Connect with us

Pará

Governo do PA destaca potencial do setor supermercadista na SuperNorte 2019

Publicado

em

O setor supermercadista é um dos maiores geradores de emprego no Pará, com cerca de 50 mil empregos diretos e 200 mil indiretos, sendo responsável, ainda, por 6,5% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado. Todo esse potencial foi destacado pelo governador Helder Barbalho na noite desta quarta-feira (09), na abertura da 22ª Convenção de Supermercados e Fornecedores da Região Norte (SuperNorte 2019), no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém.

“Esses são números que mostram a envergadura do setor, a importância dessa atividade, e o Estado tem por obrigação construir um ambiente que fortaleça as locações e a vocação do comércio, que é absolutamente estratégico. Construir as condições para aqueles que queiram empreender possam fazê-lo, e que a população possa ter cada vez mais condições de consumir. Temos que agregar valor aqui”, afirmou Helder Barbalho, enfatizando o compromisso do governo em fomentar o desenvolvimento do setor.

O governador foi homenageado pela organização da SuperNorte com o título de Supermercadista Honorário, em reconhecimento ao incentivo do governo do Estado ao desenvolvendo da economia regional e à geração de emprego e renda, além do apoio ao setor supermercadista paraense.

Era digital – O tema desta edição da SuperNorte – “Conectividade: o supermercado em transformação” – é reflexo das mudanças no consumo impostas pelas novas tecnologias, que oferecem vários canais na hora de comprar. O evento também quer abordar os desafios impostos ao setor supermercadista e de autosserviço na era digital, a fim de apontar caminhos e estratégias que garantam a competitividade.

Segundo Helder Barbalho, além da geração de emprego, o setor movimenta a economia paraense em cada negociação, e ressaltou o papel do Estado em construir ambientes propícios ao crescimento desse ramo do comércio. “Nós estamos buscando construir os ambientes de negócios adequados para cada atividade econômica no Pará, para a fidelização daqueles que aqui já investem e também para impulsionar novos investimentos. Temos alguns desafios para que a nossa economia seja mais competitiva, para que o nosso produto possa chegar às gôndolas de maneira mais acessível para o nosso consumidor”, frisou o governador. 

O evento pretende, ainda, mostrar a força e o grau de amadurecimento do setor supermercadista, e estreitar relacionamentos, desde o pequeno ao grande empresário. “Mais importante são as pessoas que trabalham e atuam em torno deste segmento. E certo estou de que, cada vez mais, vamos trabalhar para fortalecer a atividade supermercadista e a atividade do comércio”, afirmou Helder Barbalho.

Realizada pela Associação Paraense de Supermercados (Aspas), a SuperNorte 2019 deve ultrapassar a marca dos R$ 35 milhões em negócios e receber cerca de 30 mil visitantes. O presidente da Aspas, Jorge Portugal, destacou a importância do evento para o setor e para a economia do Estado. “Este é o momento de reunir, fechar contratos e não apenas de estreitar laços. Vai muito além disso. É importante que todos aproveitem as oportunidades que hoje temos, e o apoio do governo ao nosso setor. Até porque é um dos setores que deixam o Pará em destaque no País, e nossa intenção é, cada vez mais, dar essa visibilidade”, disse o presidente.

Sustentabilidade – Com a presença de autoridades, empresários e executivos de multinacionais, a abertura oficial da SuperNorte 2019 também contou com a presença do presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Daniel Santos, que entregou ao governador Helder Barbalho, para sanção, o Projeto de Lei n° 221/2019, que prevê a extinção do uso de sacolas plásticas em supermercados.

“Como não poderia deixar de ser, nossas lojas têm se preocupado com a questão ambiental. Queria agradecer o apoio que a Aspas me deu. Esse projeto foi aprovado hoje na Alepa, por unanimidade, e agora vai para as mãos do governador”, informou Daniel Santos.

Também participaram da cerimônia de abertura o vice-governador do Estado, Lúcio Vale; o empresário Fernando Yamada, presidente do Conselho Consultivo da Abras (Associação Brasileira de Supermercados); o vice-prefeito de Belém, Orlando Reis, e o prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro. Após a abertura, o governador e demais autoridades visitaram o pavilhão de exposições.

