Connect with us

Maranhão

IMPERATRIZ: Unidade Coronariana contabiliza 420 internações até o primeiro trimestre de 2021

Publicado

em

Inaugurada pela Secretaria Municipal de Saúde, Semus, em maio de 2019, a Unidade Coronariana (UCO) e Semi-Intensiva Cardiológica do Hospital Municipal de Imperatriz, HMI, já realizou 420 internações, em menos de dois anos. Além de salvar vidas, cumpre a função social ao contribuir com o ensino local e de cidades vizinhas, com estágio para alunos de medicina e enfermagem.

A Organização Mundial de Saúde, OMS, caracteriza as doenças cardiovasculares como a principal causa de morte no mundo, e o Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) é a principal delas. De acordo com dados do Ministério da Saúde, só no Brasil cerca de 300 mil pessoas sofrem anualmente de IAM e desses, 30% vão a óbito. Para redução dos números, a cidade conta com o Hospital Municipal de Imperatriz, referência no atendimento 24h, com um time de enfermagem e médicos para melhor atender o doente.

O infarto agudo é uma doença ocasionada pelo entupimento de uma artéria do coração (as artérias coronárias) e se caracteriza por dor no peito que caminha para o braço esquerdo e alteração no eletrocardiograma. O projeto para criação da unidade foi idealizado pelos médicos cardiologistas Saymo Carneiro e Júlio César Queiroz de França. Atualmente equipe tem cinco médicos cardiologistas: a coordenadora, Mayara Viana e Maira Regina, Saymo Carneiro,  Lidefonso Zafred Neto e Vitor Dias Neto.

A secretaria de Saúde, Mariana Jales, explica que “a unidade tem objetivo de atender pacientes que precisam de cuidados cardiológicos e semi-intensivos, com monitoramento 24h. Focada a superar expectativas, a equipe fornece um cuidado de profissionais experientes, primando pela qualidade e comprometimento com o paciente”.

Atendimentos possibilitam a utilização de drogas e medicações que fortalecem o coração, o que  permite uma recuperação acelerada e contribuiu para redução de óbitos por insuficiência cardíaca. Com a instalação da unidade, houve treinamento em Reanimação Cardiopulmonar e Eletrocardiograma dos profissionais do pronto-socorro do HMI e melhor assistência na parada cardíaca.

Para o diretor do HMI, Vitor Pachelle, “o paciente é admitido na Unidade Coronariana de acordo com avaliação médica, onde a atenção clínica é prioridade. A equipe responsável pelo setor se reúne frequentemente com a equipe assistencial, para discutir principalmente condutas diagnosticadas e terapêuticas, com objetivo de oferecer um atendimento humanizado focado na qualidade, aumentando as chances de recuperação”.

De acordo com a coordenadora da Unidade Coronariana, Mayara Viana, “após o diagnóstico, paciente é encaminhado ao cateterismo cardíaco e angioplastia, em seguida retorna onde permanece internado por 48-72h e recebe alta hospitalar”.  De acordo com ela, após a instalação da UCO e do regime de sobreaviso de médicos cardiologistas do hospital durante 24h por dia, “observamos redução de mais de 80% dos óbitos relacionados ao Infarto Agudo do Miocárdio”, relata.

Outro impacto da unidade está relacionado no atendimento especializado e cuidadoso da Insuficiência Cardíaca, IC, (falência e crescimento do coração), atualmente considerada a terceira maior causa de internação no Brasil e a principal causa do mundo, de acordo com a OMS.

A unidade é a primeira do sul do Maranhão em um hospital público e oferece 24h de assistência especializada a pacientes cardíacos com síndromes coronarianas agudas (angina instável e infarto agudo do miocárdio), parada cardíaca, insuficiência cardíaca descompensada, arritmias instáveis, síndrome aórticas agudas.

A UCO realiza também atendimentos que aspiram cuidados durante procedimentos especiais como implantes de marca-passo definitivo, angioplastias, ablação de arritmias, procedimentos de cardioversão e intervenções vasculares.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

AMARANTE: Finalizada obras do IEMA

Publicado

em

Mais duas cidades maranhenses estão prestes a receber obras importantes na área da educação. As equipes de engenharia da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) finalizaram as obras no Instituto de Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) em Santa Luzia do Paruá e Amarante do Maranhão.

Na região oeste, na cidade de Amarante, a população aguarda ansiosa pela entrega oficial do prédio. A estrutura é ampla e moderna, atendendo as necessidades da comunidade estudantil. Antes, os alunos precisavam se deslocar até Imperatriz para buscar outras alternativas para ampliar o conhecimento. Agora, com a nova infraestrutura pronta, o município de Amarante passará a oferecer vagas de ensino para as cidades e povoados vizinhos.

“Com essa unidade do IEMA chegando, muitos jovens terão aulas que Amarante nunca viu, com aulas em tempo integral e com cursos técnicos. Será um salto na educação! Eu, assim como toda a população de Amarante, estou muito ansioso por isso”, destaca o estudante Thiago Viana. 

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Estacionamento, embarque e desembarque de passageiros em trecho na Rua Sousa Lima é proibido

Publicado

em

Para melhor fluidez no trânsito, foi feita a nova sinalização da Rua Sousa Lima, no trecho das avenidas Getúlio Vargas e Dorgival Pinheiro de Sousa, restringe estacionamento; embarque e desembarque de passageiros do lado direito da via. Perímetro está completamente sinalizado, e passa a ser fiscalizado diariamente pelas viaturas de áreas da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes, Setran.

O coordenador-geral de Trânsito, Hodislan Maciel, explica que desde que foi implantada a nova sinalização, agentes de trânsito buscam orientar condutores a respeitar a proibição de estacionamento de veículos do lado direito da Rua Sousa Lima, no Centro. “É uma via de intenso tráfego de carros que causava congestionamentos e prejudicava a fluidez do trânsito”, justifica.

Ele ressaltou que “esse trecho da via fica proibido o embarque e o desembarque de passageiros, pois comprometia a fluidez, devendo estar livre para circulação de veículos que passam pela Rua Sousa Lima, sentido Avenida Getúlio Vargas”.

Hodislan Maciel explica ainda que “o órgão de trânsito com circunscrição sobre a via tem autonomia para decidir sobre a proibição de estacionamento e/ou de para sempre que as circunstâncias representarem prejuízo ou risco ao trânsito”. “A Setran busca alternativas para melhorar cada vez mais a fluidez de via que apresentam pontos de congestionamentos, principalmente durante os chamados horários de picos”, concluiu.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Segurança é reforçada nas áreas de acesso às praias do Cacau e do Meio

Publicado

em

Com objetivo de orientar banhistas sobre os riscos de afogamentos nas praias do Cacau e do Meio, agentes de Trânsito, Defesa Civil e guardas municipais reforçaram a segurança nas áreas de acesso aos locais de banho no Rio Tocantins, em Imperatriz. Medida também visa conscientizar condutores de veículos automotores para que não coloquem em risco a vida dos pedestres, evitando a obstrução da via que tem livre trânsito dos carros de saúde e segurança pública.

De acordo com o supervisor de Trânsito, Raimundo Santos, a “força-tarefa” é de fundamental importância nestes locais em virtude da grande quantidade de veículos que se desloca todo final de semana às praias do Cacau e do Meio, evitando congestionamentos na Avenida Ribamar Fiquene.

“Temos utilizado cones para marcar área de proibição de acesso à orla das praias, garantindo a segurança de todos os banhistas nesse trajeto”, explica ele, ao ressaltar que, embora não tenha sido liberado o período oficial de veraneio, a movimentação tem sido intensa de frequentadores.

O superintendente da Defesa Civil, Josiano Galvão, diz que os agentes dos órgãos prestam orientações sobre os cuidados com os porões (buracos na areia) e riscos de afogamentos que devem ser observados pelos banhistas, principalmente os cuidados com crianças e adolescentes no Rio Tocantins.

“Nossa barreira de orientação e controle de transporte é essencial para ajudar na organização e dar mais segurança aos banhistas que descem sentido às praias do Cacau e do Meio”, finaliza.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze