Connect with us

Maranhão

Governadora entrega 170 veículos para intensificar o combate à febre aftosa

Publicado

em

A governadora Roseana Sarney realizou, nesta terça-feira (8), mais uma ação de fortalecimento à agropecuária do estado ao entregar 170 veículos para renovação da frota das unidades regionais da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged-MA). O ato solene aconteceu na área externa do Palácio Henrique de La Roque.

A aquisição da nova frota – formada por 46 carros de pequeno porte, 46 caminhonetes e 78 motos – tem como objetivo incrementar ainda mais a política agrária que o governo estadual vem desenvolvendo, com a meta de classificar o estado como Zona Livre da Febre Aftosa, o que deve acontecer em nível nacional ainda em outubro, e, internacionalmente, em maio de 2013, em Genebra, na Suíça.

Participaram da solenidade de entrega o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), Claudio Azevedo; o diretor geral da Aged-MA, Fernando Lima, além autoridades e representantes das unidades regionais da Aged-MA.

Na ocasião, a governadora Roseana Sarney parabenizou a Aged-MA, que foi considerada a melhor agência de defesa agropecuária do Brasil. Ela também ressaltou que, ainda que o Maranhão esteja há mais de dez anos sem registrar nenhum caso de aftosa, o governo vem conseguindo captar mais instrumentos para auxiliar no combate eficaz ao vírus. “Nosso projeto é livrar o estado da aftosa para que o pequeno criador também possa exportar, possa negociar e comercializar o seu produto, gerando assim, emprego e renda para o nosso estado”, declarou a governadora.  Segundo ela, o Governo do Estado já entregou à Aged cinco lanchas e um caminhão e além disso, 20 caminhonetes já foram adquiridas.

Aquisições

O secretário Cláudio Azevedo adiantou ainda que além dos veículos, a Aged-MA passa a contar agora com novos computadores para informatização de todo o sistema de defesa sanitária do estado.

“O Governo do Estado vem trabalhando na reforma de todos os escritórios da agência no Maranhão, com a aquisição de novos móveis, para garantir melhores condições de trabalho e para melhor recepcionar os criadores que visitam diariamente os escritórios da Aged para emissão da Guia de Transporte Animal (GTA). Este é um programa que está muito bem conduzido pelo governo e a governadora Roseana tem apoiado a secretárias e os seus órgãos, não deixando faltar recursos, e isso é muito importante”, destacou o secretário Cláudio Azevedo.

Sorologia

De acordo com o diretor da Aged-MA, Fernando Lima, o Maranhão está passando por um processo de sorologia que começa agora no mês de maio em 340 propriedades rurais selecionadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), de 147 municípios maranhenses. Por conta desse processo, a campanha de vacinação foi adiada e será realizada de 1º a 30 de julho.

“Isso foi necessário para que, ainda em maio, os servidores da Aged-MA, pudessem visitar as propriedades que foram selecionadas para que seja feita uma atualização nos cadastros dos animais existentes nessas propriedades, com vista à definição da amostragem que vai ser feita para o processo final da sorologia. Estas propriedades que foram selecionadas não terão seus animais vacinados para não comprometer o resultado da sorologia”, afirmou.

O inquérito sorológico tem como objetivo constatar a inexistência do vírus da aftosa no Maranhão. Após o término do envio de todo o material coletado para laboratórios credenciados pelo Mapa, estima-se que o Ministério realizará a análise sorológica em um período de 60 dias, que coincidirá com o prazo final para a conclusão dos relatórios de auditoria.

A sorologia realizada no Maranhão faz parte do projeto do governo estadual de alcançar o status sanitário de Zona Livre de Febre Aftosa. A alteração no calendário de vacinação segue determinação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

ESTREITO: Orla corre risco de desmoronamento

Publicado

em

A Defesa Civil informou que há riscos de desmoronamento em partes da estrutura da Orla, na cidade de Estreito, na região Tocantina maranhense, que faz divisa com o Bico do Papagaio.

A Prefeitura solicitou que a população não ultrapasse as áreas interditadas que estão identificadas com as fitas zebradas.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Marginais estão saqueando casas alagadas

Publicado

em

Famílias da cidade de Imperatriz, na região Tocantina, sul do Maranhão, que faz divisa com o Bico do Papagaio, em São Miguel, além de passagem por sérias dificuldades por conta da enchente do Rio Tocantins, estão sendo vítimas de criminosos que estão saqueando as casas durante a madrugada.

Os marginais estão roubando telhas e fiação elétrica das residências.

A Polícia Militar de Imperatriz deflagrou a “Operação Anfibius” para caçar os delinquentes. A operação, que irá ocorrer até a normalização do nível do Rio Tocantins, com patrulhamento nas áreas alagadas com utilização de carros e lanchas.

Continue lendo

Maranhão

Técnico de enfermagem é suspeito de furtar medicamentos da rede pública no Maranhão

Publicado

em

Um técnico de enfermagem, pertencente a Rede Municipal de Saúde de Santa Luzia, a 294 km de São Luís, foi preso na tarde de domingo (16) suspeito de furtar medicamentos do hospital do município. A prisão foi realizada pela Polícia Militar (PM) após denúncia anônima.

A PM foi informada que o técnico de enfermagem, de 46 anos, que não teve a sua identidade revelada, aproveitava os plantões de fim de semana para praticar os furtos. A polícia revistou o carro do funcionário e no local foram encontrados alguns medicamentos do hospital público.

A polícia apreendeu frascos, de pelo menos, oito tipos de medicamentos. Além disso, foi encontrada uma carteira de identidade com a foto dele e o nome de outro homem. Também havia com ele um bloco de receita de controle especial, que fica sob responsabilidade do diretor do hospital e que somente o diretor deveria liberar esse documento.

Os policiais ainda apreenderam também carimbos em nome de dois médicos. O técnico de enfermagem foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Santa Inês.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze