Connect with us


Maranhão

IMPERATRIZ: PGM junto ao MPT converte verba de multa para compra de respiradores

Publicado

em

A Procuradoria Geral do Município de Imperatriz solicitou ao Ministério Público do Trabalho a conversão de multa trabalhista, que antes seria destinada a outros fins, para que fosse realizada a compra de ventiladores pulmonares. A verba originou-se de tratativas da PGM e MPT para que os valores fossem revertidos ao Fundo Municipal de Saúde, garantindo assim que a cidade tenha mais recursos para combater a pandemia do COVID-19, ainda que não hajam casos confirmados em Imperatriz.

A procuradora geral Alessandra Belfort Braga destaca que, “todos nós estamos mobilizados para que a saúde em Imperatriz consiga atender a demanda que por ventura venha ocorrer em razão do novo coronavírus. Claro que esperamos que todos façam sua parte, que todos fiquem em casa e contribuam para que essa pandemia não se instale na nossa cidade. Mas para que isso não ocorra, essas ações preventivas são de fundamental importância, principalmente para garantir que a sociedade esteja assistida se realmente vier a acontecer”.

A medida atua no auxílio ao combate do novo coronavírus e acarretou na designação da quantia de R$ 210.000, 00. O valor já foi depositado na conta do município e já iniciaram o processo de aquisição dos novos equipamentos para a rede pública municipal de saúde. A decisão do MPT ressalta que, “conforme amplamente divulgado em todos os meios de comunicação, passamos por uma crise sanitária sem precedentes nas últimas décadas, provocada pela pandemia de Covid-19, e que tem demandado a destinação de esforços físicos e financeiros especiais na intenção de combater os efeitos da pandemia”.

No entendimento do MPT, a verba que antes seria destinada para a Polícia Rodoviária Federal, e também para a aquisição pelo Município de um quadriciclo, uma moto aquática e uma carreta para seu transporte, neste momento, se faz mais necessária e prioritária na aquisição imediata de 3 ventiladores pulmonares, conforme solicitado pelo Município, tendo em vista a forma grave do COVID-19 resulta em síndrome respiratória aguda, complicação clínica que demanda a utilização compulsória de ventiladores pulmonares.

Os aparelhos respiratórios irão robustecer as Unidades de Terapia Intensiva da rede pública de saúde municipal, auxiliando o SIS no combate ao novo coronavírus na macrorregião de Imperatriz. A decisão do MPT também destaca que, “eventual valor residual seja utilizado para a aquisição de outro ventilador pulmonar, caso seja suficiente ou de equipamentos de proteção para os agentes públicos que operam a saúde municipal. Estamos nos esforçando para vir mais verbas, para auxiliar neste momento de tanta dificuldade”, conclui Alessandra Belfort Braga. ( Rafael Pestana/Foto: Patrícia Araújo)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

Governo do MA prepara novos leitos de UTI para casos graves de Covid-19

Publicado

em

O Governo do Maranhão está preparando novos leitos de UTI destinados ao atendimento exclusivo dos casos graves de infecção pelo novo coronavírus (Covid-19). O serviço será disponibilizado na capital maranhense por meio de aluguel com hospital privado que desativou parte dos serviços em 2018. A unidade, com capacidade para até 80 leitos de UTI, já conta com 30 prontos para uso e deve receber mais de mil profissionais de saúde.

Os secretários de Estado da Saúde e de Governo, Carlos Lula e Diego Galdino, respectivamente, vistoriaram a montagem dos leitos, nesta quinta-feira (26). “Embora nossas unidades disponham de leitos destinados ao cuidado de pacientes com Covid-19, essa nova estrutura garante uma linha de combate inteiramente nova para dar vazão ao dimensionamento estadual”, disse Carlos Lula. 

O novo Hospital de Cuidados Intensivos expande a capacidade da oferta de tratamento intensivo da rede pública estadual. De acordo com o secretário de governo, Diego Galdino, não foram medidos esforços para equipar o local. “A estrutura que estamos prestes a entregar mostra a preocupação que o Governo do Estado tem com a segurança dos maranhenses. Ao passo que a situação for normalizada, o estado poderá contar com mais leitos disponíveis e prontos para serem utilizados”, contou. 

Também presente na visita técnica, o presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), Marcos Grande, explicou sobre a equipe multiprofissional que será responsável pela assistência aos pacientes do novo serviço. “Serão médicos intensivistas, enfermeiros e técnicos de enfermagem com experiência em unidade de terapia intensiva. Com esse preparo, transmitimos tranquilidade a nossa população e também nos preparamos para que casos como os ocorridos em outros estados não aconteçam no Maranhão”, comentou. 

Apoio aos municípios

A gestão estadual também vai repassar aos municípios equipamentos de proteção aos profissionais que atuarão na linha de frente nas unidades de saúde de gestão municipal. Além desta doação, está prevista a aquisição de mais 10 mil kits de testagem para diagnóstico do Covid-19. Estes serão distribuídos proporcionalmente nas 18 Regiões de Saúde.

Continue lendo

Maranhão

Sobe para 14 casos de coronavírus no MA

Publicado

em

Subiu para 14 o número de casos registrados do novo coronavírus (COVID-19) no estado do Maranhão. A informação foi confirmada na noite dessa quinta-feira (26) pelo governador do Maranhão, Flávio Dino, por meio de uma rede social.

De acordo com o governador, apesar de todas as medidas preventivas adotadas no estado, os casos de pessoas infectadas vem crescendo gradativamente. “Tendência continua a ser de elevação de casos, apesar de todas as medidas preventivas que adotamos”, disse.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Médico que teve primeiro caso de coronavírus no município fala sobre caso

Publicado

em

O primeiro caso confirmado de coronavírus na cidade de Imperatriz, no sul do Maranhão, é do médico Luciano Danda. Em um vídeo postado nas redes sociais, o médico diz que fez o teste em São Paulo, mesmo sem sintomas, para saber se estava com o novo coronavírus, por ser do grupo de risco, como profissional da saúde. Mas, em seguida, viajou para Imperatriz, onde mora com a família, antes de receber o resultado do exame.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Carlos Lula, o caso do médico não vai entrar na lista de casos confirmados de coronavírus no Maranhão.

“Esse caso do médico a gente vai entrar em contado com ele hoje, para ver se ele precisa de alguma ajuda nossa. Ele é residente em São Paulo, trabalha em São Paulo e fez o teste lá. Ele viajou para Imperatriz para ficar com a família e recebeu o resultado já estando na cidade de Imperatriz. Nesse caso, o caso conta para São Paulo e não para o Maranhão. Mas a gente vai entrar em contato com ele e colocar a vigilância epidemiológica do estado à disposição, para caso ele precise de alguma coisa”, explicou Carlos Lula.

“Infelizmente vim pra cá no fim de semana, assintomático, e me ligaram ontem à noite. Eu mantive todos os cuidados como o uso de proteção individual, mesmo sendo um caso assintomático. Viajei utilizando máscara, álcool em gel e não estive compartilhando nada com ninguém. Tenho me mantido em quarentena e assim vou me manter pelos próximos 15 dias, como é orientado pelo Ministério da Saúde. Eu estou bem, como falei, assintomático”, explicou Luciano Danda, em uma postagem nas redes sociais.

Continue lendo
publicidade