Connect with us

Maranhão

Governo investirá R$ 11 mi na revitalização dos terminais Ponta da Espera e Cujupe

Publicado

em

De setembro de 2013 a março de 2014, os usuários do ferryboat, um dos principais meios de transporte entre São Luís e a Região da Baixada Maranhense e ao estado do Pará, vivenciarão um cenário diferente nos Terminais de Passageiros. O Governo do Estado, por meio da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), responsável pela gestão dessas estruturas, anunciou a revitalização da Ponta da Espera, em São Luís, e de Cujupe, em Alcântara. Os investimentos para a reforma são de cerca de R$ 11 milhões e terão como principal objetivo proporcionar acessibilidade, segurança e comodidade aos usuários dos terminais que somam, anualmente, 1,7 milhão de passageiros.

Para atender aos passageiros durante o período de reforma foi montada uma estrutura temporária no estacionamento no Terminal da Ponta da Espera, em São Luís.  No mesmo ambiente foram instalados os escritórios administrativos da Emap e das operadoras dos ferry-boats, os pontos de vendas das passagens, bebedouros e banheiros.

Para abrigar os usuários, foi armada uma tenda de aproximadamente 300 m² com proteção para sol e chuva, e, colocadas cadeiras. Placas sinalizadoras educativas, informativas e indicativas sobre os serviços disponíveis na estrutura foram instaladas. A mesma estrutura temporária será montada também no Terminal de Passageiros do Cujupe, em Alcântara, para abrigar os  usuários durante as obras.

 Ponta da Espera

Os trabalhos iniciam primeiramente em São Luís. Serão investidos recursos no valor de R$ 2 milhões e 550 mil,  no Terminal da Ponta da Espera.  A empresa responsável pela obra, ganhadora do processo licitatório, foi a Construtora Guimarães Ltda.

Entre as melhorias, o Terminal de Passageiros contará com rampas de acesso para pessoas com mobilidade reduzida; adequação da praça de alimentação para instalação dos restaurantes em áreas apropriadas com maior conforto e higiene dentro dos padrões exigidos pela Vigilância Sanitária; construção de nova portaria de vistoria, proporcionando maior segurança; e edificação do Pátio de Retenção de Veículos, com o objetivo de liberar totalmente a via de acesso às embarcações.

Essa última intervenção contribuirá para um fluxo de veículos mais rápido e seguro, principalmente, no caso de emergências. Outra novidade é a construção de 521 metros de passarelas e reforma de 130 metros. As passarelas, cobertas e cercadas, conduzem os passageiros em segurança e protegidos do sol e da chuva, até os ferries ou até os veículos.

Cujupe

No Cujupe, os recursos destinados estão na ordem de R$ 8,5 milhões. O projeto de reforma encontra-se na fase de finalização. O processo licitatório acontecerá em setembro e as obras estão previstas para iniciar em outubro.

A estrutura a ser trabalhada no Terminal do Cujupe abrange construção de novo telhado, do mercado para abrigar os vendedores e da instalação do sistema de abastecimento e reservatório de água. Também prevê duplicação das passarelas, implantação da Portaria Vistoriada, construção das sedes administrativas da Emap, do posto da Polícia Militar e das Operadoras de ferryboat, ampliação e adaptação dos banheiros aos portadores de necessidades especiais e a construção do Pátio de Retenção de Veículos.

O passageiro deve ficar atento aos cuidados que deve tomar para garantir uma viagem segura e tranquila durante o período da reforma. Pelo site da Emap (www.emap.ma.gov.br) e das empresas que operam os ferry, ServPorto e Internacional Marítima, é possível obter a informação dos horários das viagens. Uma vez escolhido a hora da viagem, o próximo passo é comprar os bilhetes nas unidades de venda dessas empresas (Areinha e próximo ao Terminal de Passageiros da Beira-Mar).

Como a maioria dos passageiros que viaja sem veículo, opta pelos serviços dos ônibus, é importante chegar aos terminais com, no mínimo, 40 minutos de antecedência. A dica vale, também, para os que viajam com veículos, chegar cedo ajuda na organização do embarque e evita atrasos. Uma vez no Terminal, placas sinalizadoras indicam os locais que os passageiros devem posicionar-se: os que estão de ônibus, os que estão com veículos já com passagens compradas e os veículos sem passagem, que devem aguardar na fila de espera.

Prazo de entrega

A obra do Terminal da Ponta da Espera tem dois prazos de entrega. Em dezembro, será finalizada a etapa de reforma: praça de alimentação, restaurantes, novos banheiros, instalações administrativas e rampa de acesso para portadores de necessidades especiais. Em março de 2014, termina o prazo para entrega da estrutura externa como Pátio de Retenção de Veículos, reforma do posto da Polícia Militar e construção das passarelas externas. As obras no Terminal do Cujupe têm previsão para iniciar em outubro e finalizar também em março de 2014.

A travessia da Baía de São Marcos via ferryboat é uma das principais ligações de São Luís com os municípios da Baixada Maranhense. Todos os dias são realizadas 10 viagens regulares. O aumento, de um ano para o outro (2011 para 2012), foi de 19,03%.  Nos últimos seis anos, o número de usuários dos Terminais de Passageiros de Ferryboat de Ponta da Espera, em São Luís, e do Cujupe, em Alcântara, passou de 665 mil para mais de 1,7 milhão por ano, um aumento de 161%.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Sebastião Régis recebe Arrastão da Limpeza

Publicado

em

Nesta quinta-feira, 14, a Prefeitura de Imperatriz levou os trabalhos de limpeza urbana para o conjunto habitacional Sebastião Régis. Serviço executado pela Secretaria de Limpeza Pública, SLP, contempla os moradores com as ações de varrição manual, paliação de montes, roço das margens das vias, remoção de entulhos e pontas de lixo, entre outros. O mutirão Arrastão da Limpeza também é executado na BR-010, com foco nas entradas da cidade.

