Connect with us

Tocantins

João Ribeiro reafirma compromisso com oposição

Publicado

em

O senador João Ribeiro disse em nota à imprensa nesta segunda-feira, 21, que vai trabalhar “incansavelmente” para a construção de “uma oposição ampla, programática e ética”. “Me coloco ao inteiro dispor para dialogar com todos aqueles que já foram citados com pretensões para a disputa de cargos majoritários”, disse Ribeiro.

Segundo ele, seu gabinete está “de portas abertas” para “o diálogo franco, transparente e fraterno” com pré-candidaturas propagadas na imprensa tocantinense, como as do ex-governador Marcelo Miranda (PMDB), da senadora Kátia Abreu (PMDB), do empresário Roberto Pires (PP), do secretário de Saúde de Palmas, Nicolau Esteves (PT), do suplente de senador Ataídes de Oliveira (Pros), do deputado estadual Marcelo Lelis (PV), do deputado federal César Halum (PRB) e do suplente de senador Marco Antônio Costa (PSL). “E todos aqueles que vierem disponibilizar o seu nome num campo oposicionista”, reforçou.

“Balela venenosa”

João Ribeiro voltou a garantir que estará com a oposição em 2014. “Parem de espalhar a balela venenosa e desrespeitosa de que o senador João Ribeiro na hora “H” estará com Siqueira Campos e seu candidato, o filho Eduardo Siqueira Campos […] O meu campo é o da oposição”, assegurou.

O senador fez duras críticas ao governo Siqueira Campos (PSDB), que ajudou eleger em 2010. “Oposição a um Governo que alicia prefeitos com promessas de obras, as mesmas que durantes três anos se negaram a fazer e que agora anunciam, em plena época em que as chuvas se aproximam. Oposição a um Governo que alicia prefeitos com ameaça de perseguição e uso do Tribunal de Contas do Estado como instrumento político e não técnico, ou mesmo com interferência no Judiciário, um poder constitucionalmente autônomo. Oposição a um Governo que se envolve em escândalos nacionais que comprometem o IGEPREV, salvaguarda de servidores públicos que trabalham ou trabalharam e esperam segurança em suas aposentadorias. Oposição a um Governo que prometeu 18 hospitais regionais, médicos na porta de casa, e que hoje é notícia diária na imprensa pelo sucateamento da saúde e, de quebra, caos no atendimento médico, hospitalar e laboratorial aos servidores que deveriam ser acolhidos pelo PlanSaúde.”

Confira a seguir a íntegra da nota: 

Nota à Imprensa

Meus caros amigos e amigas do Tocantins…

Inicialmente quero agradecer a todos que oraram pela minha recuperação durante este longo, mas necessário, tratamento médico pelo qual passei.

De volta ao trabalho no Senado Federal desde o início de setembro, preparo-me para retornar minhas andanças pelo Tocantins e, nos próximos dias, por sugestão de algumas lideranças religiosas que mantenho como amigos, participarei de uma Celebração Ecumênica de Ação de Graças nas principais cidades do Estado.

Mas nesse momento, venho manifestar aqui a minha indignação com aqueles que teimam em espalhar aos quatro cantos do Estado de que o senador João Ribeiro não terá saúde para enfrentar uma campanha eleitoral em 2014. Gente maldosa que não consegue se preocupar, como deviam, com o oferecimento de uma política de saúde adequada à população, mas que se acha no direito de questionar a minha saúde em particular.

Quero reafirmar que o problema de saúde de outrora, encontra-se agora debelado, e que com a anuência de dirigentes políticos da esfera pública nacional e dos companheiros que tenho no Estado sou pré-candidato ao Governo pelo Partido da República (PR). Então, ao invés de se preocuparem com a minha saúde, faço uma convocação pública: se preocupem em tirar a saúde pública estadual da UTI, que padece com a falta de leitos, com a falta de medicamentos, com a falta de médicos, com a falta de cirurgias de alta complexidade, com a falta de gestão.

E aos que espalham o vírus nocivo das mentiras maldosas, vou responder fazendo aquilo que eles nunca gostaram de fazer: ajudando as administrações a conseguirem recursos para obras, fazendo-me presente em cada cidade, dando atenção a prefeitos, vereadores e lideranças comunitárias e sindicais e, mantendo-me sempre atento aos reclames populares. Isso sei fazer, e sempre fiz, independentemente do momento eleitoral.

