Connect with us

Tocantins

João Ribeiro reafirma compromisso com oposição

Publicado

em

O senador João Ribeiro disse em nota à imprensa nesta segunda-feira, 21, que vai trabalhar “incansavelmente” para a construção de “uma oposição ampla, programática e ética”. “Me coloco ao inteiro dispor para dialogar com todos aqueles que já foram citados com pretensões para a disputa de cargos majoritários”, disse Ribeiro.

Segundo ele, seu gabinete está “de portas abertas” para “o diálogo franco, transparente e fraterno” com pré-candidaturas propagadas na imprensa tocantinense, como as do ex-governador Marcelo Miranda (PMDB), da senadora Kátia Abreu (PMDB), do empresário Roberto Pires (PP), do secretário de Saúde de Palmas, Nicolau Esteves (PT), do suplente de senador Ataídes de Oliveira (Pros), do deputado estadual Marcelo Lelis (PV), do deputado federal César Halum (PRB) e do suplente de senador Marco Antônio Costa (PSL). “E todos aqueles que vierem disponibilizar o seu nome num campo oposicionista”, reforçou.

“Balela venenosa”

João Ribeiro voltou a garantir que estará com a oposição em 2014. “Parem de espalhar a balela venenosa e desrespeitosa de que o senador João Ribeiro na hora “H” estará com Siqueira Campos e seu candidato, o filho Eduardo Siqueira Campos […] O meu campo é o da oposição”, assegurou.

O senador fez duras críticas ao governo Siqueira Campos (PSDB), que ajudou eleger em 2010. “Oposição a um Governo que alicia prefeitos com promessas de obras, as mesmas que durantes três anos se negaram a fazer e que agora anunciam, em plena época em que as chuvas se aproximam. Oposição a um Governo que alicia prefeitos com ameaça de perseguição e uso do Tribunal de Contas do Estado como instrumento político e não técnico, ou mesmo com interferência no Judiciário, um poder constitucionalmente autônomo. Oposição a um Governo que se envolve em escândalos nacionais que comprometem o IGEPREV, salvaguarda de servidores públicos que trabalham ou trabalharam e esperam segurança em suas aposentadorias. Oposição a um Governo que prometeu 18 hospitais regionais, médicos na porta de casa, e que hoje é notícia diária na imprensa pelo sucateamento da saúde e, de quebra, caos no atendimento médico, hospitalar e laboratorial aos servidores que deveriam ser acolhidos pelo PlanSaúde.”

Confira a seguir a íntegra da nota: 

Nota à Imprensa

Meus caros amigos e amigas do Tocantins…

Inicialmente quero agradecer a todos que oraram pela minha recuperação durante este longo, mas necessário, tratamento médico pelo qual passei.

De volta ao trabalho no Senado Federal desde o início de setembro, preparo-me para retornar minhas andanças pelo Tocantins e, nos próximos dias, por sugestão de algumas lideranças religiosas que mantenho como amigos, participarei de uma Celebração Ecumênica de Ação de Graças nas principais cidades do Estado.

Mas nesse momento, venho manifestar aqui a minha indignação com aqueles que teimam em espalhar aos quatro cantos do Estado de que o senador João Ribeiro não terá saúde para enfrentar uma campanha eleitoral em 2014. Gente maldosa que não consegue se preocupar, como deviam, com o oferecimento de uma política de saúde adequada à população, mas que se acha no direito de questionar a minha saúde em particular.

Quero reafirmar que o problema de saúde de outrora, encontra-se agora debelado, e que com a anuência de dirigentes políticos da esfera pública nacional e dos companheiros que tenho no Estado sou pré-candidato ao Governo pelo Partido da República (PR). Então, ao invés de se preocuparem com a minha saúde, faço uma convocação pública: se preocupem em tirar a saúde pública estadual da UTI, que padece com a falta de leitos, com a falta de medicamentos, com a falta de médicos, com a falta de cirurgias de alta complexidade, com a falta de gestão.

E aos que espalham o vírus nocivo das mentiras maldosas, vou responder fazendo aquilo que eles nunca gostaram de fazer: ajudando as administrações a conseguirem recursos para obras, fazendo-me presente em cada cidade, dando atenção a prefeitos, vereadores e lideranças comunitárias e sindicais e, mantendo-me sempre atento aos reclames populares. Isso sei fazer, e sempre fiz, independentemente do momento eleitoral.

E mais: parem de espalhar a balela venenosa e desrespeitosa de que o senador João Ribeiro na hora “H” estará com Siqueira Campos e seu candidato, o filho Eduardo Siqueira Campos. Na condição de Senador da República estarei sempre ao lado dos projetos do Estado do Tocantins que favoreçam a população como um todo. Porém, do ponto de vista político-eleitoral, não percam tempo comigo. O meu campo é o da oposição.