A SuperNorte 2019 é realizada no Hangar, de 09 a 11 de outubro (quarta a sexta-feira), e reúne, além da feira de negócios no pavilhão de exposições – com mais de 250 marcas de produtos, serviços e tecnologias -, palestras técnicas e palestra master.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

MARABÁ: Um dia após comemorar aniversário, marido mata esposa e se suicida

Publicado

em

Gledson Marcelo Pereira Alves, de 36 anos, monitor no Centro de Internação de Adolescente Masculino (Ciam), matou a esposa, Charlene da Silva Oliveira, de 32 anos e logo em seguida se matou. O fato aconteceu na própria residência do casal, na Rua Marabá, bairro Santa Rosa, em Marabá, na região de Carajás, por volta de 19 horas, desta quinta, 28.

Para efetuar a ação, Gledson usou um revólver 38.

Segundo informações da Polícia a vizinhança não soube informar que o casal era violento. Gledson havia comemorado aniversário no dia anterior.

A motivação do bárbaro homicídio, seguido de suicídio, ainda será esclarecido pelo Departamento de Homicídios da 21ª Seccional Urbana.

Continue lendo

Pará

Pará vai receber R$1,345 bilhão de auxílio financeiro

Publicado

em

O presidente da República sancionou, nesta quinta-feira (28), lei que garante auxílio financeiro da União a estados e municípios como forma de reduzir os impactos causados pela pandemia do coronavírus. A União vai transferir R$ 60 bilhões aos estados e municípios, divididos em quatro parcelas. Deste total, R$ 50 bilhões representam compensação pela queda de arrecadação e R$ 10 bilhões são destinados às ações de saúde e assistência social.

O Pará vai receber R$ 1,345 bilhão, sendo R$ 249 milhões destinados especificamente as ações de saúde. De acordo com o secretário da Fazenda do Pará, René de Sousa Júnior, o Estado deve ter, nos próximos seis meses, despesas emergenciais em torno de R$1,5 bilhão. A maior parte destes investimentos serão nas áreas da saúde e da educação, para enfrentar os efeitos da pandemia. 

Investimentos – Os recursos serão utilizados para manter os quatro hospitais de campanha em funcionamento, abrir quatro novos e manter o funcionamento das oito unidades, garantindo a montagem da estrutura, compra de equipamentos, medicamentos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs); além da contratação de Organização Social para administrar os hospitais; e o reaparelhamento das unidades públicas já existentes, para que possam ampliar a capacidade de atendimento e, por fim, garantir o vale alimentação para os estudantes das escolas públicas.

O projeto sancionado pelo presidente da República também suspende o pagamento das dívidas de estados e municípios com a União, inclusive os débitos previdenciários parcelados pelas prefeituras que venceriam este ano. Com isso, um valor de R$ 337 milhões, que seria pago de março a dezembro, referentes a dívidas com a União e com bancos, terá o pagamento postergado. (Ana Márcia Pantoja)

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Obras no viaduto seguem no cruzamento PA-160 e PA-275

Publicado

em

As obras na área do viaduto que passa pelas rodovias PA-160 e PA-275 seguem rapidamente para construção do projeto que irá deixar a cidade com visual mais bonito e o trânsito de veículos e pedestres bem mais organizado.

Depois de tirar as vigas de aço, as equipes trabalham na retirada do concreto e parte do aterro.

O trânsito no local está interditado, e os motoristas estão usando rotas alternativas.

Além de organizar o trânsito, a área vai receber nova pavimentação asfáltica, cruzamento com semáforo, arborização, ciclovias, canteiros, novo sistema de drenagem, calçadas em ladrilho hidráulico e blocos intertravados.

O projeto ainda abrange um conjunto de serviços, como a construção de uma ponte na PA-160, ao lado do posto próximo ao viaduto, a construção de ciclovia e canteiro central também na PA-160, no trecho compreendido entre a entrada do bairro Amazônia até a avenida dos Ipês.

Continue lendo
publicidade