A dupla Zezé Di Camargo & Luciano foi acionada na Justiça pelo Conselho Estadual dos Direitos das Pessoas com Deficiência do Maranhão, cuja atual presidente é Beatriz de Carvalho Silva, que entrou com uma ação no Ministério Público do Maranhão (MP-MA) contra a dupla por infringir a Lei Brasileira da Inclusão de
nº 3.146/2015.

O fato aconteceu no dia 12 de junho, durante uma apresentação no São João do Maranhão, em Imperatriz, quando Luciano teria impedido uma intérprete de libras que estava no palco fazer a interpretação. A profissional foi contratada para interpretar 12 músicas, mas na terceira, o sertanejo pediu para uma pessoa de sua produção tirar a intérprete do palco.

Beatriz de Carvalho afirma que encaminhou ao MP-MA documentos e vídeos cobrando providências, por entender que houve violação dos direitos de pessoas com deficiência que estavam na plateia para assistir ao show. “Os surdos que estavam no local ficaram sem possibilidade da comunicação”, afirmou Beatriz.

Para a Secretária Adjunta, houve quebra da lei nº 3.146/2015, que assegura condições de igualdade à pessoa com deficiência, além de contrariar o exercício da profissão de intérprete contratada, que foi impedida de exercer sua função. (IMirante)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.