O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está realizando nos meses de setembro e outubro em cada município do estado, as Reuniões de Planejamento e Acompanhamento do Censo Demográfico 2020 (REPACs).

Através dessas reuniões é apresentada a operação do Censo Demográfico 2020 para autoridades e representantes de instituições municipais. Cada participante das reuniões se habilita para acompanhar a operação censitária colaborando e monitorando cada etapa, com vistas à garantia da qualidade da cobertura da operação.

O Censo Demográfico 2020 vai atualizar o retrato da população brasileira nos aspectos de características de composição da família, cor, escolaridade, trabalho e renda, além de levantar informações sobre as características do domicílio e do acesso os bens de consumo e tecnológicos.

Essas informações são essenciais para o planejamento público desde as políticas municipais às federais e servem de informação para orientar o investimento privado em todo o país.

Considerando, pois, a importância das informações censitárias para o planejamento em geral, é importantíssimo que as populações municipais abram as portas ao recenseador do IBGE e não omita qualquer informação que possa comprometer o conjunto de informações do município.

Cumpre assinalar que as informações coletadas pelo IBGE não são divulgadas individualmente e têm finalidade estritamente estatística.

A área censitária sediada em Araguatins inclui 21 municípios, desde Esperantina, ao norte, até Palmeiras do Tocantins, ao sul. Nesta área, estima-se, para o final da coleta, uma população de 195.029 habitantes, numa cobertura que envolverá visitas a aproximadamente 50.726 domicílios.

O quadro de pessoal para a realização da operação na área de jurisdição de Araguatins distribui-se em 03 coordenadores censitários de subárea (CCS), 150 recenseadores, 16 agentes censitários supervisores (ACS) e 16 agentes censitários municipais (ACM). (Ascom)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.