Connect with us

Tocantins

Governo do Tocantins e Banco da Amazônia assinam Protocolo de Intenções, que destina cerca de R$ 2 bilhões para investimentos

Publicado

em

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, assinou, na manhã desta terça-feira, 9, um Protocolo de Intenções com o Banco da Amazônia (Basa), por meio do qual o Banco disponibiliza R$ 1,9 bilhão para investimento nos setores produtivos do Estado. A assinatura do Protocolo ocorreu de maneira virtual, respeitando o que preconiza as entidades de saúde para o combate ao novo Coronavírus e contou com a presença do presidente do Banco da Amazônia, Valdecir Tose.

O governador Mauro Carlesse ressaltou a importância da parceria implementada entre o Estado e o Banco da Amazônia e falou em ampliar as ações. “O agronegócio do Tocantins anda de mãos dadas com o Banco da Amazônia. Nós sempre somos atendidos nos nossos pedidos ao Basa, mas queremos ampliar nossas ações, principalmente as voltadas ao pequeno empreendedor rural, para que ele possa vir a ser um médio e quem sabe um grande produtor no futuro”, destacou.

O vice-governador Wanderlei Barbosa, que também participou do evento, reforçou a intenção do Estado em viabilizar novas ações de desenvolvimento. “No que depender do Governo, nós vamos estar junto com o Basa, para que esse dinheiro que está sendo disponibilizado seja, o mais rápido possível, aplicado em projetos e ações de desenvolvimento sustentável no nosso Estado”.

Neste ano, a novidade será nas linhas de crédito voltadas para a sustentabilidade – o FNO Amazônia Rural Verde – cujos objetivos são estimular e diferenciar a finalidade de crédito para fomentar a economia e, ao mesmo tempo, reforçar o compromisso socioambiental da região. O presidente do Banco da Amazônia, Valdecir Tose, falou sobre os novos desafios. “Não queremos apenas um protocolo de papel, mas sim um protocolo prático, que ajude os produtores. Queremos que a população perceba seus benefícios e, para alcançarmos esse objetivo, nós teremos três desafios: reduzir as taxas de desmatamento (produzir mais em um espaço menor investindo em tecnologia); estimular as atividades sustentáveis e apoiar os empreendimentos verdes”, ressaltou o presidente do Basa.

Durante o encontro, o governador Mauro Carlesse ainda solicitou que a instituição leve em consideração as dificuldades causadas pela pandemia e estenda os prazos para pagamento dos empréstimos feitos pelos produtores. O governador Mauro Carlesse solicitou também ajuda ao banco para aquisição de insumos hospitalares para o combate à pandemia da Covid-19.

Mais benefícios

Pelo menos duas ações conduzidas pelo Governo do Tocantins foram motivo de elogio por parte do presidente do Basa. A primeira com o próprio banco diz respeito à regularização fundiária de várias propriedades rurais do Tocantins. Já a outra, é a elaboração da lei que visa desburocratizar a liberação das licenças ambientais no Estado e que já se encontra na Assembleia Legislativa para apreciação. “Nós não podemos investir em piscicultura, por exemplo, sem falar em outorga de água, sem falar em assistência técnica pública e tudo isso passa por essa segurança jurídica e fundiária que o Governo do Tocantins está conduzindo”, afirmou Valdecir Tose.

Balanço 2020

Segundo dados apresentados pelo Banco da Amazônia, no ano de 2020, a disponibilidade de crédito para todos os setores produtivos do Estado somou um total de R$ 2,2 bilhões, valor maior que o esperado para o ano que foi de R$ 1,7 bilhão. Segundo o superintendente do Banco da Amazônia no Tocantins, Marivaldo Melo, a expectativa para 2021 é superar o ano anterior. “Em 2020, grande parte dos recursos foi aplicada nos setores de agropecuária e agricultura familiar, o que gerou mais de 253 mil empregos diretos e indiretos. Para este ano, nossa expectativa é que o montante aplicado chegue a R$ 2,5 bilhões”, afirmou.