E mais: parem de espalhar a balela venenosa e desrespeitosa de que o senador João Ribeiro na hora “H” estará com Siqueira Campos e seu candidato, o filho Eduardo Siqueira Campos. Na condição de Senador da República estarei sempre ao lado dos projetos do Estado do Tocantins que favoreçam a população como um todo. Porém, do ponto de vista político-eleitoral, não percam tempo comigo. O meu campo é o da oposição.

Oposição a um Governo que alicia prefeitos com promessas de obras, as mesmas que durantes três anos se negaram a fazer e que agora anunciam, em plena época em que as chuvas se aproximam. Oposição a um Governo que alicia prefeitos com ameaça de perseguição e uso do Tribunal de Contas do Estado como instrumento político e não técnico, ou mesmo com interferência no Judiciário, um poder constitucionalmente autônomo. Oposição a um Governo que se envolve em escândalos nacionais que comprometem o IGEPREV, salvaguarda de servidores públicos que trabalham ou trabalharam e esperam segurança em suas aposentadorias. Oposição a um Governo que prometeu 18 hospitais regionais, médicos na porta de casa, e que hoje é notícia diária na imprensa pelo sucateamento da saúde e, de quebra, caos no atendimento médico, hospitalar e laboratorial aos servidores que deveriam ser acolhidos pelo PlanSaúde. Oposição a um Governo que vem sendo duramente criticado pelo estado de insegurança pública generalizada, pelas péssimas condições de trabalho oferecidas para as policias militar e civil, e por ter transformado as cadeias públicas em campos de concentração que acabam permitindo fugas como a ocorrida em Colmeia neste último final de semana. Oposição a um Governo insensível na criação de políticas públicas de combate à disseminação das drogas e que ainda amarga índices vergonhosos no setor educacional.

E minha pré-candidatura (já que candidatura somente no pós-Convenções) quer se constituir como projeto de um grupo onde possamos colocar nossas convergências de ideias acima de divergências pontuais menores e desavenças no campo pessoal. Até porque temos uma missão árdua para tirar o Estado da inanição político-administrativa em que se encontra.

Publicamente quero aqui declarar que vou trabalhar incansavelmente para que consigamos construir uma oposição ampla, programática e ética, e me coloco ao inteiro dispor para dialogar com todos aqueles que já foram citados com pretensões para a disputa de cargos majoritários.

Meu gabinete está de portas abertas para o diálogo franco, transparente e fraterno com pré-candidaturas propagadas na imprensa tocantinense, como as de Marcelo Miranda, Kátia Abreu, Roberto Pires, Nicolau Esteves, Ataídes de Oliveira, Marcelo Lelis, César Halum, Marco Antônio Costa e todos aqueles que vierem disponibilizar o seu nome num campo oposicionista.

Estou certo que podemos traçar novos horizontes para o Tocantins. Se estaremos juntos, ou não, será consequência de uma série de fatores. Só não quero acreditar, a priori, que fecharemos a porta sem antes exercitar uma das artes mais cultuadas e bonitas da política: a arte do diálogo.

Unidos somos fortes. Unidos, vamos resgatar o Tocantins e inaugurar um novo tempo de desenvolvimento e respeito ao povo. Vamos sonhar juntos esse sonho, porque o Tocantins pode ser melhor. E, acreditem: será!

 

Senador JOÃO RIBEIRO

Presidente do PR-Tocantins

Brasília-DF, 21 de Outubro de 2013″.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
4 Comments

Tocantins

Mulheres de 40 a 69 anos farão exames gratuitos de mamografia

Publicado

em

A Secretaria da Saúde de Araguaína, em parceria com o Hospital de Amor, realizará exames de mamografia gratuitos nos dias 26 a 28 de outubro na cidade. A Unidade Móvel do Hospital de Amor estará em Araguaína para atender pacientes com idade entre 40 e 69 anos.    

“A unidade vem para intensificar a sensibilização da população para esse crescente problema de saúde pública e promover a oportunidade da detecção precoce para mulheres na faixa etária alvo. Queremos conscientizar as mulheres sobre a importância de se realizar os exames periódicos, para então evitar problemas futuros”, assegurou a coordenadora municipal do Ciclos de Vida, Littza Araújo.

