A Prefeitura de Imperatriz economiza mais de 100 mil reais por ano com o novo sistema de contracheques online. No portal do servidor do Município, todos os servidores podem acessar seus contracheques atualizados, gerando além de uma grande economia para os cofres públicos, a preservação do meio ambiente com a impressão de menos papéis. Mediante a aquisição online desse comprovante, o funcionário pode apurar diretamente valores acrescentados ou descontados e informações do imposto de renda.

Antes da implementação do acesso pela internet, a gestão municipal realizava a impressão de uma média de 8.700 contracheques ao mês. De acordo com o titular da Secretária de Administração e Modernização, Seamo, José Antônio Silva Pereira, o contracheque online traz uma grande desburocratização do serviço administrativo. “Além de trazer economia para a administração pública, essa ação facilita principalmente a vida do servidor municipal”, declarou.

Ainda segundo o secretário, as inovações da gestão atual seguem no sentido de trazer mais transparência para as atividades da administração pública. No Portal da Transparência, disponível no site oficial da Prefeitura, qualquer cidadão pode comprovar a remuneração dos servidores, os contratos firmados, as licitações liberadas e diversas outras informações sobre a aplicação do dinheiro público. “É obrigação do agente público prestar contas para população. Então a gestão Assis Ramos faz isso de forma efetiva”, completou.

Garantido pela Constituição Federal de 1988, é direito de todo cidadão ter acesso aos dados públicos gerados e mantidos pelo governo. Para a estudante Renata Coelho, a transparência de uma gestão traz mais segurança para a população. “Facilita que a sociedade fiscalize o uso do dinheiro público e possa assim estar sempre cobrando das instâncias responsáveis o gerenciamento responsável dos recursos”, contou. (Ariel Rocha)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.