Participaram do evento on-line o vice-governador, Wanderlei Barbosa; o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, Jaime Café; o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, Tom Lyra; o secretário de Estado da Fazenda, Sandro Henrique; e o secretário-chefe da Casa Civil, Rolf Vidal. (Laiane Vilanova)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Ex-deputado Edmundo Galdino morre aos 62 anos

Publicado

em

O ex-deputado federal Edmundo Galdino da Silva morreu nesta quinta-feira (22) em Araguaína, no norte do estado, após sofrer uma parada cardíaca. Segundo a família, ele estava internado há 10 dias em um hospital particular da cidade, onde tratava problemas renais.

Edmundo Galdino nasceu em Filadélfia e morava em Araguaína. Ele atuou como político por mais de 10 anos, entre 1982 e 1996.

A irmã de Galdino, Maria do Rosário Matos da Silva, disse que “ele foi um homem forte, que veio de uma família de poucos recursos, mas conseguiu alçar grandes voos”.

Várias autoridades e políticos publicaram notas de pesar e lamentaram a morte de Galdino.

O velório será realizado em Araguaína. Por causa da pandemia da Covid-19, a cerimônia vai ser restrita à família. Nesta sexta-feira (23), a partir de 9h, haverá um cortejo saindo do Jardim Filadélfia até o cemitério São Lázaro, onde será o enterro.

Edmundo Galdino começou a carreira política em 1982, quando foi eleito vereador de Araguaína. Depois foi deputado estadual, pelo então estado de Goiás, e após a criação do Tocantins foi eleito deputado federal, atuando em questões agrárias, deixando a função apenas em 1996.

Ao longo de vários anos Galdino também foi presidente da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS) e diretor do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no Tocantins. (G1)

Continue lendo

Tocantins

COLINAS: Equipes da BRK Ambiental realizam nesta sexta, 23, melhorias no sistema de abastecimento

Publicado

em

Na próxima sexta-feira (23), as equipes da BRK Ambiental realizam melhorias estruturais no Reservatório Apoiado (RAP) 001, que integra o sistema de abastecimento de água de Colinas do Tocantins. Os trabalhos têm o objetivo de garantir mais qualidade e segurança no fornecimento de água para o município.

Os trabalhos terão início às 06h da manhã, neste horário o serviço de distribuição de água será interrompido para os bairros: Oeste, Novo Planalto, Alvorada, Novo Horizonte, Araguaia I e II, Recanto do bosque, Aeroporto I, II e Vila São João.

A conclusão das obras deve ocorrer poucas horas depois, até o meio-dia. Com o término, a retomada do abastecimento será gradual, das regiões mais baixas para as mais altas.

O engenheiro da BRK Ambiental em Colinas do Tocantins, Felipe Lisboa, recomenda que os moradores economizem água até que o abastecimento esteja restabelecido. “Recomendamos que os moradores dessas áreas adiem atividades que demandam maior consumo, como a lavagem de roupas, irrigação de plantas, lavagem de pátios e carros, por exemplo. Desse modo, a água do reservatório do lar pode suprir a demanda para uso essencial nesse período”, explica.
O cliente que precisar de mais informações sobre o status dos trabalhos, poderá entrar em contato com a concessionária pelo telefone 0800 6440 195 ou WhatsApp (11) 99988-0001.

Continue lendo

Tocantins

Tocantins decreta ponto facultativo nos dias 22 e 23 de abril

Publicado

em

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, decidiu decretar ponto facultativo nos dias 22 e 23 de abril de 2021 (quinta e sexta-feira), considerando os dados constantes do 401º Boletim Epidemiológico da Covid-19 no Tocantins, desta terça-feira, 20, que, mesmo indicando a tendência de redução, ainda apresenta número elevado de casos confirmados da doença. A medida foi publicada na edição de hoje (20) do Diário Oficial (DOE).

A decisão foi tomada em razão do feriado de Tiradentes celebrado nesta quarta-feira, 21. Conforme o Decreto, cabe aos dirigentes dos órgãos e entidades a preservação e o funcionamento dos serviços essenciais relativos às respectivas áreas de competência.

“Precisamos controlar a circulação de pessoas nas ruas e para isso nós estamos colocando em prática mais essa medida que visa conter o coronavírus. Pedimos que as pessoas que puderem fiquem em casa e se protejam. Essa doença é grave, os hospitais estão com muitos pacientes internados e o nosso país tem registrado um grande número de mortos por causa desse vírus. Vamos nos proteger e proteger também quem a gente gosta”, destacou o governador Mauro Carlesse.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze