Connect with us

Notícias

Inquérito Civil apura condições de tráfego da rodovia que liga Darcinópolis a Angico

Publicado

em

O Ministério Público do Tocantins (MPTO) instaurou inquérito civil público para apurar a situação da rodovia TO-134, no trecho que liga as cidades de Darcinópolis e Angico, localizadas no Bico do Papagaio. Segundo representação direcionada à Promotoria de Justiça de Wanderlândia, o trecho asfáltico encontra-se em condições extremamente precárias, prejudicando as famílias que moram no entorno e o transporte de alunos da zona rural.

O inquérito civil público foi instaurado no último dia 8 e publicado na edição nº 1.143 do Diário Oficial Eletrônico do MPTO.

Um dos aspectos que a Promotoria de Justiça de Wanderlândia irá apurar é se as condições de tráfego da rodovia comprometem o transporte dos alunos da zona rural que estudam nas redes estadual e municipal, prejudicando o direito destas crianças e adolescentes à educação.

A Promotoria de Justiça de Wanderlândia solicitou anteriormente informações sobre as condiçõesde tráfego na rodovia e sobre a previsão de obras de recuperação da malha asfáltica, mas não houve resposta até o momento.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Notícias

Embarcações de passageiros estão proibidas a partir desta quinta entre Pará e Amazonas

Publicado

em

Está proibida, a partir desta quinta-feira (14), a circulação de embarcações de passageiros entre os estados do Pará e do Amazonas, como medida de prevenção à proliferação da Covid-19. A determinação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), por meio do Decreto Estadual 1.273/2020.

A partir deste momento, os órgãos e as entidades enquadrados no Sistema de Segurança Pública e Defesa Social do Pará, assim como àqueles responsáveis pela fiscalização dos serviços públicos de transporte, ficam autorizados a aplicar sanções para os casos de descumprimento, que podem ser: advertência; multa de R$ 10 mil por embarcação, no caso de reincidência; até a apreensão da embarcação. 

A aplicação das penalidades previstas pelo decreto não exclui que os responsáveis pelas embarcações sofram, também, responsabilizações civis ou criminais.

“Esta é uma medida preventiva, porque estamos vendo que o Amazonas voltou a ter números altos de hospitalização pela doença. Por isto, o Pará decidiu proibir embarcações de passageiros, estando liberadas aquelas que fazem o transporte de cargas. Seguem liberados também os transportes terrestres”, explicou Ricardo Sefer, procurador-geral do Pará.

Em suas redes sociais, na noite de quarta-feira (14), o governador do Pará, Helder Barbalho reforçou que a medida visa garantir que pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, oriundas do Amazonas, entrem em território paraense e acabem aumentando o número de casos da doença no Pará. 

“Isto é uma medida fundamental para evitar o contágio dentro do Estado e, consequentemente, evitar problemas de saúde em face da pandemia. Portanto, nossas fronteiras com o Amazonas estarão fechadas, com fiscalizações da Polícia Militar do Pará e apoio de embarcações e aeronaves, para que possamos fazer cumprir a medida preventiva de restrição e proteger nossa população”, informou o chefe do Poder Executivo.

Continue lendo

Notícias

IMPERATRIZ: Sistema de gerenciamento e armazenamento de imagens é implantado no Socorrão

Publicado

em

Foi iniciada na manhã desta quinta-feira, 15, a implantação do Sistema de Gerenciamento e Armazenamento de Imagens do Hospital Municipal de Imperatriz, HMI Socorrão. Iniciativa vai agilizar o processo de atendimento, permitindo que a equipe médica decida a conduta de tratamento de forma mais rápida, evitando que pacientes percam tempo esperando películas e laudos de exames para realização de procedimentos. 

Instalação de monitores e computadores do sistema já foram feitas na sala de raio – x e no consultório da ortopedia. Em breve, serão instalados também no consultório da clínica cirúrgica e no Centro Cirúrgico do Hospital.  

“A partir de agora, os exames de raio-x, ultrassom e tomografias vão automaticamente para o computador do médico. Quando o paciente retornar para o consultório, já vai saber o diagnóstico e a conduta a ser adotada. Isso traz muita agilidade e rapidez no processo de atendimento” – explica a secretária Mariana Jales.  

Segundo a Diretora do HMI, Marília Carvalho, acesso imediato da equipe médica ao exame e ao laudo, além de inovador na rede pública, é um marco para a gestão Assis Ramos. “Já tivemos época que demorávamos de 15 a 30 dias para receber um laudo, porque isso era feito externamente. Hoje recebemos em questão de horas e com o sistema será instantâneo” – afirma. 

Para o técnico em radiologia, Nildo Reis, um dos maiores ganhos para a população é a agilidade no atendimento. “Fazemos o raio-x e, em questão de minutos, já está no consultório médico. O paciente não vai mais precisar ficar esperando, nem andando para um lado e outro com papel na mão” – disse o servidor, que trabalha há 10 anos no Socorrão. 

Além disso, segundo Nildo, este sistema permite analisar imagens com maior rapidez, e melhor visibilidade porque nele há recurso para ampliá-la na hora da visualização. “Outro ponto importante também é que agora teremos armazenamento das imagens e isso melhora a segurança porque eliminaremos o risco de perder exames” – ressaltou o técnico. (Maria Almeida)

Continue lendo

Notícias

Tocantinópolis e São Bento registram novas mortes por Corvid-19

Publicado

em

O número de óbitos por Covid-19 no Bico do Papagaio continua acrescendo. Nesta quinta, 14, duas novas mortes foram oficializadas pela Secretaria de Estado da Saúde, sendo uma em Tocantinópolis e a outra em São Bento.

A vítima de Tocantinópolis morreu na segunda, dia 11. Era um homem de 45 anos, com hipertensão. Ele estava internado no Hospital Regional de Augustinópolis. Agora, o município sobre para 24 óbitos pela doença.

Já o paciente de São bento, era mulher e estava na UPA de Imperatriz, no estado do Maranhão. A morte ocorreu no dia 30/12/20. Ela tinha 62 anos. Em São Bento agora são 7 mortes por Covid-19.

Continue lendo
publicidade Bronze