Connect with us

Maranhão

IMPERATRIZ: Mãe é executada na frente dos filhos

Publicado

em

A polícia ainda não efetuou a prisão dos autores da execução de Dagmar Alves de Oliveira, de 38 anos, que ocorreu na madrugada de quinta-feira (15), na cidade de Imperatriz, no sul do Maranhão. Segundo a polícia, ela foi morta a tiros na frente dos filhos, na porta da sua residência, localizada no bairro Bacuri. Quatro pessoas já foram assassinadas este mês na cidade e um total de 115 mortes violentas no decorrer deste ano, de acordo com a polícia.

O delegado regional, Eduardo Galvão, declarou que a vítima estava sentada na porta de sua casa na companhia de seus filhos quando foi abordada pelos criminosos. Ela levou três tiros na cabeça e morreu ainda no local, enquanto, os acusados fugiram em uma motocicleta Bros, de placa não identificada.

Policiais militares e os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda estiveram no local do crime. O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) dessa cidade para ser periciado e o laudo vai ser encaminhado para a Polícia Civil no decorrer desta semana.

Ainda de acordo com o delegado, há informações que a vítima teria envolvimento com o tráfico de droga nessa localidade e o caso está sendo investigado pela equipe da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoas (DHPP), que é coordenado pelo delegado Praxítiles Martins.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

Dino deve processar Bolsonaro que durante visita ao Maranhão, disse que teria ‘virado boiola, igual maranhense’ ao tomar Guaraná Jesus

Publicado

em

Foto reprodução twitter ThaynaraOG

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), usou as redes sociais nesta quinta-feira (29) para informar que vai processar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Durante visita ao estado, o presidente fez uma piada homofóbica envolvendo maranhenses.

“Bolsonaro veio ao Maranhão com sua habitual falta de educação e decoro. Fez piada sem graça com uma de nossas tradicionais marcas empresariais: o guaraná Jesus. E o mais grave: usou dinheiro público para propaganda política. Será processado”, escreveu o governador.

Mais cedo, Dino tinha divulgado um vídeo criticando “visitantes mal-educados”. 
“O Brasil está precisando de energia patriótica. Vamos todos, hoje à noite, comemorar essas conquistas tomando Guaraná Jesus, o guaraná do povo do Maranhão. É uma coisa boa, a gente serve aqui para os visitantes. Até aos visitantes mal-educados a gente serve”, disse.

‘Virei boiola’

Durante visita oficial ao Maranhão, o presidente fez uma piada homofóbica. Ao se encaminhar para o segundo compromisso do dia, o presidente brincou ao tomar um copo de guaraná Jesus. A bebida tem a cor rosa. “Agora eu virei boiola. Igual maranhense, é isso?”, disse. 

“Guaraná cor-de-rosa do Maranhão aí. Quem toma esse guaraná aqui vira maranhense”, brincou.

Minutos depois, o presidente insistiu na brincadeira. “Guaraná cor-de-rosa do Maranhão, f*eu, f*eu. É boiolagem, isso aqui.”

Continue lendo

Maranhão

Bolsonaro brinca sobre refrigerante no Maranhão, “Agora virei boiola, igual maranhense, é isso?”

Publicado

em

Após visitar as obras da BR-135, o presidente foi a um bar em Bacabeira, interior do Maranhão, e tomou um refrigerante fabricado no estado, conhecido como Guaraná Jesus. Ao tomar a bebida, de coloração rosa, o presidente deu risada e fez comentário homofóbico.

“Agora virei boiola, igual maranhense, é isso? [risos] O guaraná cor de rosa do Maranhão aí, quem toma esse guaraná vira maranhense [risos]. Guaraná cor de rosa no Maranhão… Que boiolagem isso aqui”.

O momento foi transmitido em uma live, por volta de 12h, em uma rede social do presidente.

Continue lendo

Maranhão

Bandidos explodem agência bancária no interior do Maranhão

Publicado

em

Bandidos explodiram na madrugada desta quinta-feira (29) a agência bancária do Banco do Brasil no município de São João Batista, a 178 km de São Luís.

De acordo com informações do tenente-coronel Márcio Silva, cinco motociclistas armados atuaram no ataque à agência. Entretanto, o grupo não levou nenhuma quantia em dinheiro, causando apenas danos materiais a unidade.

“Às 3h15 se ouviu a primeira explosão que houve na agência, a Polícia Militar foi acionada e cinco motociclistas fortemente armados estavam assaltando a agência do Banco do Brasil. Os assaltantes fugiram para o povoado, eles não levaram nada, só houve danos materiais” disse o tenente.

A polícia montou cerco nos acessos aos povoados próximos a região de São João Batista e faz as buscas pelos assaltantes.

Continue lendo
publicidade Bronze