Connect with us

Maranhão

IMPERATRIZ: Aos 13 anos, Rayssa Leal ganha prata do skate e se torna a mais jovem medalhista olímpica do esporte brasileiro

Publicado

em

A imperatrizense Rayssa Leal fez história só ao entrar na pista em Tóquio ao se tornar a mais jovem da história a representar o Brasil em Jogos Olímpicos. Mas isso não bastava para a maranhense de 13 anos, ela queria mais. Depois das eliminações das experientes Pamela Rosa e Letícia Bufoni, a garota era a única esperança do país na final olímpica do skate street feminino. E ela não decepcionou e conquistou a medalha de prata para o Brasil.

Com a conquista da medalha de prata, Rayssa Leal quebrou mais um recorde. Ela superou Rosangela Santos, que era a mais jovem medalhista da história do país ao ganhar o bronze em Pequim-2008 no revezamento 4×100 do atletismo aos 17 anos. “Não caiu a ficha ainda de poder representar bem o Brasil e ser a mais nova a ganhar uma medalha. Eu estou muito feliz e esse dia vai ficar marcado na história”, afirmou Rayssa.

Faltou pouco para Rayssa Leal superar também o recorde de Gabriel Jesus, medalhista de ouro mais jovem da história ao ganhar o futebol masculino da Rio-2016 com 19 anos e três meses. Na final, a skatista liderou a competição até a penúltima rodada, quando foi ultrapassada por Momiji Nishya, do Japão.


Apesar da juventude, Rayssa Leal em nenhum momento sentiu a pressão de estar disputando uma competição olímpica. Muito pelo contrário! Parecia que ela estava andando de skate para brincar. “Eu tenho ao máximo me divertir porque eu tenho certeza que se divertindo as coisas fluem e acontecem naturalmente. Então, tem hora que eu danço, que é muito engraçado. Senão me engano, ontem a gente fez um tik tok, ficamos dançando, se divertindo e eu tento o máximo ficar mais leve e não pegar toda essa pressão”, explica.

A medalhista de ouro tem também de 13 anos, mas é cinco meses mais velha do que a brasileira. Na classificação final, ela somou 15,26 pontos, 0,62 a mais do que Rayssa Leal. Em terceiro lugar, Funa Nakayama, de 16, completou a dobradinha japonesa no pódio com 14,49.

Os melhores desempenhos foram das japonesas Funa Nakayama e Momiji Nishiya, que fizeram 15,77 e 15,40. Apenas as duas terminaram a frente de Rayssa Leal, que ficou em terceiro. A holandesa Roos Zwetsloot ficou com a quarta vaga para a final, enquanto Aori Nishimura, do Japão, última campeã mundial, terminou em quinto. Completam a lista de classificadas: Wenhui Zeng, da China, Margielyn Didal, das Filipinas, e Alexis Sablone, dos Estados Unidos.

Mais experientes da equipe brasileira, Pamela Rosa e Letícia Bufoni tiveram desempenho abaixo do que era esperado. A maior nota de Pamela foi um 3,57, mas ela não teve a regularidade necessária para avançar. Já Letícia não passou de um 2,90, mas ainda assim terminou a frente da compatriota. (Site Olímpiada Todo Dia / Foto: Wander Roberto/COB)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

A “prostituição” política no Maranhão

Publicado

em

A sucessão eleitoral no estado do Maranhão, principalmente no meio daqueles que giram no entorno do Palácio dos Leões, parece uma novela mexicana de final de tarde.

A promiscuidade começa pelo próprio governador Flávio Dino, que sempre viveu debaixo do teto partidário do PCdoB, mas que resolveu migrar para o PSB, que tomou o lugar dos comunistas como “anexo” petista. Dino passou quase 4 anos criticando e acusando Bolsonaro de crimes e de corrupção, mas apoia Lula, acusado das mesmas atrocidades.  Ou seja, o governador é adepto da filosofia do “bandido bom é o meu”.

Já o senador Weverton Rocha (PDT), possou feliz, alegre e sorridente, como um debutante, para uma foto ao lado de Lula, em uma visita que fez nesta quarta, 26, ao ex-presidente. O senador é outro daqueles políticos que dão péssimos exemplos, e segue como aluno de Dino. Passou quase 4 anos criticando Bolsonaro, mas segue Lula. A situação de Weverton é ainda pior, porque diferente de Dino, que buscou se filiar em uma legenda já subserviente ao PT, o atual senador permaneceu em partido, que tem candidatura própria a presidente e prega contra as irregularidades petistas.

Um estado liderado por políticos que praticam a devassidão partidária, dificilmente sairá da pobreza e atraso.

Continue lendo

Maranhão

AÇAILÂNDIA: Construção de anel viário e aeroporto entra em pauta

Publicado

em

Nesta segunda-feira, 24, representantes da empresa Suzano e da Prefeitura de Açailândia, nas pessoas do secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Claudenir Viegas; o assessor especial de projetos, Adriano Oliveira e o prefeito, Aluísio Sousa, discutiram projetos estruturantes para o município.

Na ocasião, foram retomadas as discussões sobre a  viabilidade da construção do anel viário, envolvendo Estado, Prefeitura e Empresas. Ficou definido que será realizada uma nova análise dos dados já produzidos e uma nova rodada de conversa. Também foi tratado sobre a instalação do aeroporto, onde já foi realizada uma análise nas áreas possíveis para sua construção.

Continue lendo

Maranhão

Onça-pintada é morta e exibida em cidade do interior do Maranhão

Publicado

em

Uma onça-pintada foi encontrada morta nesse domingo (23), na zona rural de Lago da Pedra, cidade localizada a 307 km de São Luís. A Polícia Civil investiga o caso.

De acordo com a polícia, um homem suspeito de ter matado o animal foi identificado, mas até o momento, não foi localizado. O suspeito foi rastreado por meio da identificação do veículo que foi usado para transportar a onça-pintada.

Em nota, a Polícia Civil informou que uma intimação foi entregue e o suspeito tem até às 15h, desta segunda-feira (24), para se apresentar na Delegacia de Lago da Pedra. Segundo a Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98), é proibido matar, perseguir, caçar e apanhar animais silvestres, sob pena de detenção de seis meses a um ano e o pagamento de uma multa.

A onça-pintada está na lista dos animais que estão em extinção segundo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze