Connect with us

Bico do Papagaio

Hoje é o “Dia D” de vacinação contra o sarampo. Todos os municípios do Bico estão envolvidos

Publicado

em

Neste sábado, 19, postos de saúde de todo o Bico do Papagaio e no Brasil, estão abertos para o chamado “Dia D de Vacinação contra o Sarampo”. A data é uma mobilização para estimular pessoas a se imunizar contra o vírus, cujos casos vêm crescendo no país nos últimos meses.

O “Dia D” faz parte da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, lançada em 7 de outubro pelo Ministério da Saúde, em parceria com secretarias estaduais e municipais voltadas à área.

A mobilização nacional de hoje faz parte da primeira fase da Campanha, que vai até 25 de outubro e é voltada a crianças com idades entre seis meses e 4 anos, 11 meses e 29 dias. Os bebês de até 1 ano apresentam coeficiente de incidência da doença de 92,3 a cada 100 mil habitantes, 12 vezes maior do que as demais faixas.

Programada para 18 a 30 de novembro, a segunda etapa terá foco será em pessoas de 20 a 29 anos. Essa faixa abarca a maioria do número de casos confirmados da doença, com 1.694, embora com incidência menor (13,2 casos a cada 100 mil habitantes), por causa da quantidade de brasileiros com essas idades.

Devem ser vacinados os bebês de seis meses a 1 ano, que tomarão a chamada “dose 0”. As crianças de 1 a 5 anos devem receber duas doses, uma aos 12 meses e outra aos 15 meses. Em caso de aplicação de apenas uma das doses, é preciso se dirigir aos postos para realizar o complemento da segunda dose.

CSegundo o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde sobre sarampo, de janeiro até outubro deste ano já haviam sido confirmados 6.640 casos e seis mortes. De 7 de julho a 29 de setembro, foram confirmados 5.404 casos. Um total de 22.564 suspeitas ainda estão em investigação. Outras 7.554 foram descartadas. O período concentrou 81% dos casos confirmados neste ano.

Esses episódios ocorreram em 19 Unidades da Federação, sendo a quase totalidade em São Paulo, com 5.228 casos (96,74%) em 173 cidades, principalmente na Região Metropolitana da capital paulista. Em seguida vêm Paraná (39 casos, em 10 cidades), Rio de Janeiro (28, em 9 municípios), Minas Gerais (25, em 8 localidades) e Pernambuco (24, em 8 cidades).

Sobre a doença

Causado por um vírus, o sarampo é uma doença infecciosa grave, que pode levar à morte. A transmissão ocorre por via aérea, ou seja, quando a pessoa infectada tosse, fala ou respira próximo de outras pessoas.

Mesmo quando o paciente não vai a óbito, há possibilidade de a infecção ocasionar sequelas irreversíveis. Quando a doença ocorre na infância, o doente pode desenvolver pneumonia, encefalite aguda e otite média aguda, que pode gerar perda auditiva permanente.

Os sintomas do sarampo são febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, coriza (nariz escorrendo ou entupido) e mal-estar intenso. Quando o quadro completa de três a cinco dias, podem aparecer manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas do paciente.

Feita por meio da vacinação, a prevenção ao sarampo é fundamental, já que não há tratamento para a doença. O tipo da vacina varia conforme a idade da pessoa e a situação epidemiológica da região onde vive, ou seja, é necessário levar em conta a incidência da doença no local. Quando há um surto, por exemplo, a dose aplicada pode ser do tipo dupla viral, que protege contra sarampo e rubéola.

Há, ainda, as variedades tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela, mais conhecida como catapora). As vacinas estão disponíveis em unidades públicas e privadas de vacinação. Segundo o Ministério da Saúde, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece doses gratuitamente, em mais de 36 mil salas de vacinação, em postos de saúde de todo o Brasil.

O governo brasileiro recomenda que pessoas na faixa entre 12 meses e 29 anos de idade recebam duas doses da vacina. Para a população com idade entre 30 a 49 anos, a indicação é de uma dose.

Recentemente, o Brasil perdeu o certificado de eliminação da doença. Na semana passada, passaram a apresentar semelhante condição quatro países da Europa: Reino Unido, Grécia, República Tcheca e Albânia. De acordo com o Ministério da Saúde, no primeiro semestre deste ano, Cazaquistão, Geórgia, Rússia e Ucrânia concentraram 78% dos casos registrados na Europa

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Prefeitura faz recuperação de trecho do córrego Brejo

Publicado

em

Por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, uma ação emergencial foi realizada para corrigir o crime ambiental contra o córrego Brejo, que corta parte da cidade de Araguatins, no Bico do Papagaio.

Nas última semana, uma pessoas, ainda não identificada, jogou no córrego, resíduos de aterro misturado com gesso, no final da Rua Vicente Bernardinho, onde a via termina, por conta do córrego. A intenção seria facilitara o acesso aos bairros Três Poderes e Buriti. Toda ação foi feita sem autorização dos órgãos competentes.

Agora, a ação emergencial da Prefeitura recuperou o local.

Prefeitura e Naturatins não informaram que haverá punição ao responsável pela prática delituosa.

Imagem da agressão ambiental, agora corrigida pela Prefeitura
Continue lendo

Bico do Papagaio

Diretorias de Ensino do Bico promovem formação para professores do ensino médio

Publicado

em

Dando continuidade à retomada gradual das atividades não presenciais na rede estadual de ensino, a Secretaria da Educação, Juventude e Esportes do Tocantins (Seduc) promove a segunda etapa da formação para os professores da 1ª e 2ª série do ensino médio, da qual também participam coordenadores pedagógicos, diretores escolares, além de supervisores e assessores das 13 Diretorias Regionais de Educação (DREs).

A formação, que teve início nessa segunda, 3, e prossegue até sexta-feira,7, atenderá à 3,5 mil professores lotados nas 291 unidades escolares que ofertam esta modalidade de ensino. Como medida de segurança, o encontro será on-line, por meio da ferramenta google meet, em salas virtuais com capacidade para 250 profissionais. Na pauta, estão previstas a apresentação da proposta de retomada das aulas, orientação sobre as rotinas pedagógicas, além do planejamento dos roteiros de estudos.

“A formação tem ainda o intuito de estreitar os laços com os professores e demais profissionais das escolas. A programação foi organizada de forma que possamos levar a eles o nosso planejamento, cuidando para que todos tenham as informações necessárias para que o retorno das aulas não presenciais ocorra de forma segura para estudantes e professores”, enfatiza a titular da Seduc, Adriana Aguiar.

Aulas não presenciais

A retomada gradual do ano letivo na rede estadual teve início no dia 29 de junho, com o ensino não presencial para os alunos da 3ª série do ensino médio. As aulas para os estudantes da 1ª e 2ª série do ensino médio está prevista para o dia 10 de agosto.

A proposta de retomada traz cinco pilares: a segurança dos profissionais da educação e dos estudantes; o respeito à diversidade da comunidade escolar do Estado; a garantia de que os estudantes da rede estadual não percam o ano letivo de 2020; a segurança que o ano de 2021 não seja comprometido em decorrência do ano de 2020; e ainda assegura a conclusão do ensino médio para os alunos da 3ª série do ensino durante o calendário civil de 2020.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Confira as vagas de emprego no Sine para esta terça, 4

Publicado

em

SINE – ARAGUATINS
Rua 13 de outubro, n° 1073, Centro.
Fone: 3474-3003 / 1100
CEP: 77.950-000 – Araguatins – TO

Veja as vagas de emprego em outras cidades do estado clicando AQUI

Continue lendo
publicidade