Connect with us

Tocantins

Hospitais do TO realizam mutirões cirúrgicos neste fim de semana

Publicado

em

Mutirão do Opera Tocantins beneficia 26 pacientes que aguardavam por procedimentos eletivos – Nielcem Fernandes

Os hospitais Geral de Palmas (HGP) e de Referência de Miracema (HRM) realizaram nesse sábado, 26, mutirões cirúrgicos com 26 pacientes que aguardavam na lista de espera por procedimentos eletivos. Os pacientes foram atendidos com cirurgias de colecistectomias (retirada cirúrgica da vesícula biliar), videolaparoscópicas (feitas por meio de pequenas incisões no corpo), hérnias inguinais, hérnias umbilicais e laqueadura tubária.

A iniciativa faz parte do Programa Opera Tocantins, criado pela Lei Nº 3.369/18, que consiste numa estratégia para dar agilidade na realização das cirurgias eletivas em todo o Estado. A ação contempla também os trabalhadores que atuam na realização do procedimento cirúrgico eletivo em horários que não coincidam com o cumprimento de sua jornada ordinária ou extraordinária, podendo o profissional atuar aos sábados, domingos, feriados, dias de ponto facultativo e durante a semana, inclusive em período noturno e madrugada.

“É a segunda vez que realizamos o mutirão “Corujão CAD” neste mês de outubro, e é uma satisfação poder beneficiar mais de 20 pacientes que aguardavam na fila de espera por este tipo de procedimento, além de ofertar uma assistência de qualidade aos usuários do SUS,” destacou o diretor geral do HGP, Leonardo Toledo.

De acordo com o cirurgião, coordenador do Serviço de Cirurgia do Aparelho Digestivo do HGP, Itágores Hoffman, para que a ação ocorra, uma equipe especializada é mobilizada,  em busca de diminuir a demanda de pacientes que aguardam por este tipo de cirurgia e são usados equipamentos de laparoscopia, que causam menos incômodo no pós-operatório e garantem uma recuperação mais rápida ao paciente.

Segundo a diretora geral do HRM, Penha Bandeira, neste segundo mutirão de cirurgias eletivas do mês, foram contempladas seis mulheres que aguardavam pela cirurgia de laqueadura tubária. O terceiro mutirão ocorrerá nesta terça-feira, 29, com nove procedimentos cirúrgicos da urologia.  “Estamos trabalhando para transformar este hospital em um centro de referência para cirurgias eletivas de média complexidade”, frisou.

O paciente Wanderson Gabriel Pereira da Silva estava aguardando a cirurgia de hérnia umbilical há quatro anos. “Estou ansioso, mas ao mesmo tempo tranqüilo com a cirurgia; achei uma boa iniciativa esses mutirões, pois temos que valorizar as boas ações do Governo”.

Ouvidoria

O Hospital Regional de Alvorada recebeu reconhecimento, por meio da ouvidoria da Secretaria de Estado da Saúde, pelos serviços realizados. Artemiza Vieira Soares elogiou o atendimento, dedicação e carinho que os profissionais do hospital prestaram a sua mãe Angêla Maria, que passou por um procedimento cirúrgico de vesícula, na última quarta-feira, 23. “Nunca tinha visto um atendimento tão maravilhoso pelo SUS, desde a recepção até a equipe médica que realizou o procedimento cirúrgico na minha mãe”, relatou Artemiza. (Ellayne Czury)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Tocantins chega nesta sexta dia 29 a 70 mortes e 1.129 pacientes com Covid-19 recuperados

Publicado

em

A atualização do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado (SES), divulgado no começa da tarde desta sexta, 29, mostra que no Tocantins, até este momento são 3.611 pessoas que contraíram a Covid-19.

O total de curados é 1.129 pacientes, representando 31,2% do total. 70 pacientes foram a óbito. O índice de letalidade da doença no Tocantins sé de 1,9%.

Araguaína segue liderando os casos por municípios, com 1.517. Palmas vem em seguida com 532 e Xambioá em terceiro com 128.

Continue lendo

Tocantins

Agrotins 2020 100% Digital encerra programação nesta sexta, 29. Assista AQUI

Publicado

em

Continue lendo

Tocantins

Carlesse prorroga suspensão das aulas e jornada reduzida para servidores no Tocantins

Publicado

em

As atividades educacionais na forma presencial permanecerão suspensas em todo o Tocantins até dia 30 de junho, assim como a manutenção da jornada de trabalho de 6 horas para os servidores públicos. A prorrogação do prazo consta no Decreto 6.099, assinado pelo governador do Tocantins Mauro Carlesse, que será publicado na edição do Diário Oficial do Estado (DOE), desta quinta-feira, 28.

“Estamos vivendo um momento sem precedentes. Um vírus muito dinâmico que requer a revisão de nossas ações quase que diariamente. Nossa preocupação maior é com a população, no sentido de evitar aglomerações para que esse vírus não se propague ainda mais, levando mais pessoas a adoecerem e aí colapsar a rede de saúde”, afirma o governador Mauro Carlesse.

A suspensão das aulas na forma presencial abrange tantas instituições da rede pública quanto privada, da educação básica ao ensino superior.

Continua fixado, o horário das 8 às 14 horas, ou seja, 6 horas diárias, a jornada de trabalho nas unidades da administração pública direta e indireta do Poder Executivo Estadual. Cabendo aos dirigentes dos órgãos públicos organizar jornada laboral alternativa, no turno da tarde, das 14 às 20 horas, a fim de se evitar a aglomeração de pessoas.

O trabalho home office é assegurado aos seguintes servidores: idosos com idade igual ou superior a 60 anos; gestantes e lactantes; aqueles que mantenham sob sua guarda criança menor de um ano; portadores de doenças respiratórias crônicas, cardiopatias, diabetes, hipertensão ou outras afecções que deprimam o sistema imunológico.

O governador Mauro Carlesse reforça a necessidade de cada pessoa adotar medidas de prevenção à Covid-19. “Enquanto ente público, nós adotamos medidas como a desinfecção de locais públicos onde tem maior aglomeração em várias cidades para dar uma segurança maior à população. Mas o uso de máscaras é indispensável para qualquer pessoa quando for sair à rua, lavar bem as mãos com frequência, quando não for possível, usar o álcool em gel. É importante ter esse cuidado consigo mesmo e com seus familiares, e se tiver qualquer sintoma procure o serviço de saúde para o devido acompanhamento”, conclui.  (Vania Machado)

Continue lendo
publicidade