Connect with us

Pará

Juiz decreta prisão de filha e genro de missionária morta em Redenção-PA

Publicado

em

Missionária Francisca Vaz foi encontrada morta em sua casa com um saco de cimento sobre seu tórax.

O juiz César Leandro Pinto Machado, da Vara Criminal da Comarca de Redenção, decretou a prisão dos cinco acusados de participação na morte da missionária Maria Francisca Vaz e da atendente Joanice de Souza.

A decretação da prisão ocorreu durante a audiência de custódia que iniciou no final da manhã desta quarta-feira (13), no Fórum de Redenção.  Os primeiros a serem ouvidos foram os acusados Jean Altamir Rodrigues da Silva e Ricardo Pereira da Silva.

Ao final da audiência, o juiz decretou a prisão dos dois e solicitou que os acusados fossem encaminhados de volta para o Presídio de Redenção. Em seguida foi a vez de Aline Vaz, filha da missionária e mulher de Jean, apontado como mentor intelectual da morte de Francisca. O magistrado não atendeu o pedido de prisão domiciliar dos advogados de Aline, que está em período de amamentação de uma filha de seis meses de vida, e decretou a prisão dela.

Jean Altamir Rodrigues da Silva, genro e Aline Vaz, filha da missionária.

Na mesma decisão foram arrolados o casal Wesley e Euzirene Costa, que voltaram para a cadeia, onde já estavam desde do final da tarde de terça-feira (12). Durante a audiência, uma pessoa do público que acompanhava a sessão foi presa por se manifestar, após o réu confesso Ricardo Pereira ter dito para o juiz que foi ele quem cometeu os dois assassinatos, inocentando os outros quatros acusados.

Em depoimento aos delegados da Polícia Civil, Ricardo afirmara que matou a missionária com a ajuda de Euzirene e que Aline Vaz, Wesley Costa e Euzirene teriam assassinado a atendente Joanice. Diante do juiz César, os acusados Jean, Wesley, Aline e Euzirene negaram a participação dos crimes.

Entenda o caso

O motivo do crime teria sido o interesse de Jean na casa da sogra em uma apólice de seguro que a missionária possuía no valor de R$ 200.000,00.

Já a atendente Joanice Oliveira de Jesus, sobrinha da cabeleireira, teria sido morta por estar na casa no momento em que os criminosos entraram na residência para cometer o assassinato.

De acordo com o delegado Antônio Miranda Neto, a missionária teria sido assassinada pelo membro da Igreja Tabernáculo, de prenome Ricardo, que receberia a importância de R$ 5.000,00 para praticar o crime.  Ricardo era amigo da missionária e frequentava a casa da vítima. Os outros dois envolvidos e que estão presos são Euzilene e Wesley, os quais a polícia ainda vai esclarecer a participação no caso.

O delegado Antônio Miranda Neto relatou à imprensa que o elemento de nome Ricardo, durante o depoimento, disse que chegou à casa da missionária com o propósito de realizar uma campanha de oração na casa de Francisca e por isso ela abriu a porta.

Em seguida, o genro, a filha Aline e os outros dois integrantes chegaram à residência para aquele que seria um culto macabro. Ainda segundo o depoimento de Ricardo, ele assassinou a missionária enquanto que Joanice foi morta por Aline e o marido Jean.

Os cinco acusados foram ouvidos pela polícia até a madrugada desta terça-feira, e durante o dia de hoje novas informações serão repassadas pela força-tarefa da Polícia Civil que está investigando o caso.

Após o término do interrogatório, os envolvidos foram transferidos para o Presídio de Redenção. (Dinho Santos/Correio de Carajás)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Pará

MARABÁ: Águia pega o Tapajós neste domingo

Publicado

em

Neste domingo, 7, o Águia de Marabá, vai até Belém, enfrentar o Tapajós, da cidade de Santarém, pela segunda rodada do Campeonato paraense 2021. A partida será realizada no estádio Luiz Omar Pinheiro, o Mamazão, no distrito de Outeiro, região metropolitana de Belém, às 10h, por conta da pandemia do novo coronavírus, o Boto não vai mandar nenhuma partida em Santarém, no estádio Colosso do Tapajós.

Segundo a comissão técnica, o Boto deve mandar outras partidas do Parazão no mesmo local.

O Águia estreou na competição, vencendo a Tuna luso, no Zinho de Oliveira, em Marabá, por 3 a 2. Já o Tapajós, perdeu para o Independente em Tucuruí por 1 a 0.

Continue lendo

Pará

TUCURUÍ: Independente fica no empate com Tuna Luso em Belém

Publicado

em

Tuna Luso e Independente Tucuruí empataram em 2 a 2 na manhã deste sábado, 6. O confronto aconteceu no Estádio do Souza, em Belém, pela segunda rodada do Campeonato Paraense 2021. No primeiro tempo, a Lusa saiu na frente com Pedrinho, aos 34, mas sofreu o empate do Galo Elétrico um minuto depois, através do artilheiro Danrlei. Na volta do intervalo, Railson, aos 14, se aproveitando de uma falha do goleiro Evandro Gigante, virou o resultado a favor do time tucuruiense. Aos 20, entretanto, Neto, em um bonito gol de fora da área, deixou tudo igual. No geral, a Cruz de Malta foi melhor, mas errou demais diante de um Galo eficiente.

A Tuna – que ainda não venceu – somou o primeiro ponto no Grupo B, está na segunda colocação, mas corre o risco de ficar na lanterna ao final da rodada. No Grupo C, o Independente, com quatro pontos, só pode perder a liderança para o Águia de Marabá, que tem três e enfrenta o Tapajós, em Belém, neste domingo – clique e confira a tabela de classificação e os jogos do Parazão.

Na quarta-feira, dia 10, a Tuna mede forças com o Castanhal no Modelão, a partir das 10h. O Independente Tucuruí só volta a campo no dia 14, um domingo, contra o Gavião Kyikatejê, no Zinho Oliveira, às 16h.

Continue lendo

Pará

PARAUAPEBAS: Idosos com 80 anos começam a ser vacinados

Publicado

em

Com a chegada de mais 890 doses da vacina Covishield, referente à 4ª remessa da 1ª fase de imunização, Parauapebas dá seguimento ao plano de vacinação. 15% deste quantitativo atenderá os profissionais de saúde, entre eles, os que trabalham no presídio.

As demais doses serão destinadas aos idosos. Além das pessoas com mais de 90 anos, o município começou a imunizar esta semana idosos a partir de 80 anos. A secretaria municipal de Saúde (Semsa) reforça que a vacinação segue normalmente, de acordo com disponibilidade das vacinas.

A vacinação pode ocorrer em domicílio, caso o idoso tenha dificuldade de locomoção. Para isso, um familiar e/ou responsável deverá solicitar o atendimento preferencial na secretaria de saúde, localizada na rua E, nº 481 – bairro Cidade Nova, das 7h às 11h e das 13h às 17h.  

“Pedimos a compreensão da população, principalmente para o público prioritário. Conforme Nota Técnica nº 013, emitida pelo Ministério da Saúde, devemos antecipar a imunização dos idosos, paralelamente a vacinação dos profissionais de saúde”, explicou Michele Ferreira, Diretora da Vigilância em Saúde.

“No atual cenário, a quantidade de doses disponibilizada para os estados e municípios ainda não é suficiente para alcançar todo o esquema vacinal da primeira fase. Assim, à medida em que as doses forem chegando, os calendário será devidamente seguido para cada grupo populacional”, conclui Gilberto Laranjeiras, secretário de saúde. (Nívea Lima / Foto: Elienai Araújo)

Continue lendo
publicidade Bronze