- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 05 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

IMPERATRIZ: Delegado diz que ainda não dá para caracterizar “racha” em acidente na Getúlio Vargas

MARANHÃO

Mais Lidas

O grave acidente envolvendo sete veículos, que aconteceu por volta das 11h desse domingo (16), na Av. Getúlio Vargas, Centro de Imperatriz, está sendo investigado pela polícia. As investigações devem apontar se houve ou não um “racha”, entre duas mercedes, uma branca e uma preta, que eram conduzidas por como Weverson Silva de Deus e Goldman Arauche Freire Junior, e estavam andando emparelhadas na via.

Uma saveiro, conduzido por Lindomar Pereira Moraes, 48 anos, teria avançado a preferencial, sendo colhida em cheio pelas duas mercedes. O condutor da saveiro sofreu graves ferimentos, sendo socorrido e levado para o Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão). O impacto dos três veículos atingiu mais um carro e três motos que estavam estacionados.

No entanto, segundo as imagens colhidas na hora do acidente, mostram que não houve “racha”. “A polícia não conseguiu elementos para comprovar se houve um ‘racha’. Conseguimos imagens do momento do acidente, mas não dá para caracterizar um ‘racha’. Teremos que conseguir imagens anteriores a este momento (do acidente)”, ressaltou o delegado regional, Eduardo Galvão, acrescentando que os motoristas das mercedes foram submetidos ao teste do Etilômetro, o que comprovou não terem ingerido bebida alcoólica.

Sobre o acidente em si, o delegado informou que não pode antecipar nenhuma investigação, até o resultado de uma perícia técnica do Incrim. “No que tange a questão do ‘racha’, não há elementos para autuar os envolvidos em flagrantes”. Dessa forma, eles foram ouvidos e liberados ainda nesse domingo. (iMirante)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias