Circula pelas redes sociais um vídeo acompanhado de uma mensagem que diz que foram encontrados restos mortais de dois adolescentes dentro de um tubarão branco capturado na região do Munim, em Carupatera, no Maranhão. A mensagem é fake.

O vídeo realmente mostra um tubarão capturado no Maranhão, mas em Icatu, e não em Carupatera. Além disso, não foram encontrados restos mortais dentro do animal mostrado no vídeo.

A Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca de Icatu diz que o vídeo foi feito, de fato, na cidade, mas garante que não houve nenhum vestígio humano achado dentro do tubarão.

A mensagem falsa é acompanhada em alguns casos por fotos de tubarões ao lado de restos mortais. No entanto, uma pesquisa reversa das imagens mostra que as fotos são antigas e foram feitas em outros países.

Para completar, o professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR) André Muniz Afonso, doutor em medicina veterinária, diz que o animal capturado é de uma espécie diferente da alardeada pelo boato. Trata-se de um tubarão touro.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.