A abertura da 51ª Exposição Agropecuária de Imperatriz levou uma multidão de amantes da festa as ruas da cidade neste sábado, 6. Este ano, com apoio da Prefeitura, a maior festa agropecuária da região Tocantina contou com muitas novidades.

Como de praxe, o prefeito Assis Ramos prestigiou o evento participando da 28ª edição da Cavalgada, acompanhado da primeira-dama, Janaina Ramos, e demais autoridades. E para movimentar ainda mais a cavalgada, e fazer o diferencial, a gestão municipal trouxe o trio elétrico Prime, e liberou a permanência de tendas na Dorgival Pinheiro.

As apresentações com cantores regionais iniciaram às 8h da manhã. O Dj Filipe Faustino agitou o público na concentração. Wellington Tigrão e Bharbara Dlux fizeram a festa durante o percurso. 

Para abrir os nove dias de exposição, a banda Forro de Elite e a dupla Bruno Sampaio e Josué fazem a animação na noite de sábado. A atração mais esperada do ano é o cantor Wesley Safadão, que se apresenta na quarta-feira, 10. E o encerramento, no domingo, 14, fica por conta da banda Saia Rodada, com entrada franca.

E há quem passa o ano inteiro esperando essa época, como é caso da administradora Isabel Moura, que não mediu elogios. “Com certeza a expoimp é a melhor época do ano. Amo muito cavalgada e passo o ano inteiro esperando o mês de julho para prestigiar a festa. E esse ano está muito melhor, adorei a ideia do trio elétrico durante o percurso”, diz.

Segurança reforçada, organização, ambulâncias e fiscalização marcaram a abertura da 28ª Cavalgada de Imperatriz. Durante todo o percurso as secretarias de Trânsito, Meio Ambiente, Planejamento Urbano e Defesa Civil; Polícia Militar, Vara da Infância e Juventude, e ONGs de proteção aos animais estiveram presentes para garantir a diversão e segurança dos participantes.

Para o presidente do Sinrural, Ferrari, a exposição agropecuária já é tradição na cidade, e movimenta a economia, gerando emprego e renda. “Hoje a exposição simboliza para Imperatriz uma força na economia, pois durante os dias de exposição, movimentamos não só a economia local, mas também, regional “, afirma.

Assis Ramos avalia a cavalgada. “O intuito é manter a tradição da cavalgada viva. E claro, que para isso acontecer precisamos sempre inovar, por isso a ideia de trazer um trio. O povo imperatrizense que gosta muito dessa festa, merece novidades. Graças à Deus foi uma festa muito bonita e tranquila, e ano que vem tem mais”, conclui.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.