Connect with us

Maranhão

IMPERATRIZ: Município e IFMA celebram convênio para projeto de preservação e recuperação de nascentes

Publicado

em

A Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semmarh), e o campus local do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Ifma), celebraram na manhã desta segunda-feira, 30, convênio de colaboração em ações de educação ambiental relativas ao desenvolvimento do projeto de preservação e recuperação de áreas de nascentes nos bairros e povoados do município. Assinatura ocorreu no Complexo Administrativo Doutor Carlos Gomes de Amorim, Rua Rafael de Almeida Ribeiro, 600, bairro São Salvador.

“É um projeto de grande importância por que são as nascentes que abastecem os riachos, córregos e cursos d’água, que por sua vez abastecem o rio Tocantins. Se não houver a proteção das nascentes, menor será a vazão de água disponível, os cursos d’água podem secar e a qualidade das águas será prejudicada, afetando todos os seres vivos que dependem dela para sobreviver”, destacou a secretária de Meio Ambiente, Rosa Arruda.  

O projeto “Nascentes de Imperatriz” visa despertar o interesse na recuperação da vegetação nativa em áreas de preservação permanente de nascentes. Para tanto, estão sendo visitadas entidades na busca de produtores interessados na preservação de nascentes em suas propriedades.

De acordo com o professor da área ambiental do Ifma, Antonio José Dias Vieira, coordenador do projeto, ação só é possível por conta da predisposição dos produtores em preservar a natureza e que espera que mais produtores que possuam nascentes no município procurem a equipe de pesquisadores.

“Nas propriedades participantes é realizado um diagnostico do status de preservação das nascentes, por meio da analise da cobertura vegetal e qualidade da água, culminando com a proposta de ações de preservação ou enriquecimento vegetal do entorno da nascente. Atualmente duas propriedades assinaram o termo de participação do projeto”, enfatizou. 

Algumas visitas já foram realizadas pelo Departamento de Educação Ambiental e Socioambiental da Semmarh em conjunto com o Ifma, em nascentes de propriedades privadas em Petrolina, Parque Santa Lúcia e Rancho Roxinol, na zona rural e urbana.

Durante os procedimentos são coletadas amostras para analises fisioquímica e microbiológica da água e de drone utilizado para a confecção de mapas utilizados para a caracterização e acompanhamento da recuperação do meio físico da área da nascente. O agente fomentador do projeto é a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf), e como executores e investidores de recursos a Prefeitura de Imperatriz; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão, Ifma, Campus Imperatriz; e Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão, UemaSul.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

ESTREITO: Orla corre risco de desmoronamento

Publicado

em

A Defesa Civil informou que há riscos de desmoronamento em partes da estrutura da Orla, na cidade de Estreito, na região Tocantina maranhense, que faz divisa com o Bico do Papagaio.

A Prefeitura solicitou que a população não ultrapasse as áreas interditadas que estão identificadas com as fitas zebradas.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Marginais estão saqueando casas alagadas

Publicado

em

Famílias da cidade de Imperatriz, na região Tocantina, sul do Maranhão, que faz divisa com o Bico do Papagaio, em São Miguel, além de passagem por sérias dificuldades por conta da enchente do Rio Tocantins, estão sendo vítimas de criminosos que estão saqueando as casas durante a madrugada.

Os marginais estão roubando telhas e fiação elétrica das residências.

A Polícia Militar de Imperatriz deflagrou a “Operação Anfibius” para caçar os delinquentes. A operação, que irá ocorrer até a normalização do nível do Rio Tocantins, com patrulhamento nas áreas alagadas com utilização de carros e lanchas.

Continue lendo

Maranhão

Técnico de enfermagem é suspeito de furtar medicamentos da rede pública no Maranhão

Publicado

em

Um técnico de enfermagem, pertencente a Rede Municipal de Saúde de Santa Luzia, a 294 km de São Luís, foi preso na tarde de domingo (16) suspeito de furtar medicamentos do hospital do município. A prisão foi realizada pela Polícia Militar (PM) após denúncia anônima.

A PM foi informada que o técnico de enfermagem, de 46 anos, que não teve a sua identidade revelada, aproveitava os plantões de fim de semana para praticar os furtos. A polícia revistou o carro do funcionário e no local foram encontrados alguns medicamentos do hospital público.

A polícia apreendeu frascos, de pelo menos, oito tipos de medicamentos. Além disso, foi encontrada uma carteira de identidade com a foto dele e o nome de outro homem. Também havia com ele um bloco de receita de controle especial, que fica sob responsabilidade do diretor do hospital e que somente o diretor deveria liberar esse documento.

Os policiais ainda apreenderam também carimbos em nome de dois médicos. O técnico de enfermagem foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Santa Inês.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze