O Senado concluiu nesta quarta-feira, 2, a votação em primeiro turno da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019, da reforma da Previdência.

Agora a PEC 6/2019 poderá receber, em Plenário, emendas de redação. Depois das três sessões de discussão, as sugestões de mudanças de redação seguirão para avaliação do relator, Tasso Jereissati, na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) para, só então, a proposta ser votada em segundo turno.

Dos três senadores tocantinenses, Eduardo Gomes (MDB) e Kátia Abreu (PDT), votaram pela aprovação. Apenas Irajá (PSD), votou contra.

Irajá justificou. “Fiquei ao lado dos trabalhadores brasileiros e votei contra esta proposta da reforma da Previdência aprovada em primeiro turno no Senado Federal. Esta proposta não combate privilégios e sacrifica principalmente as famílias de baixa renda! Seguirei atuando com independência, votando de acordo com o que considero ser o melhor para o povo do Tocantins”.

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.