Connect with us

Bico do Papagaio

Guia da Unicef orienta municípios do Bico na garantia de Educação durante a pandemia

Publicado

em

O Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) lançaram um guia, nesta última sexta-feira (24), para apoiar estados e municípios na garantia do direito à educação durante a pandemia da Covid-19. 

Batizado de Busca Ativa Escolar em Crises e Emergência, o guia  busca auxiliar as escolas no seu planejamento de reabertura ou de readequação de ações. Uma das preocupações dos órgãos é a manutenção do processo de aprendizagem, sobretudo dos mais vulneráveis e que foram prejudicados com o fechamento das escolas. Segundo o Unicef, cerca de 35 milhões de crianças e jovens foram afetados. 

De acordo com o Unicef, para reverter o quadro é preciso ir atrás dos estudantes e tomar as medidas necessárias para que eles consigam retomar os estudos e seguir aprendendo. A estratégia foi lançada em 2017 e, agora, foi adaptada para situações de calamidade pública e emergências, como a pandemia da Covid-19. 

A entidade afirma que o fechamento das escolas impactou negativamente na aprendizagem, na nutrição, já que muitos alunos dependem da merenda escolar, e na segurança de crianças e adolescentes. Esses fatores em adição a questões econômicas contribuíram para a evasão escolar. (Com informações do Brasil 61)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

No dia que Brasil começa vacinação contra Covid-19, Bico acumula mais de 12 mil infectados

Publicado

em

Logo após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter aprovado o uso emergencial da CoronaVac, vacina contra o novo coronavírus produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, neste domingo, 17, foi aplicada a primeira dose no país.

A primeira pessoa vacinada fora dos estudos clínicos foi Mônica Calazans, de 54 anos, enfermeira, negra e moradora da zona leste da capital. Ela, que atua na linha de frente contra a Covid-19 no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, foi vacinada no fim da tarde no Instituto Butantan. Até então, as únicas pessoas do país que haviam tomado a vacina faziam parte dos testes clínicos.

A vacina chega, nove meses depois do registro do primeiro caso no Bico do Papagaio. Durante esses noves meses, a região acumula 12.010 casos de pessoas que se infectaram com o vírus Sars-Cov-2. A quantidade configura 12.4% de todos os 96.319 casos identificados no Tocantins.

188 pacientes dos 12.010 infectados morreram na região. Isso representa 1.56%. Em comparação ao número de mortes no Tocantins, os óbitos no Bico, corresponde a 14.3% dos 1.313 registrados em todo o estado.

Tocantinópolis é o município do Bico do Papagaio que mais teve moradores infectados, com 1.374, seguido de Araguatins, com 1.148 e Xambioá com 1.125.

Quanto ao número de mortes, quem lidera é Araguatins, com 31 óbitos, seguido de Tocantinópolis, com 24 e Ananás com 16.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Mulher de 84 anos é a 31ª vítima da Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde, confirmou neste sábado, 16, a 31ª morte por Covid-19, no município de Araguatins, no Bico do Papagaio.

Com a confirmação, Araguatins segue na liderança no Bico do Papagaio em quantidade de mortes, seguido de Tocantinópolis e Ananás e na sétima posição em relação ao estado, atrás de Araguaína, Palmas, Gurupi, Porto Nacional, Paraíso e Colinas.

A vítima confirmada neste sábado, morreu na terça, dia 12. Ela tinha 84 anos, era mulher e tinha diabetes e hipertensão.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Prefeitura tem novo horário de funcionamento

Publicado

em

Desde o último dia 4, a Prefeitura Municipal de Araguatins, no Bico do Papagaio, adotou um novo horário de atendimento ao público e serviços internos.

O atendimento ao público fico estabelecido como sendo das 7h30 às 11h30 e o serviço interno das 13h30 às 17h.

Deverão funcionar normalmente as unidades das Secretarias ou autarquias que exercem regime de plantão.

OBS: A matéria foi alterada após o Decreto ser corrigido. O anterior havia um erro de digitação do horário.

Continue lendo
publicidade Bronze