Connect with us

Tocantins

Governo do Tocantins prorroga suspensão das aulas e jornada reduzida dos servidores até 31 de agosto

Publicado

em

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, assinou decreto prorrogando a suspensão das aulas e a jornada reduzida de seis horas dos servidores públicos estaduais. O documento será publicado na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira, 31.

A medida já havia sido anunciada pelo governador Carlesse na quarta-feira, 29, durante reunião com os membros do Comitê de Crise para Prevenção da Covid-19.

“Diante do cenário que se apresenta, o recomendável é que as medidas de prevenção ao novo Coronavírus continuem em vigor. Mais uma vez ressaltamos que é papel do Poder Público editar normas e orientações para o cidadão, mas é necessário também que cada pessoa tenha consciência de que estamos em plena pandemia e que é preciso tomar todos os cuidados necessários como lavar bem as mãos, usar máscaras e manter o distanciamento social, evitando aglomerações. Seguindo as normas dos órgãos de Saúde, vamos conseguir reduzir a transmissão e salvar vidas”, afirmou o governador Mauro Carlesse.

Suspensão das aulas

A suspensão das aulas na forma presencial abrange tantas instituições da rede pública quanto privada, da educação básica ao ensino superior, como escolas e universidades, até 31 de agosto de 2020.

Jornada dos servidores públicos

A jornada de trabalho dos servidores públicos do Executivo Estadual continua fixada no horário, das 8 às 14 horas, ou seja, 6 horas diárias, cabendo aos dirigentes dos órgãos públicos organizar jornada laboral alternativa, no turno da tarde, das 14 às 20 horas, a fim de se evitar a aglomeração de pessoas.

O disposto no decreto não se aplica às Unidades do Programa de Atendimento ao Público, É Pra Já, que cumprem a jornada laboral em turnos, de segunda a sexta-feira, das 7 às 13 horas e das 13 às 19 horas; e aos sábados, das 8 às 12 horas.

O trabalho home office continua assegurado, até 31 de agosto de 2020, aos seguintes servidores: idosos com idade igual ou superior a 60 anos; gestantes e lactantes; aqueles que mantenham sob sua guarda criança menor de um ano; portadores de doenças respiratórias crônicas, cardiopatias, diabetes, hipertensão ou outras afecções que deprimam o sistema imunológico.

Alteração no Decreto nº​ 6.092

O Decreto nº 6.128 que será publicado no DOE desta sexta-feira também traz alteração no artigo 3º do Decreto nº 6.092, de 5 de maio de 2020, que dispõe sobre recomendações gerais aos Chefes de Poder Executivo Municipal para o enfrentamento da pandemia de Covid-19, bem assim sobre o uso obrigatório de máscaras de proteção facial.

A redação do artigo 3º que antes era: “Nas rodovias estaduais e pontos estratégicos das divisas do Estado do Tocantins, fica determinada a execução de ações estatais de orientação, prevenção, segurança e fiscalização destinadas a conter a disseminação do novo Coronavírus (Covid-19)”, passa a ter a seguinte redação: “Nas rodovias estaduais e pontos estratégicos das divisas do Estado do Tocantins, fica determinada a execução de ações estatais de orientação destinadas a conter a disseminação do novo Coronavírus (Covid-19)”.  (Jesuino Santana Jr.)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

IBGE enfrenta dificuldades para coletar dados de empresas do TO durante pandemia

Publicado

em

A pandemia do novo coronavírus também vem afetando a coleta das pesquisas econômicas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no Tocantins. O trabalho está previsto para encerrar no final de outubro, mas 1.691 empresas ainda não responderam os questionários distribuídos. Até o momento, as informações de apenas 293 instituições foram coletadas, o que representa 14% do total.

A supervisora de Pesquisas por Empresas, Ângela Brito Anes, enfatiza que a participação das organizações para as Pesquisas Estruturais é essencial. “São estatísticas importantes para empresários de todos os portes, pois lhes permitem conhecer a sua conjuntura de mercado, o desempenho da sua área de atuação e a participação da sua atividade no PIB, que é o principal indicador econômico do país. Por isso, é crucial que as participantes forneçam informações fidedignas”.

Com o isolamento social, os dados estão sendo coletados através de um questionário eletrônico que é enviado aos informantes, podendo ser respondido por e-mail ou telefone. Porém, de acordo com Ângela, os pesquisadores do IBGE estão enfrentando dificuldades por não conseguir contato com os responsáveis pelas empresas. No Tocantins, o Instituto espera coletar informações de 1.984 empresas, sendo que a maioria delas (1.482) estão em Palmas.

Pedido de apoio

Buscando melhorar esse quadro, o IBGE/TO pediu apoio da Secretaria da Indústria, Comércio e Serviços (Sics). O objetivo é conscientizar os empresários sobre a necessidade deles atenderem o Instituto e garantirem que informações tão relevantes para o país continuem sendo produzidas, ainda mais nesse momento de crise. Segundo a supervisora, novas estratégias também estão sendo traçadas junto com os agentes de pesquisa e mapeamento.

Pesquisas Estruturais

A Pesquisa Industrial Anual – Empresa (PIA-Empresa), a Pesquisa Industrial Anual – Produto (PIA-Produto), a Pesquisa Anual da Indústria da Construção (Paic), a Pesquisa Anual de Comércio (PAC) e a Pesquisa Anual de Serviços (PAS) fazem parte do Programa Anual das Pesquisas Estruturais por Empresa do IBGE e tem como objetivo descrever as características estruturais básicas do segmento empresarial, industrial, construção civil, comércio e serviços no País e suas transformações no tempo.

Continue lendo

Tocantins

BRK Ambiental divulga ruas que serão interditadas por obras essa semana em Araguaína e Colinas

Publicado

em

A BRK Ambiental, empresa responsável pelos serviços de saneamento em 47 cidades do Tocantins, está realizando a implantação de redes de esgoto em novas áreas de Araguaína e Colinas, na região norte do estado. Em Colinas, as obras estão em fase de conclusão, e em Araguaína além da implantação de redes de esgoto, a concessionária está substituindo redes de água.

A chegada do saneamento à novas regiões desses municípios proporciona qualidade de vida e saúde para a população. O acesso à coleta de esgoto previne as pessoas de doenças como: diarreias, febre tifóide, cólera, leptospirose e muitas outras ocasionadas por organismos patogênicos que se desenvolvem em ambientes insalubres. O saneamento reduz o número de internações de pessoas com essas doenças, além de garantir maior valorização imobiliária e promover o desenvolvimento das cidades.

Confira as ruas que serão interditadas essa semana:

ARAGUAÍNA-TO

Segunda-feira (10)

Rua Antunes de Almeira entre a Rua C e Rua B

Terça-feira (11)

Rua Perimetral II entre a Rua C e Rua B

Quarta-feira (12)

Rua B entre Rua Perimetral II e Rua das Violetas

Quinta-feira (13)

Rua Perimetral II entre a Rua B e Rua A

Sexta-feira (14)

Rua Antunes de Almeida entre a Rua B e Rua A

COLINAS DO TOCANTINS-TO

Segunda-feira (10)

Av. Tenente Siqueira Campos entre as ruas Mineiros e 13 De Maio

Rua Rui  Barbosa entre Av. Natal e Rua Ruidelmar L. Borges

Rua Mineiros entre a Av. Pedro L. Teixeira e Transcolinas

Terça-feira (11)

Rua Goianésia entre as ruas Mineiros e 13 De Maio

Rua Rui Barbosa entre a Av. Natal e rua Ruidelmar L. Borges

Rua Mineiros entre Av. Pedro L. Teixeira e Transcolinas

Quarta-feira (12)

Rua Ernesto Barros entre a rua Goianésia a Av. Tenente Siqueira Campos

Rua Rui Barbosa entre Av. Natal e rua Ruidelmar L. Borges

Transcolinas entre a rua 65 e rua Mineiros

Quinta-feira (13)

Rua Goianésia entre rua Mineiros e rua Ernesto Barros

Rua Rui Barbosa e Av. Natal e rua Ruidelmar L. Borges

Transcolinas entre a rua 65 e rua Mineiros

Sexta-feira (14)

Rua Goianésia entre rua Mineiros e rua Ernesto Barros

Rua Rui Barbosa entre Av. Natal e rua Ruidelmar L. Borges

Rua 65 entre Av. Pedro L. Teixeira e Av. Tocantins

Sábado (15)

Rua Ernesto Barros entre Av. Pedro Ludovico Teixeira e rua Goianésia

Rua Rui Barbosa entre Av. Natal e rua Ruidelmar L. Borges

Rua 65 entre Av. Pedro L. Teixeira e Av. Tocantins

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: Criminosos usam velocípede para transportar drogas

Publicado

em

A Polícia Militar prende, na noite do último domingo, 09, três homens, 26 anos, 18 anos, 20 anos e uma mulher, 18 anos no Setor Pampulha, na cidade de Araguaína por tráfico de drogas. Os entorpecentes, três papelotes de substância análoga a maconha e dezoito papelotes de substância análoga cocaína, foram localizadas com um dos homens e embaixo de um carrinho de bebê, tipo velocípede (triciclo), em uma caixa de papelão presa a um compartimento entre as duas rodas traseiras, uma arma branca tipo faca, um smartfone e uma quantia em dinheiro. O que chamou a atenção dos policiais é que a mulher empurrava uma criança no triciclo de, aproximadamente, dois anos.

Ao ser acionada via 190, a equipe de policias militares deslocou para o Setor Pampulha, onde a vítima, uma mulher, 20 anos, alegava ter sofrido um assalto e, que um homem trajando um blusão grande havia subtraído seu smartfone.

De posse dessas informações os policiais realização diligência nas imediações e visualizaram três homens e uma mulher empurrando uma criança em um velocípede e que um dos homens teria as características cedidas pela vítima.

Durante abordagem, com o homem, 18 anos foram localizados alguns papelotes de entorpecentes, com a mulher, 18 anos uma arma branca, tipo faca, um smartfone e na parte debaixo do velocípede vários papelotes entorpecentes similares a maconha e cocaína dentro de uma pequena caixa de papelão.

Ao realizar abordagem e localizar o entorpecente, os policiais militares conduziram o indivíduo, a substância ilícita, a quantia em dinheiro e o veículo à Central de Flagrantes para os procedimentos legais.

Os três homens, a mulher, a criança, a arma branca, o smartfone, o velocípede e os produtos entorpecentes foram conduzidos, respectivamente, à Central de Flagrantes para os procedimentos legaisRessaltando que a avô materna da criança compareceu à DP e ficou responsável pela mesma.

Continue lendo
publicidade