Connect with us

Maranhão

Governo inaugura Distrito Agroindustrial de Balsas

Publicado

em

A região Sul do Maranhão acaba de ganhar mais uma área dotada de infraestrutura para receber indústrias e outros empreendimentos. Foi inaugurado, na tarde da última sexta-feira (13), o Distrito Agroindustrial de Balsas. A Secretaria de Estado do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (Sedinc) investiu cerca de R$ 3,2 milhões na obra que corresponde à primeira etapa.

A solenidade de inauguração contou com a presença dos secretários de Estado Luís Fernando Silva, que representou a governadora Roseana Sarney, e de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Mauricio Macedo. Participaram também o prefeito de Balsas, Luiz Rocha Filho; os deputados estaduais André Fufuca e Edilazio Júnior, a diretora da Agroserra e vice-presidente da Fiema, Cintia Ticianelli, que no ato representou o presidente da entidade Edilson Baldez; o presidente da Associação Comercial de Balsas, Roberto Portela; a superintendente da Fapcem, Gisela Introvini; o superintendente de Infraestrutura da Sedinc, Marco Muniz, entre outras autoridades e lideranças empresariais e políticas da região.

Localizado às margens da BR-230, no km 414, o Distrito Agroindustrial de Balsas possui uma área total de 150 hectares, dos quais 50 ha correspondem a 1ª fase, que foi concluída com 48 lotes.

O secretário Mauricio Macedo ressaltou que a implantação de distritos industriais no estado parte do propósito de dotar o Maranhão de infraestrutura para receber empreendimentos. “O Distrito de Balsas, que está sendo entregue hoje; o Distrito de Grajaú, que será entregue em janeiro e outros distritos que vamos construir ao longo o próximo ano têm a função estratégica de promover o desenvolvimento. Sob um novo modelo de gestão, vamos também privilegiar não só a indústria, mas também os setores de comércio e serviço e as micro e pequenas empresas”, afirmou.

“Estamos entregando hoje a primeira etapa e a partir do próximo ano vamos iniciar a segunda etapa já com um centro administrativo, além dos lotes empresariais”, declarou o secretário Mauricio Macedo.

O secretário Luís Fernando Silva, destacou que Balsas é uma frente de crescimento econômico que gera um grande equilíbrio para a balança comercial do Maranhão. “A governadora Roseana Sarney determinou ao secretário Mauricio Macedo que priorizasse a região de Balsas. A inauguração hoje deste distrito, tem um significado especial, representa uma mudança de perfil de produção para a região”, disse Luís Fernando, referindo-se a implantação de uma infraestrutura que estimula a verticalização das cadeias produtivas da região.

Anel da soja

Na ocasião, Luis Fernando Silva anunciou ainda a pavimentação de dois dos oito trechos do Anel da Soja, já em processo de licitação, com início previsto para 2014. No total, são 684 km de tensão rodoviária. O investimento de R$ 774 milhões. É o maior programa rodoviário já anunciado por um governo no Maranhão.

O prefeito de Balsas, Luiz Rocha Filho, disse que Distrito Agroindustrial de Balsas beneficia não só o município, mas toda uma região. “A inauguração deste distrito representa um marco na nossa região. A partir de hoje, a indústria e os negócios terão um novo rumo”, disse o prefeito.

Ao elogiar a iniciativa do governo do estado, a vice-presidente da Fiema, Cintia Ticianelli, parabenizou o governo pela iniciativa de implantar a infraestrutura que beneficia o setor industrial. “Agora, somos capazes de verticalizar a produção”, disse a empresária.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

Dino deve processar Bolsonaro que durante visita ao Maranhão, disse que teria ‘virado boiola, igual maranhense’ ao tomar Guaraná Jesus

Publicado

em

Foto reprodução twitter ThaynaraOG

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), usou as redes sociais nesta quinta-feira (29) para informar que vai processar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Durante visita ao estado, o presidente fez uma piada homofóbica envolvendo maranhenses.

“Bolsonaro veio ao Maranhão com sua habitual falta de educação e decoro. Fez piada sem graça com uma de nossas tradicionais marcas empresariais: o guaraná Jesus. E o mais grave: usou dinheiro público para propaganda política. Será processado”, escreveu o governador.

Mais cedo, Dino tinha divulgado um vídeo criticando “visitantes mal-educados”. 
“O Brasil está precisando de energia patriótica. Vamos todos, hoje à noite, comemorar essas conquistas tomando Guaraná Jesus, o guaraná do povo do Maranhão. É uma coisa boa, a gente serve aqui para os visitantes. Até aos visitantes mal-educados a gente serve”, disse.

‘Virei boiola’

Durante visita oficial ao Maranhão, o presidente fez uma piada homofóbica. Ao se encaminhar para o segundo compromisso do dia, o presidente brincou ao tomar um copo de guaraná Jesus. A bebida tem a cor rosa. “Agora eu virei boiola. Igual maranhense, é isso?”, disse. 

“Guaraná cor-de-rosa do Maranhão aí. Quem toma esse guaraná aqui vira maranhense”, brincou.

Minutos depois, o presidente insistiu na brincadeira. “Guaraná cor-de-rosa do Maranhão, f*eu, f*eu. É boiolagem, isso aqui.”

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Veja como foi a visita de Bolsonaro

Publicado

em

Por volta das 14h30, Bolsonaro participou da entrega do “Panelodrómo”, um complexo gastronômico da culinária popular em Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão. Com 3 mil metros quadrados, o espaço deve abrigar os comerciantes que vendem a “panelada”, um prato típico da região.

Ao chegar ao município, o presidente se encontrou com apoiadores na saída do aeroporto. Sem máscara, ele interagiu com o grupo e uma aglomeração se formou no local. Desde maio, o uso de máscara é obrigatório do Maranhão, segundo decreto do governo do Estado.

Ainda na cidade, Bolsonaro fez a entrega de pontos de internet ilimitada para áreas remotas da região. De acordo com o governo federal, a ação deve beneficiar 3 mil pessoas que vivem nas cidades de Balsas, Açailândia e Imperatriz.

A agenda do presidente no Maranhão, que tem a companhia dos ministros do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno; da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas; das Comunicações, Fábio Faria; do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho; e de Governo, Luiz Eduardo Ramos, terminou às 16h, quando eles retornaram à Brasília.

Continue lendo

Maranhão

Bolsonaro brinca sobre refrigerante no Maranhão, “Agora virei boiola, igual maranhense, é isso?”

Publicado

em

Após visitar as obras da BR-135, o presidente foi a um bar em Bacabeira, interior do Maranhão, e tomou um refrigerante fabricado no estado, conhecido como Guaraná Jesus. Ao tomar a bebida, de coloração rosa, o presidente deu risada e fez comentário homofóbico.

“Agora virei boiola, igual maranhense, é isso? [risos] O guaraná cor de rosa do Maranhão aí, quem toma esse guaraná vira maranhense [risos]. Guaraná cor de rosa no Maranhão… Que boiolagem isso aqui”.

O momento foi transmitido em uma live, por volta de 12h, em uma rede social do presidente.

Continue lendo
publicidade Bronze