Connect with us

Maranhão

Governadora Roseana Sarney prestigia inauguração de nova unidade da Ambev

Publicado

em

 A governadora Roseana Sarney prestigiou, na tarde desta segunda-feira (16), a inauguração da expansão da fábrica de bebidas da Ambev, instalada no Distrito Industrial de São Luís. A empresa investiu R$ 144 milhões na ampliação e, também, na construção de um novo Centro de Distribuição Direta (CDD).

Ao lado do presidente do Conselho de Administração da Ambev, Victorio de Marchi, Roseana Sarney afirmou que a iniciativa reflete o momento positivo que vive o Maranhão, com chegada de empreendimentos, geração de emprego e renda e, como consequência, a melhoria da qualidade de vida dos maranhenses.

“Hoje é um dia especial para todos nós e, principalmente, para a economia do Maranhão. Estamos muito felizes. A fábrica é bastante competitiva e abastece não só o mercado interno, como também o de outros estados. A unidade trouxe emprego, renda e tecnologia para o estado”, ressaltou a governadora.

Para Victorio de Marchi, a nova unidade faz parte do reconhecimento da Ambev em relação às mudanças desenvolvidas pelo Governo do Estado e que têm atraído investidores para o Maranhão. “O mercado maranhense está tendo um surto de crescimento. Felizmente, a melhora da renda da população nos últimos anos tem gerado crescimento notável, muito superior à média nacional”, afirmou.

Segundo o presidente da Ambev, João Castro Neves, a importância social e econômica do Maranhão foi determinante para a duplicação da fábrica. “O Maranhão é um dos mais importantes estados em que a empresa atua e investe. O principal investimento da companhia no Norte/Nordeste é voltado para cá. Para a empresa também é fundamental gerar empregos, isso se reflete em benefícios para a sociedade”, destacou.

O secretário de Estado de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Maurício Macedo, assinalou o incremento da nova unidade para a economia do estado. “Além da injeção de capital, da criação de mais de 600 empregos diretos, destaca-se a contribuição de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), já que a empresa Ambev é a quinta maior pagadora de tributos no estado. Tem, ainda, toda a cadeia investida no processo, que agrega mais de 30 mil empregos indiretos. O Maranhão detém grandes condições para atrair investimentos e, com isso, aumentar a crença dos investidores no estado e mostrar a sua importância econômica”, afirmou Macedo.

Participaram da solenidade os secretários de Estado Maurício Macedo (Desenvolvimento, Indústria e Comércio), Rodrigo Comerciário (Relações Institucionais) e Sérgio Macedo (Comunicação Social), além do presidente da Federação de Indústria e Comércio do Maranhão (Fiema),Edilson Baldez, funcionários da Ambev, entre outras autoridades.

400 anos de São Luís

Para homenagear a cidade de São Luís, que completa 400 anos em oito de setembro de 2012, a Ambev apresentou na ocasião uma embalagem especial da Brahma desenvolvida exclusivamente para a data. Além da latinha comemorativa, a Ambev em parceria com o Governo do Maranhão prepara ações para a festa.

“Estamos preparando uma série de eventos para que essa data incrível seja comemorada com grande estilo, com apresentações de artistas famosos, competições esportivas com profissionais e amadores, além de festas regionais”, presidente da Ambev, João Castro Neves.

Ambev

O novo Centro de Distribuição Direta (CDD), construído em uma área anexa à cervejaria, possui 4.500 metros quadrados, o dobro do tamanho de sua antiga instalação. A proximidade com a fábrica facilitará a logística de distribuição na região metropolitana de São Luís.Além do Maranhão, atenderá os mercados do Pará, parte do Piauí e Amapá.

A fábrica da Ambev em São Luís produz e envasa cerveja na embalagem de 1 litro, garrafa de vidro 600 ml, lata de 350 ml e barril de 30 e 50 litros de chope. A Ambev é dona das marcas Antarctica, Brahma, Bohemia, Budweiser, Skol, Original, Stella Artois; dos refrigerantes Guaraná Antarctica, Soda, Pepsi e Sukita; do isotônico Gatorade e do chá Lipton, além das inovações H2OH!, Fusion e Antarctica Citrus.

