Connect with us

Maranhão

IMPERATRIZ: Zona Azul continua operando com ajustamento de conduta

Publicado

em

Nesta segunda-feira, 20 de dezembro, o prefeito Assis Ramos realizou reunião com representantes da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz, sindicatos e secretários municipais para tratar sobre a continuidade da Zona Azul.

Representantes do comércio destacaram, de forma unânime, a permanência da Zona Azul, mas ficou evidente a necessidade de ajustes a serem realizados pela empresa prestadora dos serviços. Assis Ramos, relata que “ficou claro que as associações e sindicatos atingidos diretamente pela Zona Azul são a favor, mas várias falhas foram detectadas, inclusive multas questionáveis, locais que precisam da zona branca e está a Zona Azul e local com maior número de vagas para comerciários. O que iremos fazer é corrigir essas falhas e logo assinaremos um decreto que irá suspender as multas do estacionamento da Zona Azul, até o término da pandemia, mas deixar bem claro que a Zona Azul continuará atuando na cidade”, conclui o gestor.

Sobre os principais pontos destacados pelos representantes na reunião, para a melhoria dos serviços da empresa Alcabox, responsável pela Zona Azul na cidade, estão a ampliação dos pontos de arrecadação, tickets para pessoas que por algum motivo não puderam baixar o aplicativo no celular, readequação da zona branca para carga e descarga, divulgação massiva de orientações para as pessoas de como utilizar os serviços.

O diretor da Alcabox, Essandro Costa, após reunião faz um resumo das ações que a empresa tomará em caráter de urgência, como a multa que virou crédito e código Pix para pagamento. “Viemos escutar o fedeback do empresariado da cidade, em relação aos ajustes que a empresa necessita fazer. Sabemos que existe descontentamento de uma parte da população e chegamos a algumas determinações que iremos passar a fazer em caráter de urgência. Prioritariamente a principal delas é estabelecimento de um QR Code com código PIX no ticket de estacionamento para que o pagamento possa ser feito pelo celular, sem precisar se deslocar aos pontos de vendas. Outro ponto que já havia sendo feito, mas iremos intensificar é que ACP no valor de 20 e 10 reais, desde o dia 1º de outubro já vem sendo convertida em créditos para utilizar no aplicativo Digipare”.

Em enquete realizada pelas redes sociais da Prefeitura, 65,62% dos votantes foram a favor da Zona Azul como ponto de melhoria na hora de estacionar para fazer as compras de Natal contra uma minoria, com 32,38%. Dos 5.850 votos, 2% votaram que não melhora e nem piora. Na reunião, todos os representantes foram unânimes para a continuidade da Zona Azul, desde que sejam feitos os ajustes nos serviços da prestadora Acabox.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

ESTREITO: Orla corre risco de desmoronamento

Publicado

em

A Defesa Civil informou que há riscos de desmoronamento em partes da estrutura da Orla, na cidade de Estreito, na região Tocantina maranhense, que faz divisa com o Bico do Papagaio.

A Prefeitura solicitou que a população não ultrapasse as áreas interditadas que estão identificadas com as fitas zebradas.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Marginais estão saqueando casas alagadas

Publicado

em

Famílias da cidade de Imperatriz, na região Tocantina, sul do Maranhão, que faz divisa com o Bico do Papagaio, em São Miguel, além de passagem por sérias dificuldades por conta da enchente do Rio Tocantins, estão sendo vítimas de criminosos que estão saqueando as casas durante a madrugada.

Os marginais estão roubando telhas e fiação elétrica das residências.

A Polícia Militar de Imperatriz deflagrou a “Operação Anfibius” para caçar os delinquentes. A operação, que irá ocorrer até a normalização do nível do Rio Tocantins, com patrulhamento nas áreas alagadas com utilização de carros e lanchas.

Continue lendo

Maranhão

Técnico de enfermagem é suspeito de furtar medicamentos da rede pública no Maranhão

Publicado

em

Um técnico de enfermagem, pertencente a Rede Municipal de Saúde de Santa Luzia, a 294 km de São Luís, foi preso na tarde de domingo (16) suspeito de furtar medicamentos do hospital do município. A prisão foi realizada pela Polícia Militar (PM) após denúncia anônima.

A PM foi informada que o técnico de enfermagem, de 46 anos, que não teve a sua identidade revelada, aproveitava os plantões de fim de semana para praticar os furtos. A polícia revistou o carro do funcionário e no local foram encontrados alguns medicamentos do hospital público.

A polícia apreendeu frascos, de pelo menos, oito tipos de medicamentos. Além disso, foi encontrada uma carteira de identidade com a foto dele e o nome de outro homem. Também havia com ele um bloco de receita de controle especial, que fica sob responsabilidade do diretor do hospital e que somente o diretor deveria liberar esse documento.

Os policiais ainda apreenderam também carimbos em nome de dois médicos. O técnico de enfermagem foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Santa Inês.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze