Connect with us

Pará

Hospital Regional inicia Semana de Prevenção de Acidentes em Marabá

Publicado

em

Com palestras voltadas para os colaboradores, começou na tarde desta segunda-feira, 9, a 6ª Sipat – Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho – do Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, sob a gestão da Pró-Saúde ABASH. O tema da campanha, que este ano prevê atividades voltadas também para o público externo, é “Eu faço parte da maior torcida do mundo: Segurança Brasil”.

Nesta terça-feira, 10, à 9 horas, será realizada a palestra “Riscos biológicos/Meios de Prevenção”, com o engenheiro de segurança e higienista ocupacional, Guidoval Girard.

Uma ação no terminal rodoviário do Km 6, com orientação aos viajantes e trabalhadores do local sobre DSTs, faz parte da programação desta quarta-feira, 11. Também haverá distribuição de preservativos e realização de testes rápidos, aferição de pressão e tipagem sanguínea. A atividade externa será feita por uma equipe composta de enfermeiro, técnico de enfermagem e cipeiros, colaboradores que integram a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) do Hospital Regional, com apoio de alunos do curso técnico em enfermagem do Iepa – Instituto de Educação Politécnico da Amazônia.

Na quinta-feira, 12, haverá palestra sobre “Saúde Ocupacional”, com a terapeuta ocupacional e da mão Sarah Santos. Em seguida acontece ginástica laboral, com a acadêmica de Fisioterapia Caroline Nogueira; no mesmo dia haverá uma palestra sobre “Reciclagem de Materiais”, ministrada pela empresa JBS, parceira do evento.

No encerramento da Sipat, na sexta-feira, 13, haverá palestra sobre problemas cardiovasculares com o cardiologista David Tozetto, perguntas e respostas relacionadas à segurança e meio ambiente e distribuição de brindes,além de desfile de EPIs – Equipamentos de Proteção Individual, por colaboradores do HRSP.

O diretor de Apoio do Hospital Regional, José Batista Luz Neto, explica que a Semana Interna de Prevenção de acidentes tem reflexos no atendimento aos pacientes: “O evento é para o colaborador, mas obviamente nossa atividade fim é o paciente”, acrescenta. “Quando a gente treina, coloca normas e impõe o momento em que o colaborador deve ter determinada conduta ou seguir determinado procedimento, sem dúvida nenhuma a gente está visando a melhoria, o mais rápido possível, do paciente. O funcionário que não se acidenta, que cumpre as normas, também está preocupado com quem ele está cuidando. Se ele se cuida, ele pode cuidar de outra pessoa”, argumenta.

Ainda de acordo com José Neto, eventos como a Sipat fazem parte de uma série de investimentos em qualificação. A Sipat é organizada pelos colaboradores do HRSP que atuam na CIPA e também no SESMT – Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho. Os parceiros da Sipat são o frigorífico JBS, a Ecosil Comércio de Peças e o Iepa.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

Homem e dois adolescentes foram encontrados baleados dentro de ônibus no interior do Pará

Publicado

em

Um homem e dois adolescentes foram baleados com vários tiros e amordaçados dentro de um ônibus no residencial Goiânia em Capitão Poço, nordeste do Pará.

Um dos adolescentes morreu no local com tiro na cabeça e os outros dois ficaram gravemente feridos.

As vítimas foram encontradas por moradores no ônibus abandonado em área de mata, por volta das 10h30. As pessoas chegaram a entrar no veículo e fizeram imagens.

A Polícia Militar chegou às 15h30 no local, nas proximidades de um ginásio de esportes. Segundo a PM, ninguém no local soube dar informações sobre o caso, “imperando a lei do silêncio”.

As vítimas foram identificadas como Reinaldo Brito da Silva, de 23 anos, e os adolescentes A. C. V. C. e E.S.V. Dois deles foram transferidos para Belém.

Em nota, a Polícia Civil informou que, durante as buscas no ônibus, foram encontradas cápsulas de armas de fogo e que o caso está sendo investigado pela polícia local, com apoio da Coordenadoria de Operações Especiais, Diretoria de Polícia Especializada, Diretoria de Polícia do Interior e da Superintendência da 6º Região Integrada de Segurança Pública (RISP) Caeté.

Até então, a motivação e a autoria do crime ainda não foram confirmadas.

Continue lendo

Pará

SÃO DOMINGOS DO ARAGUAIA: Colisão entre caminhão e carreta deixa homem carbonizado na Transamazônica

Publicado

em

Um grave acidente entre caminhão baú e uma carreta foi registrada nesta segunda-feira (18), na rodovia Transamazônica (BR-230), em São Domingos do Araguaia, sudeste do Pará. Uma pessoa ficou presa nas ferragens e outra morreu carbonizada.

A carreta ultrapassou o corrimão de proteção e o condutor ficou preso nas ferragens. Ele foi retirado com vida e encaminhado para o Hospital Regional de Marabá.

O caminhão baú entrou em combustão e um dos passageiros teve o corpo carbonizado e morreu no local. O motorista do caminhão sofreu ferimentos leves e foi conduzido pelo SAMU a uma unidade de saúde da região.

Continue lendo

Pará

Vacinação contra Covid-19 começa no Pará

Publicado

em

A enfermeira Shirley Cuimar Cruz Maia de 39 anos foi a primeira paraense vacinada contra a Covid-19 em Belém. Em seguida, a técnica de enfermagem Marielza da Silva Monteiro, 57 anos, também recebeu a primeira dose da CoronaVac. As duas imunizadas atuam na linha de frente no combate a pandemia, no Hospital de Campanha de Belém.

A cerimônia simbólica que marcou o início da vacinação contra o coronavírus aconteceu na manhã desta terça-feira (19), no Hangar, Centro de Convenções, mesmo lugar onde funciona o hospital de campanha da capital. O ato foi acompanhado pelo governador do Pará, Helder Barbalho e pelos prefeitos de Belém, Edmilson Rodrigues, e de Ananindeua, Dr. Daniel.

Durante a cerimônia também foi realizada a primeira imunização do município de Ananindeua, região metropolitana de Belém. O enfermeiro João Bernardo, 37 anos, que trabalha no combate a pandemia foi o terceiro a receber a vacina.

As 173 mil doses de vacina devem imunizar cerca de 86 mil pessoas no Pará. De acordo com Helder, o carregamento que já está no estado precisam garantir as duas doses que cada pessoa imunizada.

Continue lendo
publicidade Bronze