Connect with us

Maranhão

IMPERATRIZ: CPI da Saúde faz primeira diligência no Hospital Socorrão

Publicado

em

 Os vereadores Aurélio (PT), Adelino (SDD), Carlos Hermes (PCdoB), Bebé Taxista e Ditola (ambos do PEN), estiveram na manhã desta sexta (21), realizando a primeira diligência no Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão), de acordo com requerimento enviado ao executivo da Comissão Especial de Inquérito (CEI) – a chamada CPI da Saúde -, que investiga supostas irregularidades em processo de dispensa de licitação e de contratação de serviços de manutenção de equipamentos pela Secretaria Municipal de Saúde à empresa Catho Gerenciamento Técnico de Obras e Serviços.

Os membros iniciaram um cadastramento com todos os equipamentos e instrumentos cirúrgicos que dentro dos ambientes hospitalares do Socorrão recebem a manutenção da empresa Catho, seja ela preventiva ou corretiva, e as que necessitam de reparo, troca de peças, substituição ou como é a determinação dos contratos. Fizeram a identificação dos maquinários, solicitaram as notas fiscais desses serviços de manutenção e as ordens de pagamento de todas, para que se faça o comparativo de valores e identificar a necessidade ou não desse equipamento receber determinado reparo.

“Como eles sabiam que viríamos hoje, aparentemente deram uma preparada e nós sabemos que isso iria acontecer. Já identificamos os equipamentos que estão carentes de reparos que não foram feitos, mas o principal levantamento é a diferença de valores em um mesmo tipo de serviço, a disparidade entre o primeiro contrato com dispensa de licitação e o segundo com pregão presencial. Valores diferenciados para a mesma coisa”, informou o vereador Carlos Hermes.

Inicialmente será solicitado à tesouraria da secretaria municipal de saúde todas as notas fiscais e ordens de pagamento. Será feito um comparativo do que foi pago e o que foi executado para no final da análise dizer se houve superfaturamento ou desrespeito ao erário publico.

O contrato fala de ambientes hospitalares, mas muitos equipamentos não estão funcionando, como a máquina de ressonância que se encontra quebrada desde março de 2018. A Catho deveria fazer o reparo, não o fez, mas continua recebendo um valor aproximado de quarenta mil reais por mês para dar manutenção em duas impressoras que trabalham com a expedição de película de imagem. A comissão irá buscar juridicamente a responsabilização disso.

Os trabalhos eram realizados de forma ordeira e organizada, com coordenadores e auxiliares prestando os esclarecimentos, mas em determinado momento surgiu um pequeno tumulto com a chegada do procurador Geral do Município, Rodrigo do Carmo, que exigiu documentos protocolados, prazos para resposta do município e que fosse limitada a quantidade de vereadores nas alas cirúrgicas e de UTIs, fato que foi logo contornado, com os parlamentares concordando e dando continuidade nas atividades.

Em relação aos locais com restrição de acesso, os vereadores Ditola e Carlos Hermes verificaram as unidades adultas, infantis e o Centro Cirúrgico, respectivamente. No centro cirúrgico se percebe uma situação mais equilibrada em termos de equipamentos, mas existe necessidade de manutenção e reparo em alguns. “A empresa não soube apresentar o período em que esses equipamentos já haviam recebido manutenção preventiva, ou corretiva. O pagamento continua sendo feito, mas os serviços parecem não estar sendo executados a contento. Iremos saber quando recebermos as notas fiscais, as ordens de pagamento com o objeto de cada serviço e vamos fazer a análise comparativa do setor privado com a tabela SUS”, disse Hermes.

Constatações

A máquina de Raios-X encontra-se em manutenção, pois está sendo trocado o tubo e o comando. O equipamento já fez 50 mil atendimentos e existe essa necessidade. O aparelho é importado e a partir de segunda estará sendo instalado. Fios e cabos expostos chamaram a atenção dos parlamentares, mas de acordo com o Coordenador da Catho, Sr. Arcelino Brito os fios não podem ser embutidos pela necessidade de deslocamento do maquinário. Em relação à impressão de películas, foi substituída por papel, por ser mais rápido e barato.

O bloco adulto tem vinte UTIs, destas, dezenove estão ocupadas e funcionando, uma está em manutenção. De acordo com a coordenadora da UTI Leiane Carreiro, em abril de 2017 haviam somente sete leitos funcionando.

No Socorrinho são dez UTIs, existem oito ocupadas, seis normais e duas para isolamento (contaminações), duas estão sem o respirador, mas funcionando.       

Mesmo todos os membros sendo comunicados e avisados da diligência, só compareceram os que assinaram pela abertura da CPI.

“O presidente Hamilton Miranda e o relator Fábio Hernandez não compareceram, os outros integrantes a cidade toda já sabe quem são e os motivos dá ausência não sei informar, mas estaremos realizando as tarefas da comissão da mesma forma que foi aqui hoje; com coordenadores normalmente nos entendendo e de nossa parte muita cordialidade e respeito com os servidores. Fiscalizaremos o que a CPI tem que investigar que é o contrato da manutenção da Catho em todos os locais onde é de responsabilidade da empresa: Socorrão, Socorrinho, na lavanderia, no Centro de Especialização Odontológica, na UPA do Parque São José, no Complexo de Saúde pública no Parque Anhanguera, no Centro de Zoonose e em onde o contrato de manutenção estiver vigente. Vamos mostrar para cidade o que realmente está sendo feito e o que não está e se está certo ou errado”, finalizou o vereador Ditola. (Sidney Rodrigues)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Sine Municipal já realizou mais de 60 mil atendimentos em 2020

Publicado

em

No primeiro semestre, o Sine Municipal de Imperatriz registrou a marca de 67 mil atendimentos realizados na cidade. Mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus, Covid – 19, os trabalhos do órgão foram mantidos para garantir o atendimento de toda população.

Esses atendimentos dizem respeito ao encaminhamento para vagas no mercado de trabalho, convocações e seleções, entre outros serviços. Só de trabalhadores cadastros no sistema do Sine, são 49.457. Vale ressaltar que o Sine Municipal também atende pessoas de outros municípios.

O horário de funcionamento é das 8h até às 12h, de segunda-feira à sexta-feira. Para a solicitação do Seguro Desemprego, o trabalhador deve ter em mãos RG, CPF, Carteira de Trabalho e Requerimento do Seguro Desemprego (quem não possui, pode solicitar ao seu empregador).

O Sine Municipal está localizado na rua Coriolano Milhomem, sala anexa ao Estádio Frei Epifânio, no Centro.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Iluminação da nova Rua Cauamé no Parque Santa Lúcia recebe modernização

Publicado

em

Após receber obras de pavimentação em bloquetes, meios-fios e sarjetas, a Prefeitura de Imperatriz, por intermédio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Sinfra, inicia trabalho de modernização do sistema de iluminação pública da Rua Cauamé, no Parque Santa Lúcia.

Objetivo é substituir antigas luminárias de vapor de sódio pelas econômicas e eficientes lâmpadas de LED que oferecem mais luminosidade e segurança aos moradores da Rua Cauamé. “Esse trabalho é essencial à população, pois gradualmente o município tem feito à modernização do sistema de iluminação pública de ruas e avenidas de Imperatriz”, garante o secretário de Infraestrutura, Zigomar Filho.

Ele informou também que o município modernizou para LED a iluminação da movimentada Avenida das Constelações, via de acesso a faculdades, órgãos da justiça e a diversos outros bairros.

“Essa avenida foi recentemente ampliada e recapeada pela Prefeitura de Imperatriz. Além disso, recebeu nova sinalização viária com divisão de fluxo, instalação de tachões refletivos e placas de regulamentação realizada pelas equipes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes, Setran”, destacou.

A Prefeitura expandiu ainda a iluminação de LED para a Avenida Tapajós, interligando a Avenida Itaipu, no Parque Santa Lúcia. Obra beneficiada centenas de moradores com a substituição das antigas lâmpadas de vapor de sódio. 

Vila Independência

A Prefeitura de Imperatriz entregou ainda a obra de modernização do sistema de iluminação pública das ruas do Parque Independência, substituindo as antigas luminárias, passando a oferecer mais luminosidade e segurança à população. As ruas do bairro também receberam reforço da sinalização viária.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Agentes de trânsito reforçam ações de fluidez de veículos na Beira Rio

Publicado

em

Em virtude do intenso movimento de veículos durante os finais de semana no circuito da Avenida Beira Rio, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes, Setran, deslocou agentes para reforçar ações de orientações e fluidez de veículos para reduzir congestionamentos na Avenida João de Deus Fiquene.

De acordo com o coordenador de Trânsito, Raimundo Santos, o R. Santos, trabalho consiste na travessia segura de pedestres, passagens de veículos, desobstrução de via e evitar estacionamento irregular de fila dupla no circuito da Beira Rio. “Essa medida visa orientar os motoristas para evitar congestionamentos por causa do grande fluxo de pessoas que se desloca durante os fins de semana para cá”, ressaltou.

Segundo ele, a fiscalização de trânsito também é realizada com o reforço no patrulhamento em todo o entorno de ruas e avenidas do circuito da Beira Rio, como por exemplo, na Rua XV de Novembro. Objetivo é evitar o excesso de velocidade de veículos e motoristas dirigindo sob efeitos de bebida alcoólica ou drogas.

Em apoio ao cortejo religioso realizado neste domingo, 18 de outubro, na igreja Nossa Senhora Aparecida, no setor Entroncamento, agentes de trânsito deram apoio ao evento com deslocamento de viaturas para reforço da segurança viária dos fiéis durante o trajeto da procissão no bairro.

Devido à pandemia, a procissão teve que ser totalmente modificada para evitar os riscos de contaminação pela Covid-19. Porém, em ato de fé e devoção, fiéis acompanharam a procissão que saiu da igreja Nossa Senhora Aparecida, no Entroncamento.

História da padroeira do Brasil

A aparição da imagem de Nossa Senhora de Aparecida ocorreu em 1717, época das Capitanias Hereditárias. O governante das capitanias de São Paulo e Minas de Ouro estava de passagem pelo Vale do Paraíba, mais precisamente por Guaratinguetá. Animados com a visita, o povo daquela localidade resolveu fazer uma festa de boas-vindas e para isso chamaram três pescadores, Domingos Garcia, João Alves e Filipe Pedroso para lançar as redes no rio e pescar bons peixes.

O fato era que, naquela época, meados de Outubro, não era tempo de peixes. Porém, como não podiam contradizer o pedido, rezaram pela proteção e benção da Virgem Maria e de Deus para que pudessem voltar à terra firme com fartura. Depois de inúmeras tentativas sem sucesso, eis que surpreendentemente eles pescaram o corpo de uma imagem. Curiosos, lançaram novamente as redes e “pescaram” uma cabeça que se encaixou perfeitamente ao corpo. Depois deste encontro, que nos dias de hoje é representado em todo o Brasil no dia 12 de outubro emocionando os fieis, o barco se encheu tanto de peixes que ele quase virou!

Continue lendo
publicidade Bronze