“Aproveitando o ensejo da inauguração da Escola Municipal Antônio Leite Andrade, intensificamos os trabalhos de limpeza urbana no Sebastião Régis. Mas as nossas equipes seguem com várias frentes de serviços em diversos pontos da cidade, para garantir que as ações da SLP contemplem o maior número de bairros possíveis. Um exemplo são as equipes de recolhimento de resíduos sólidos domiciliares, que hoje atuam em todos os bairros no sentido da Avenida Pedro Neiva De Santana”, ressalta Alan Johnes, secretário de Limpeza Pública.

As frentes de serviços responsáveis pela limpeza e manutenção das praças do município atuam na Jarbas Passarinho, Sagrada Família, Evangelho, Voz, Frei Damião, Calango, Vila Fiquene e Vila Cafeteira. Já os agentes da SLP que realizam o trabalho de remoção de entulhos e pontas de lixo, executam o trabalho na BR-010, nas ruas Sergipe e Dom Pedro II e no bairro Morada do Sol. Ainda na rua Sergipe e na BR-010, realizam o trabalho de poda e remoção de galharias e resíduos verdes.

O serviço de recolhimento de móveis velhos e outros bens inutilizáveis realizado pelo Cata Treco, cumpre cronograma na BR-010, Vila Fiquene, Vila Cafeteira, Vila Ipiranga, Recanto Universitário, Vila Nova, Morada do Sol, São José, Santa Rita, Asa Norte, Sebastião Régis, Nova Imperatriz e no Centro. O trabalho é executado mediante agendamento prévio e de acordo com a demanda da população. Para solicitar o serviço, a SLP disponibiliza o número de telefone (99) 99162-6101, de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Equipes de tapa-buracos chegam ao residencial Sebastião Régis

Publicado

em

Equipes de tapa-buracos iniciaram nesta quinta-feira, 14, trabalho de recomposição asfáltica das avenidas José de Ribamar Cunha e Circular I, no residencial Sebastião Régis. Ação é realizada pela Prefeitura de Imperatriz, por intermédio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos – Sinfra.

Pela manhã, o secretário Zigomar Filho verificou o andamento das frentes de serviços que reforçam a melhoria de acesso dos principais corredores de trânsito dos bairros de Imperatriz. “Nós começamos essa vistoria pelas vias do Sebastião Régis. Objetivo é ampliar o trabalho nestas próximas semanas”, garante.

Ele pontuou que equipes trabalham na recuperação da malha asfáltica da Avenida Jacob, via que interliga a BR-010 à Avenida Pedro Neiva de Santana, passando pelos bairros Jardim Tropical, Parque das Estrelas, Brasil Novo e Vila Redenção I. “É mais um importante corredor de trânsito que começa a ser recuperado pelas equipes da Sinfra”, completa.

Também começou a ser recuperada com tapa-buracos a Avenida Caiçara, na Vila Redenção I; Rua Leôncio Pires Dourado, no Bacuri, e a Rua Floriano Peixoto, no bairro Nova Imperatriz.

Marginais da BR-010

A recomposição asfáltica está sendo realizada ainda nas marginais da BR-010, perímetro urbano de Imperatriz, próximo ao DNER, acesso à Vilinha; Viaduto, no Entroncamento, e nas alças de acesso aos bairros Maranhão Novo e Vila Lobão, próximo à Tocauto. (Gil Carvalho)

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Sistema de gerenciamento e armazenamento de imagens é implantado no Socorrão

Publicado

em

Foi iniciada na manhã desta quinta-feira, 15, a implantação do Sistema de Gerenciamento e Armazenamento de Imagens do Hospital Municipal de Imperatriz, HMI Socorrão. Iniciativa vai agilizar o processo de atendimento, permitindo que a equipe médica decida a conduta de tratamento de forma mais rápida, evitando que pacientes percam tempo esperando películas e laudos de exames para realização de procedimentos. 

Instalação de monitores e computadores do sistema já foram feitas na sala de raio – x e no consultório da ortopedia. Em breve, serão instalados também no consultório da clínica cirúrgica e no Centro Cirúrgico do Hospital.  

“A partir de agora, os exames de raio-x, ultrassom e tomografias vão automaticamente para o computador do médico. Quando o paciente retornar para o consultório, já vai saber o diagnóstico e a conduta a ser adotada. Isso traz muita agilidade e rapidez no processo de atendimento” – explica a secretária Mariana Jales.  

Segundo a Diretora do HMI, Marília Carvalho, acesso imediato da equipe médica ao exame e ao laudo, além de inovador na rede pública, é um marco para a gestão Assis Ramos. “Já tivemos época que demorávamos de 15 a 30 dias para receber um laudo, porque isso era feito externamente. Hoje recebemos em questão de horas e com o sistema será instantâneo” – afirma. 

Para o técnico em radiologia, Nildo Reis, um dos maiores ganhos para a população é a agilidade no atendimento. “Fazemos o raio-x e, em questão de minutos, já está no consultório médico. O paciente não vai mais precisar ficar esperando, nem andando para um lado e outro com papel na mão” – disse o servidor, que trabalha há 10 anos no Socorrão. 

Além disso, segundo Nildo, este sistema permite analisar imagens com maior rapidez, e melhor visibilidade porque nele há recurso para ampliá-la na hora da visualização. “Outro ponto importante também é que agora teremos armazenamento das imagens e isso melhora a segurança porque eliminaremos o risco de perder exames” – ressaltou o técnico. (Maria Almeida)

Continue lendo
publicidade Bronze