Emprego e renda

O setor de bebidas frias, como o da Ambev, representa quase 3% do PIB brasileiro e gera, somente para o Maranhão, cerca de R$ 110 milhões por ano, além de produzir R$ 40 milhões em salários anualmente, o que contribui para o crescimento econômico tanto do estado, como do país.

Durante a fase de expansão da fábrica da Ambev foram criados 950 postos de trabalho. Atualmente, a unidade possui 681 empregados diretos, o que, de acordo com estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas corresponde a cerca de 30 mil empregos entre indiretos e induzidos em toda cadeia produtiva ligada à fábrica.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

A “prostituição” política no Maranhão

Publicado

em

A sucessão eleitoral no estado do Maranhão, principalmente no meio daqueles que giram no entorno do Palácio dos Leões, parece uma novela mexicana de final de tarde.

A promiscuidade começa pelo próprio governador Flávio Dino, que sempre viveu debaixo do teto partidário do PCdoB, mas que resolveu migrar para o PSB, que tomou o lugar dos comunistas como “anexo” petista. Dino passou quase 4 anos criticando e acusando Bolsonaro de crimes e de corrupção, mas apoia Lula, acusado das mesmas atrocidades.  Ou seja, o governador é adepto da filosofia do “bandido bom é o meu”.

Já o senador Weverton Rocha (PDT), possou feliz, alegre e sorridente, como um debutante, para uma foto ao lado de Lula, em uma visita que fez nesta quarta, 26, ao ex-presidente. O senador é outro daqueles políticos que dão péssimos exemplos, e segue como aluno de Dino. Passou quase 4 anos criticando Bolsonaro, mas segue Lula. A situação de Weverton é ainda pior, porque diferente de Dino, que buscou se filiar em uma legenda já subserviente ao PT, o atual senador permaneceu em partido, que tem candidatura própria a presidente e prega contra as irregularidades petistas.

Um estado liderado por políticos que praticam a devassidão partidária, dificilmente sairá da pobreza e atraso.

Continue lendo

Maranhão

AÇAILÂNDIA: Construção de anel viário e aeroporto entra em pauta

Publicado

em

Nesta segunda-feira, 24, representantes da empresa Suzano e da Prefeitura de Açailândia, nas pessoas do secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Claudenir Viegas; o assessor especial de projetos, Adriano Oliveira e o prefeito, Aluísio Sousa, discutiram projetos estruturantes para o município.

Na ocasião, foram retomadas as discussões sobre a  viabilidade da construção do anel viário, envolvendo Estado, Prefeitura e Empresas. Ficou definido que será realizada uma nova análise dos dados já produzidos e uma nova rodada de conversa. Também foi tratado sobre a instalação do aeroporto, onde já foi realizada uma análise nas áreas possíveis para sua construção.

Continue lendo

Maranhão

Onça-pintada é morta e exibida em cidade do interior do Maranhão

Publicado

em

Uma onça-pintada foi encontrada morta nesse domingo (23), na zona rural de Lago da Pedra, cidade localizada a 307 km de São Luís. A Polícia Civil investiga o caso.

De acordo com a polícia, um homem suspeito de ter matado o animal foi identificado, mas até o momento, não foi localizado. O suspeito foi rastreado por meio da identificação do veículo que foi usado para transportar a onça-pintada.

Em nota, a Polícia Civil informou que uma intimação foi entregue e o suspeito tem até às 15h, desta segunda-feira (24), para se apresentar na Delegacia de Lago da Pedra. Segundo a Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98), é proibido matar, perseguir, caçar e apanhar animais silvestres, sob pena de detenção de seis meses a um ano e o pagamento de uma multa.

A onça-pintada está na lista dos animais que estão em extinção segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze