Connect with us

Maranhão

IMPERATRIZ: Hospital de Campanha fecha 1º quinzena de maio com quase 60% dos pacientes com alta

Publicado

em

De acordo com relatório emitido pela Direção do Hospital Municipal de Campanha, nesta segunda feira, 18, 56,5% dos pacientes que deram entrada transferidos para a unidade entre os dias 1º e 15 de maio já foram tratados e receberam alta. De 69 pacientes internados no período, 21 seguem em tratamento e 39 tiveram alta hospitalar, seguindo com sintomas leves da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus Sars-Cov-2. 

Josiane da Silva Sousa, de 38 anos, moradora do bairro Santa Rita, foi uma das pacientes atendida no Hospital de Campanha. Ela deu entrada dia 03 e recebeu alta semana passada, após 7 dias de tratamento. Por meio da sua página na rede social, enviou mensagem ao diretor da casa de saúde, Vitor Pachelle, agradecendo pelos cuidados recebidos. 

“Mandei fazer um bolo hoje para entregar no hospital pra você e sua equipe de enfermagem… como forma de gratidão por tudo que fizeram por mim. Não é um pagamento, pois nada paga o cuidado, a atenção, o carinho e a dedicação de cada um de vocês” – afirma Josiane, em parte da mensagem compartilhada na tarde de domingo, 17. 

Para Vitor, o trabalho é árduo, mas estes agradecimentos fazem ver que vale a pena todo o esforço da equipe. “Por mais que seja cansativo, é gratificante receber esse tipo de carinho dos nossos pacientes. A cada alta, é uma vitória para toda a equipe do HMC, estamos criando vínculos com esses pacientes e isso faz parte do processo de humanização, e mensagens como estas nos revigoram, nos fortalecem e evidenciam que estamos percorrendo os caminhos dos cuidados de maneira eficaz e humana”, ressaltou. 

Entregue à comunidade dia 24 de abril, o hospital foi construído em menos de um mês e conta com 49 leitos de enfermaria e 10 leitos de Unidades de Terapia Intensiva, UTI. Está localizado na Rua Ceará, esquina com São João, bairro Nova Imperatriz. Já realizou 190 exames com 1.724 análises laboratoriais.

Trabalham no Hospital de Campanha, equipes médicas intensivistas e de enfermaria, com farmacêuticos e equipe técnica de enfermagem, além de outros profissionais, devidamente capacitados de acordo com o quadro de pandemia mundial. A equipe é composta por profissionais remanejados de outros setores da saúde e secretarias, além dos concursados aprovados no último concurso da Prefeitura.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

Entrar na área de segurança da Usina Hidrelétrica de Estreito é proibido

Publicado

em

Continue lendo

Maranhão

Dino deve processar Bolsonaro que durante visita ao Maranhão, disse que teria ‘virado boiola, igual maranhense’ ao tomar Guaraná Jesus

Publicado

em

Foto reprodução twitter ThaynaraOG

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), usou as redes sociais nesta quinta-feira (29) para informar que vai processar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Durante visita ao estado, o presidente fez uma piada homofóbica envolvendo maranhenses.

“Bolsonaro veio ao Maranhão com sua habitual falta de educação e decoro. Fez piada sem graça com uma de nossas tradicionais marcas empresariais: o guaraná Jesus. E o mais grave: usou dinheiro público para propaganda política. Será processado”, escreveu o governador.

Mais cedo, Dino tinha divulgado um vídeo criticando “visitantes mal-educados”. 
“O Brasil está precisando de energia patriótica. Vamos todos, hoje à noite, comemorar essas conquistas tomando Guaraná Jesus, o guaraná do povo do Maranhão. É uma coisa boa, a gente serve aqui para os visitantes. Até aos visitantes mal-educados a gente serve”, disse.

‘Virei boiola’

Durante visita oficial ao Maranhão, o presidente fez uma piada homofóbica. Ao se encaminhar para o segundo compromisso do dia, o presidente brincou ao tomar um copo de guaraná Jesus. A bebida tem a cor rosa. “Agora eu virei boiola. Igual maranhense, é isso?”, disse. 

“Guaraná cor-de-rosa do Maranhão aí. Quem toma esse guaraná aqui vira maranhense”, brincou.

Minutos depois, o presidente insistiu na brincadeira. “Guaraná cor-de-rosa do Maranhão, f*eu, f*eu. É boiolagem, isso aqui.”

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Veja como foi a visita de Bolsonaro

Publicado

em

Por volta das 14h30, Bolsonaro participou da entrega do “Panelodrómo”, um complexo gastronômico da culinária popular em Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão. Com 3 mil metros quadrados, o espaço deve abrigar os comerciantes que vendem a “panelada”, um prato típico da região.

Ao chegar ao município, o presidente se encontrou com apoiadores na saída do aeroporto. Sem máscara, ele interagiu com o grupo e uma aglomeração se formou no local. Desde maio, o uso de máscara é obrigatório do Maranhão, segundo decreto do governo do Estado.

Ainda na cidade, Bolsonaro fez a entrega de pontos de internet ilimitada para áreas remotas da região. De acordo com o governo federal, a ação deve beneficiar 3 mil pessoas que vivem nas cidades de Balsas, Açailândia e Imperatriz.

A agenda do presidente no Maranhão, que tem a companhia dos ministros do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno; da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas; das Comunicações, Fábio Faria; do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho; e de Governo, Luiz Eduardo Ramos, terminou às 16h, quando eles retornaram à Brasília.

Continue lendo
publicidade Bronze