Oposição a um Governo que alicia prefeitos com promessas de obras, as mesmas que durantes três anos se negaram a fazer e que agora anunciam, em plena época em que as chuvas se aproximam. Oposição a um Governo que alicia prefeitos com ameaça de perseguição e uso do Tribunal de Contas do Estado como instrumento político e não técnico, ou mesmo com interferência no Judiciário, um poder constitucionalmente autônomo. Oposição a um Governo que se envolve em escândalos nacionais que comprometem o IGEPREV, salvaguarda de servidores públicos que trabalham ou trabalharam e esperam segurança em suas aposentadorias. Oposição a um Governo que prometeu 18 hospitais regionais, médicos na porta de casa, e que hoje é notícia diária na imprensa pelo sucateamento da saúde e, de quebra, caos no atendimento médico, hospitalar e laboratorial aos servidores que deveriam ser acolhidos pelo PlanSaúde. Oposição a um Governo que vem sendo duramente criticado pelo estado de insegurança pública generalizada, pelas péssimas condições de trabalho oferecidas para as policias militar e civil, e por ter transformado as cadeias públicas em campos de concentração que acabam permitindo fugas como a ocorrida em Colmeia neste último final de semana. Oposição a um Governo insensível na criação de políticas públicas de combate à disseminação das drogas e que ainda amarga índices vergonhosos no setor educacional.

E minha pré-candidatura (já que candidatura somente no pós-Convenções) quer se constituir como projeto de um grupo onde possamos colocar nossas convergências de ideias acima de divergências pontuais menores e desavenças no campo pessoal. Até porque temos uma missão árdua para tirar o Estado da inanição político-administrativa em que se encontra.

Publicamente quero aqui declarar que vou trabalhar incansavelmente para que consigamos construir uma oposição ampla, programática e ética, e me coloco ao inteiro dispor para dialogar com todos aqueles que já foram citados com pretensões para a disputa de cargos majoritários.

Meu gabinete está de portas abertas para o diálogo franco, transparente e fraterno com pré-candidaturas propagadas na imprensa tocantinense, como as de Marcelo Miranda, Kátia Abreu, Roberto Pires, Nicolau Esteves, Ataídes de Oliveira, Marcelo Lelis, César Halum, Marco Antônio Costa e todos aqueles que vierem disponibilizar o seu nome num campo oposicionista.

Estou certo que podemos traçar novos horizontes para o Tocantins. Se estaremos juntos, ou não, será consequência de uma série de fatores. Só não quero acreditar, a priori, que fecharemos a porta sem antes exercitar uma das artes mais cultuadas e bonitas da política: a arte do diálogo.

Unidos somos fortes. Unidos, vamos resgatar o Tocantins e inaugurar um novo tempo de desenvolvimento e respeito ao povo. Vamos sonhar juntos esse sonho, porque o Tocantins pode ser melhor. E, acreditem: será!

 

Senador JOÃO RIBEIRO

Presidente do PR-Tocantins

Brasília-DF, 21 de Outubro de 2013″.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
4 Comments

Tocantins

PALMAS: “Farra da vacina”. MP vai investigar suspeitas de favorecimento

Publicado

em

O Ministério Público do Tocantins (MPTO) requereu ao secretário de Saúde de Palmas que encaminhe lista de todas as pessoas que foram vacinadas contra Covid-19 na última sexta-feira, 14, devendo ser informados o nome, idade e comorbidade destes cidadãos, além de anexadas cópias dos seus respectivos laudos médicos. A intenção é de juntar informações para investigar possíveis situações de favorecimento.


A requisição foi encaminhada nesta segunda-feira, 17, sendo estabelecido prazo de cinco dias para o encaminhamento da resposta.

A iniciativa da requisição é da promotora de Justiça Araína Cesárea D’Alessandro, que atua na área de defesa da saúde em Palmas. (Flávio Herculano)

Continue lendo

Tocantins

Feminicídio cresce no Tocantins

Publicado

em

Nos primeiros cinco meses de 2021 foram registrados 10 casos de feminicídio no Tocantins, a mesma quantidade registrada em todo ano de 2020. 

Dados da Secretaria da Segurança Pública (SSP-TO), apontam que em 2018 oito mulheres foram assassinadas por seus companheiros e nove em 2019.


A delegada-geral da Polícia Civil do Tocantins, (PC-TO) Raimunda Bezerra, explica que a violência contra mulher é uma pauta que envolve principalmente a sociedade civil e empoderamento da mulher. “Esse não é um problema apenas de segurança pública, mas cultural. As mulheres precisam entender que só com a denúncia e a solicitação da medida protetiva conseguimos evitar casos como este que aconteceu em Cariri. O empoderamento da mulher é uma pauta que dificilmente o Estado tem força para fazer sozinho”, ressalta a delegada-geral.

Para tentar coibir esse tipo de crime, a delegada da 9ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (Deamv – Gurupi), Valéria Lustosa Dourado, esclarece sobre a importância da Medida Protetiva para a defesa das mulheres. Segundo ela, a Medida Protetiva deve ser utilizada em situações de riscos, buscando preservar a saúde mental e física das vítimas.

“Infelizmente, o medo das vítimas em relação ao agressor é um dos fatores que impede as mulheres de realizarem a denúncia, porém, quando há o registro do Boletim de Ocorrência é possível a Polícia Civil agir de forma a combater a situação de risco. Caso haja um segundo registro e o autor esteja em liberdade, é possível representar ao judiciário pela prisão preventiva, diante da reincidência”, explica.

Atendimento

A PC-TO dispõe de uma rede de serviços para o atendimento às mulheres que sofrem violência doméstica. As vítimas podem contar com as Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (Deam’s) e Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (Deamv’s), além da Central de Atendimento à Mulher 24 Horas (CAM-24H) e de todas as unidades policiais, sejam Delegacias ou Centrais de Atendimento, além do disque denúncia 180.

Em todo o Tocantins, são 15 unidades, sendo 13 distribuídas em municípios que integram as oito regionais da Polícia Civil e três em Palmas, sendo duas unidades da Deams e uma Central de Atendimento à Mulher 24 Horas (CAM-24H). É importante ressaltar que em razão da necessidade de o atendimento à mulher ser presencial, não foi disponibilizado na página da Delegacia Virtual da Polícia Civil do Tocantins atendimento online (https://www2.ssp.to.gov.br/delegaciavirtual/).

Denúncias até podem ser realizadas pela plataforma, mas o registro de Boletim de Ocorrência tem que ser de forma presencial. Onde não há delegacia especializada, a vítima pode procurar qualquer Delegacia ou Centrais de Atendimento da Polícia Civil.

Continue lendo

Tocantins

PAU D’ARCO: Suspeito de abusar sexualmente de várias crianças e adolescentes é preso

Publicado

em

Investigações da Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 37ª Delegacia de Pau D’arco resultaram na prisão de um homem de 51 anos de idade, nesta sexta-feira, dia 14. Suspeito de praticar vários crimes de estupro de vulnerável, o homem foi capturado por policiais civis da 37.ª DP, coordenados pelo delegado Marco Aurélio Barbosa Lima, mediante cumprimento mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Criminal da Comarca de Arapoema

Segundo a autoridade policial desde o mês de março, o indivíduo passou a ser investigado por suspeitas de cometer vários crimes de estupro de vulnerável, perpetrados contra crianças e adolescentes. “Já foram identificadas cinco vítimas entre crianças e adolescentes do sexo feminino e masculino com idades que variam de três a 13 anos”, frisou o delegado.


Ainda conforme a autoridade policial, o investigado reside em uma ilha no rio Araguaia para onde transportava as vítimas em sua canoa motorizada e lá cometia os abusos sexuais. As investigações apontaram ainda que o homem também costumava presentear as vítimas com aparelhos celulares e outros objetos em troca da relação sexual.

 Com base nas investigações, o delegado representou, junto ao Poder Judiciário, pela prisão preventiva do homem, a qual foi deferida e cumprida nesta sexta-feira, quando o homem foi localizado e preso na residência que possui no centro de Pau D´arco.  Durante o cumprimento da ordem judicial, os agentes também realizaram buscas na ilha e na residência do investigado.

Detido, o homem foi conduzido até a sede da 37.ª DP e, após os procedimentos legais cabíveis, recolhido à Cadeia Pública da cidade de Colinas, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. Se condenado pelos crimes de estupro de vulnerável, o indivíduo poderá pegar mais de 50 anos de prisão.

O delegado Marco Aurélio assevera que a prisão do investigado poderá trazer mais paz e tranqüilidade à população da cidade, uma vez que, ele é suspeito de praticar inúmeros crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes. “A Polícia Civil do Tocantins está intensificando as ações no sentido de identificar e prender pessoas que praticam esse crime tão repugnante e que abala a dignidade de crianças e adolescentes causando graves danos psicológicos e até físicos”, reitera o delegado.

A autoridade policial assevera ainda que a prisão é simbólica, uma vez que estamos no mês de combate e prevenção à exploração sexual de crianças e adolescentes. “Maio é o mês laranja de intensificação das ações para proteger crianças e adolescentes e com a prisão de hoje, conseguimos dar uma resposta para a sociedade que tanto anseia pela resolução de crimes hediondos dessa natureza”, pondera o delegado. 

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze