Peixe de Tobias busca revelar (trazer luz sobre) parte da trama delitiva que envolveu o desvio de recursos públicos.

Já o nome Abscondito II, continuidade da Operação Abscondito, deflagrada em outubro de 2016, remonta a um trecho do Sermão segundo o qual alguns peixes, quanto maiores, mais se escondem. Trata-se de uma referência aos atos de ocultação de provas e de patrimônio a partir da tentativa de dissimulação e ocultação dos bens adquiridos com valores desviados do sistema de saúde estadual

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Cavalo de Aço segue afundando na Série C

Publicado

em

Depois de da vitória no Frei, foi a vez do Juazieirense voltar a vencer o Imperatriz na Série C do Brasileiro só que dessa vez como mandante. O Leão venceu por 3 a 1 o Cavalo de Aço na tarde deste domingo, no Pituaçu, pela 11ª rodada da competição.

Os gols do jogo foram construídos em sua maioria na primeira etapa. O Juazeirense chegou a abrir dois a zero com gols de Flávio, aos 15, e Railon, aos 21. Nos acréscimos do primeiro tempo, aos 48, Judson descontou de pênalti para o Imperatriz. No fim, aos 48 do segundo tempo, Popó ainda ampliou para os baianos.

O Jacuipense foi senhor da partida e desde os primeiros minutos tomou as ações do jogo. A equipe teve boas trocas de passes e encontrou um Impearatriz com posicionamento muito frágil.

Sem tanta força o time baiano foi construindo o placar e o primeiro gol do Leão saiu com um belo chute de fora da área de Flávio. Logo depois, aos 21, Railon fez de cabeça o segundo do Jacuipense, que após tentou cozinhar a partida.

Mesmo com ritmo lento o Leão apareceu com boas chances enquanto que o Imperatriz era esporádico. No fim da primeira etapa, aos 48 o atacante do Colorado, Blaise foi derrubado e a arbitragem marcou pênalti. Judson converteu para o time visitante e as equipes foram para o intervalo.

Assim como na primeira etapa foi o Jacuipense quem ditou o ritmo do segundo tempo. Entretanto, a equipe baiana não deu a mesma intensidade a partida e foi cozinhando o Imperatriz minuto a minuto.

Foi do Leão a posse de bola e o Cavalo de Aço, completamente perdido, não conseguiu encaixar sua marcação. Dominando as ações o time baiano ainda chegou a ter algumas ações ofensivas principalmente com Danilo Rios e Railan, mas após algumas chances perdidas puxou o freio de mão.

Ao fim do jogo as equipes ficaram trocando ações com chute de fora e bola parada, algumas com grande perigo. Quando todo mundo espera que o placar estava definido ainda deu tempo de Popó fazer, aos 48, e dar números finais a partida: 3 a 1. (GE / Foto: Imperatriz)

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Moradores reclamam de cavalos soltos no centro

Publicado

em

Cavalos soltos nas ruas colocam em risco a vida de quem trafega pelo centro de Imperatriz, no sul do Maranhão. Segundo moradores, os animais estão transitando com frequência.

Imagens feitas por internautas, mostram animais em pleno cruzamento de vias importantes, tudo acontecendo sem serem incomodados por donos ou pelo poder público.

Os animais parecem que já estão acostumados com o movimento do trânsito no local, pois não se incomodavam com os veículos que passavam, que as vezes tem de desviar para não acertá-los.

Qualquer pessoa pode acionar o Centro de Zoonoses por meio do telefone (99) 99631-2604 e solicitar que o animal seja recolhido da rua. Quando o animal é recolhido, o valor da multa que o dono precisa pagar para ter seu animal de volta é de R$ 229,14.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Mulher é feita refém em quarto de motel

Publicado

em

Um homem supostamente drogado, fez uma mulher refém na noite deste domingo, 11, em um motel na cidade de Imperatriz, no sul do Maranhão.

O Grupo de Operações Especiais esteve no local para conter a situação. O homem estava com um revólver apontado para a cabeça da mulher. Ele acabou se entregando e foi conduzido para o Plantão Central.

Continue lendo
publicidade Bronze