Para a realização do exame, as pacientes deverão seguir alguns critérios, além da idade: não estar grávida ou amamentando; não ter realizado o exame em um período menor que um ano em outra instituição; e mulheres que já trataram de câncer de mama não podem realizar a mamografia na unidade.

Como ter acesso
As mulheres que tiverem interesse em realizar o exame de mamografia na carreta deverão procurar as UBS (unidades básicas de saúde) Manoel Maria (Setor Coimbra), Palmeiras do Norte e Maria dos Reis (Setor Barros).
Para ter acesso ao serviço é necessário levar cópia dos seguintes documentos: RG, CPF, Cartão SUS e comprovante de endereço. As mulheres passarão por um cadastro, serão agendadas e encaminhadas já com dia e local estabelecidos para a realização do exame.

Outubro Rosa

A ação da unidade móvel faz parte das atividades realizadas pela Prefeitura de Araguaína considerando a Campanha Outubro Rosa. O mês é mundialmente conhecido como de luta contra o câncer de mama e colo uterino.

Entre as atividades do Município estão ainda palestras sobre prevenção e conscientização das mulheres e a comunidade está recebendo diversas ações até o dia 29 nas UBS. (Thatiane Cunha / Fotos: Marcos Sandes)

Continue lendo

Tocantins

“Brevemente estaremos de volta”, diz Carlesse sobre afastamento

Publicado

em

Em vídeo divulgado na noite desta sexta-feira, 23, o governador afastado, Mauro Carlesse (PSL), disse que “brevemente estará de volta”. Ele também afirmou que ainda não tomou conhecimento das acusações. Veja o pronunciamento, no vídeo acima.

Continue lendo

Tocantins

Palestra aborda os relatos de pesquisas com educação escolar indígena

Publicado

em

Ministrada pelo professor Francisco Edviges, como parte da programação do III Simpósio de Linguística, Literatura e Artes, promovido pelo curso de Letras da Universidade de Gurupi – UnirG, a palestra “Relatos de pesquisas com Educação Escolar Indígena”, trouxe os desafios e soluções para educação comunitária esses povos, na quinta-feira, 21. O evento ocorreu durante a 7ª Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi.

Estiveram presentes, o professor da Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT), campus Araguaína, Dr Francisco Edviges. Ele abordou a sua experiência como pesquisador de povos indígenas dos estados do Tocantins, Maranhão e Mato Grosso. O encontro foi mediado pela professora do curso de Letras da UnirG, Drª Marcilene de Assis.

O palestrante atua como pesquisador na área de educação indígena tocantinense. Durante sua apresentação contou sobre as experiências em campo, e também chamou atenção para a valorização da cultura desse povo, no compartilhamento de saberes. “Precisamos levar em consideração não só o aspecto regional, mas a cultura deles, a linguagem. E assim levar educação e integração para as comunidades indígenas”.

A abordagem ressaltou ainda as novas formulações das propostas educacionais que levem em consideração os aspectos linguísticos, históricos e culturais, fazendo com que assim, sempre se tenha a participação dos professores indígenas, não-indígenas, comunidade e instituições públicas de ensino. As ações apoiam o desenvolvimento de projetos que propiciem e resultem qualquer tipo de produção de material pedagógico para o uso da escola indígena.

A professora e doutora Marcilene enfatizou a importância em levar de forma consciente e adaptada a educação para esses povos. “A proposta de uma educação escolar indígena, surge como uma educação diferenciada, possibilitando que o ensino trabalhado em cada escola preserve os universos socioculturais específicos de cada povo”, frisou.

Sicteg ON
 “A transversalidade da ciência, tecnologia e inovações para o planeta”, é o tema da 7ª Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi/TO (SICTEG), que acontece entre os dias 20 a 22 de outubro de 2021. A SICTEG é uma ação alinhada à 18ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT/MCTI.  O evento gratuito é coordenado pelo Programa InovaGurupi da Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia de Gurupi, Conselho de Gestores de Instituições de Ensino Superior de Gurupi e conta com a colaboração do Governo Federal/Estadual, Senac, Sesi, Senai e Sebrae.

Durante a Sicteg On são realizadas palestras, workshops, minicursos, mesas-redondas, desafio de games, campeonatos de LOL e Minecraft, apresentação de trabalhos acadêmicos, além de apresentações culturais. (Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze