Connect with us

Pará

Governo vai abrir 200 novos leitos para Covid-19 em todo o Pará

Publicado

em

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa), vai abrir, ao longo desta semana, mais 200 leitos, entre clínicos e de UTI, exclusivos para o atendimento da Covid-19. A medida faz parte do plano estratégico para conter a doença em todo o território paraense.

“Estamos atentos ao cenário da pandemia no Estado, por isso a equipe técnica da Sespa monitora nossos 144 municípios para saber quais regiões estão precisando de mais suporte. Ao longo dessa semana, devemos ultrapassar a marca de 2 mil leitos exclusivos para a doença”, afirma o secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho.

Segundo o boletim mais recente divulgado neste domingo (28), o Pará possui atualmente 1.905 leitos exclusivos para a Covid-19, sendo 1.216 clínicos, 667 de UTI, 7 clínicos pediátricos, 3 de UTI neonatal e 12 de UTI pediátrica.

“Nesse momento de contingência, se faz necessário readequar nossa rede hospitalar e priorizar os pacientes de Covid-19, principalmente para conseguir esvaziar as Unidades de Pronto Atendimento (Upas) e prontos-socorros com mais brevidade, para que esses pacientes não agravem”, comenta o secretário Adjunto da Sespa, Sipriano Ferraz.

Na quinta-feira (25), foram abertos 30 leitos clínicos no Hospital Geral de Bragança e 10 leitos de UTI no Hospital Regional Abelardo Santos e, na sexta-feira (26), 21 leitos clínicos no Hospital Regional de Redenção, sul do Pará, e outros 10 leitos de UTI também no Hospital Abelardo Santos.

Neste domingo (28), O Hospital Regional de Castanhal, que recebe pacientes vindos especialmente das 3ª, 4ª e 5ª Regionais de Saúde, vai abrir mais 50 leitos clínicos. No total, a unidade terá 160 leitos, sendo 120 clínicos e 40 de UTI’s. 

“O aumento de oferta de leitos impacta imediatamente de forma positiva na redução de pacientes internados nas UPA’s e portas de urgência dos hospitais municipais, possibilitando que se mantenha o atendimento a pacientes nelas, evitando que venham a fechar para atendimentos temporariamente”, afirma Pedro Ribeiro Anaisse, diretor do HRC.

Ao longo desta semana, outras unidades vão ter novos leitos exclusivos para Covid. Na segunda-feira (29), serão 12 leitos clínicos no Hospital Regional de Marabá,15 leitos clínicos no Hospital das Clínicas de Bragança e 10 de UTI no Hospital de Campanha do Hangar. Já na terça-feira (30), abrirão 10 leitos clínicos no Hospital Regional de Breves e, na quarta-feira (31), 10 novos leitos de UTI no Hospital Santos Antonio Maria Sacarias, em Bragança.

“Já havíamos feito a ampliação, na semana passada, para a Região do Xingu. Abrimos 11 leitos de UTI no Hospital Regional da Transamazônica, em Altamira, e já estamos em operação com todo o Hospital Regional do Tapajós, com a ampliação também da cobertura em Santarém e em Juruti, para o Baixo Amazonas e para a Calha Norte. São os esforços para garantir a oferta de leitos por todo o Pará”, afirmou o governador Helder Barbalho, durante a coletiva de imprensa no sábado (27), quando atualizou as informações sobre o bandeiramento no Estado. (Caroliny Pinho / Foto: Bruno Cecin)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

Paragominas e Palmas empatam na Arena Verde

Publicado

em

Daylon marcou para o Paragominas, aos 24 minutos do primeiro tempo e aos 29, também da etapa inicial, Tchô empatou para o Palmas, a partida que terminou empatada por 1 a 1, na tarde deste domingo, no Estádio Arena Verde, em Paragominas. A partida foi válida pela nona rodada do Grupo 2 do Brasileiro da Série D.

SITUAÇÃO NO CAMPEONATO

Com o resultado, as equipes não avançam na competição. O Paragominas segue na sexta colocação com dez pontos, enquanto o Palmas permanece na sétima colocação com oito pontos.


O JOGO

A partida não foi movimentada até pouco mais da metade do primeiro tempo, quando as duas equipes buscaram e conseguiram fazer os gols. Mas no segundo tempo a partida caiu de produção, a marcação forte foi amarrando a partida e praticamente nenhuma chance clara foi criada. Apenas chutes sem muito perigo de fora da área.

PRÓXIMOS JOGOS

Na décima rodada, no próximo sábado (7), o Palmas recebe em casa, às 16 horas, no Estádio Nilton Santos, o último colocado da chave, o Tocantinópolis, que soma sete pontos. A partida ocorrerá no Estádio Nilton Santos, na capital tocantinense. É o clássico regional tocantinense.
Já o Paragominas recebe no domingo (8), o Juventude Samas (MA), às 16 horas, no Estádio Arena Verde, em Paragominas. (Futebol Interior / Foto: João Botelho)

Continue lendo

Pará

Em Belém, Remo vence CSA por 1 a 0

Publicado

em

O Remo bateu o CSA por 1 a 0 e ganhou justamente a posição do adversário na classificação da Série B. Assumiu neste domingo o 12° posto. No Baenão, em Belém, o único gol da partida saiu aos oito minutos do primeiro tempo, com o atacante Renan Gorne. O time alagoano perdeu a segunda consecutiva e volta para Maceió sob pressão.

O Remo abriu o placar logo na primeira chance. Erick Flores deu um drible desconcertante em Fabrício na área do CSA e serviu a Renan Gorne, que só teve o trabalho de empurrar para a rede, aos oito minutos. Aos 14, Gabriel lançou para Aylon, que finalizou com perigo, mas estava impedido. Não valeu o ataque do CSA. O jogo ficou morno e só esquentou aos 31, num chute colocado de Gabriel. Assustou o goleiro do Remo. Depois, o time alagoano rondou a área paraense, mas não foi efetivo.


O Remo teve a primeira oportunidade do segundo tempo. Lucas Tocantins, que havia acabado de entrar, passou fácil por Yuri e bateu por baixo. Thiago Rodrigues defendeu com dificuldades, com as pernas, e a zaga do CSA aliviou. Depois, o Remo passou a controlar mais o jogo. O técnico do CSA mexeu no ataque, mas o time continuou com enorme dificuldade para finalizar. Aos 29, Lucas Tocantins bateu cruzado, pela esquerda, e levou perigo ao gol do CSA. Aos 36, Dudu Beberibe acertou uma cabeçada na área do Remo e obrigou Vinícius a fazer uma boa defesa. Aos 38, Fabrício, do CSA, bateu falta com veneno e deu trabalho ao goleiro do Remo.

O Remo chegou a 19 pontos e fechou a 15ª rodada da Série B na 12ª colocação. Com 18, o CSA perdeu uma posição e caiu para o 13º lugar, com cinco pontos de vantagem para a zona do rebaixamento.

O CSA volta a jogar em Maceió no próximo sábado. Às 19h, recebe o Avaí no Estádio Rei Pelé. Antes, na sexta, o Remo faz outro jogo no Estádio Baenão, em Belém, desta vez contra o Operário-PR, às 16h. (Foto: Samara Miranda)

Continue lendo

Pará

Assista o Conexão Rural deste final de semana – Dias 31 e 1ª

Publicado

em

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze