Connect with us

Maranhão

IMPERATRIZ: Câmara aprova Título de Cidadão Imperatrizense ao presidente Bolsonaro

Publicado

em

Nesta quarta, 19 de maio, foi apresentado e colocado em votação Projeto de Decreto legislativo Nº 01/2021 que outorga o título de cidadão imperatriense ao Presidente Jair Messias Bolsonaro pela parceria em investimentos feitos na cidade através de obras como aretomada dos serviços da duplicação da BR-010, novo Panelódromo e Shopping da Cidade na Praça Tiradentes, a Central de Abastecimento e Alimentos (CEASA), bem como a disponibilização de vários quilômetros de asfalto por diversos bairros da cidade.  Proposição foi apresentada por Ricardo Seidel (PSD). 

O vereador justificou a propositura como um gesto de reconhecimento. Pediu que fossem deixadas de lado as questões partidárias e ideológicas, destacando que é inegável o que foi feito em Imperatriz nos últimos dois anos.  


“Vendedores ambulantes e vendedores de comida popular agora tem um lugar próprio, como em toda grande cidade comercial. Muitos Quilômetros de asfalto no Conjunto Vitória, no Planalto e a CEASA que está sendo construída e vai melhorar muito a realidade da nossa região no abastecimento. Em Imperatriz também diminuiu a quantidade de usuários de drogas nas ruas e isso se deve as comunidades terapêuticas da cidade que acolhem mais de 600 pessoas, e essas instituições recebem subsídios do governo federal para recuperar usuários de drogas”. 

Alex Alves (PL), declarou que toda autoridade é constituída por Deus e o presidente é a maior autoridade do país, independente de direita, esquerda ou centro, e o princípio de honrar lideranças e governantes é um dever de todos. 

Chiquim da Diferro (DEM), disse que somente através do presidente o país não foi destruído, pois estados e municípios foram muito bem servidos com recursos enviados por ele, e que muitos títulos de cidadania foram votados por gente que nunca fez nada por Imperatriz ou pela região e que diferente de outros presidentes não foi até agora denunciado por corrupção, além de ter enviado mais de R$ 1 bilhão para o Governo do Estado e mais de R$ 30 milhões para o município.  

Os vereadores Aurélio Gomes (PT), Manchinha (PSB), Bebé Taxista (AVANTE) e Carlos Hermes (PCdoB) se posicionaram contra, declarando que o presidente é contra a vida, dificultou a compra de vacinas, prega aglomeração e que quer matar o povo. Está sendo investigado por CPI e que usa questões ideológicas para tomar decisões. Lamentaram a entrega do título de cidadania, o classificaram como genocida e que vem corrompendo o Congresso através de um orçamento paralelo. Para eles nada vai mudar na vida do imperatrizense. 

O parlamento entende que mesmo sem afinidade, não sendo apoiador ou partidário, quem é representante popular, deve apoiar o presidente pois é a maior autoridade do país e deve sim ser homenageado pela casa. Não se pode colocar culpa das mais de 400 mortes como fardo somente nas costas do governo federal, visto que o STF deu autonomia para governadores e prefeitos agirem como achassem melhor no combate ao coronavírus. 

O presidente foi eleito democraticamente e cada vereador vota de acordo com seus entendimentos.  

Alberto Sousa (PDT), finalizou explicando que não se pode dividir as coisas só como esquerda, direita e que desde 2009 quando começou a caminhar na política, viu centenas de pessoas que nada fizeram e sequer deram atenção a honraria, mas receberem títulos de cidadania da Casa. 

“Devemos respeitar acima de tudo a democracia e o colega que propôs o título, que também já votou em indicados pelos que são contra. Não podemos envolver crenças, ideologias e cores nisto. É apenas um título de cidadania. As autoridades constituídas devem ser respeitadas”, finalizou. 

VOTAÇÃO 

A favor: Terezinha Soares, Adhemar Freitas Jr, Chiquim da Diferro, Renê Sousa, Fábio Hernandez, Rogério Avelino, Jhony Pan, Berson do Posto, Ricardo Seidel, Rubinho Lima, Pimentel, Cláudia Batista, Alex Silva, João Silva e Alberto Sousa 

Contra: Aurélio Gomes, Carlos Hermes, Manchinha e Bebé Taxista 

Ausentes: Flamarion e Zesiel Ribeiro 

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Carreata abre programação de combate ao trabalho infantil

Publicado

em

O Dia Mundial de Combate à Exploração do Trabalho Infantil em Imperatriz foi marcado por carreata realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, na manhã de sábado,12. As avenidas Getúlio Vargas, Dorgival Pinheiro, Santa Tereza, entre outras ruas do centro da cidade, compuseram o percurso. Participaram do momento todos os órgãos da Rede de proteção à criança e ao adolescente como Conselho Tutelar, programas da Sedes, CMDCA e outros. Ao final, foi entregue café individual aos participantes. As atividades não se limitam apenas ao dia 12, mas seguem até o próximo dia 30 e alcançam também a zona rural da cidade.

A data foi instituída pela Organização Internacional do Trabalho no ano de 2002, para conscientizar sociedade em geral, trabalhadores, empregadores e governos de todo o mundo contra o trabalho infantil. Janaína Ramos, secretária da Sedes, faz o alerta: “Os dados de trabalho infantil são alarmantes, sabemos que a própria pandemia tem contribuído para isso. Precisamos unir forças para combater esta prática!”.

De fato, o que apontam as manchetes de vários jornais brasileiros e órgãos de apoio à infância e adolescência, é que esta exploração voltou a crescer no mundo. Informações do site da Unicef mostram que 160 milhões de crianças e adolescentes são vitimas da prática mundialmente. O mesmo site informa que, no Brasil, antes da pandemia, já havia mais de 1,7 milhão de crianças e adolescentes nessa situação, e até 2022 o quadro tende a piorar, potencializado com a pandemia da Covid-19.

A articuladora do Selo Unicef na Sedes, Milaelly Santos, explica que “serão realizadas neste mês, ações especiais voltadas ao combate desta prática, cujo tema deste ano é “Dignidade é dignidade, não se negocia”. Moradores da zona rural também estão incluídos no público das atividades, para que o máximo de pessoas tomem conhecimento e apoiem a causa”, disse.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Prefeitura prorroga decreto que flexibilizou atividades

Publicado

em

A Prefeitura de Imperatriz prorrogou na sexta-feira (11), a vigência do decreto nº 034 de 05 de maio, que determinou flexibilizações de atividades em Imperatriz. O documento nº 041 é válido até o dia 22 de junho de 2021, quando novas medidas serão tomadas ou novamente prorrogadas.

A redação do artigo 1º do decreto diz: “Ficam prorrogadas até o dia 26 de Junho de 2021 as medidas restritivas de prevenção ao coronavírus, já previstas no decreto nº 034 de 5 de junho de 2021”. Documento na íntegra está disponível no Diário Oficial do Município na edição de sexta-feira, 11 de junho, em: http://www.diariooficial.imperatriz.ma.gov.br/edicoes

A obrigação do uso de máscaras, bem como o distanciamento social, em qualquer situação e lugar e todos os protocolos sanitários definidos pelos órgãos competentes estão mantidos. A Prefeitura pode rever esse decreto, para medidas necessárias em decorrência de fatos supervenientes. As avalições quanto à situação dos números da Covid-19 em Imperatriz são realizadas diariamente e, se a estabilidade continuar, as restrições também serão amenizadas como sempre tem sido feito. Caso a situação seja ao contrário, as restrições aumentam também. De acordo com os últimos boletins, está existindo estabilidade em Imperatriz e por isso o prefeito Assis Ramos definiu por prorrogar por mais 11 dias o decreto anterior.

Além disso, ações de controle e verificação para cumprimento das medidas restritivas de combate à pandemia continuam. As fiscalizações são feitas dia e noite, todos os dias por órgãos da Prefeitura: Guarda Municipal, Secretaria de Trânsito, Vigilância Sanitária, Defesa Civil, Meio Ambiente, Secretaria de Governo, Polícia Militar, Sefazgo, Planejamento Urbano, entre outros.

Em caso de denúncias por aglomeração ou descumprimento das medidas sanitárias, a população pode ligar para a Guarda Municipal (99) 99120-7328; Vigilância Sanitária (99) 99138-2781; Ouvidoria (99) 99100-7184 ou no 190 da Polícia Militar. 

Continue lendo

Maranhão

PORTO FRANCO: Pequenos produtores fornecerão mandioca para produção de cerveja da AMBEV

Publicado

em

Na sexta, dia 11, representantes da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (AGERP), da AMBEV, empresa dedicada à produção de bebidas, entre as quais cervejas, refrigerantes, energéticos, sucos, chás e água, e também representantes da gestão municipal, para discutir parceria para fornecimento de mandioca da agricultura familiar para a produção de cervejas.

Ficou acertado que os produtores de mandioca de Porto Franco, devem procurar a Secretaria Municipal Agricultura, de segunda a sexta, das 08h às 12h para realizarem o cadastro.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze