- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
sábado, 13 / julho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Julimá diz que Terciliano tenta tumultuar eleição da UVET. “Sentiu que perdeu e partiu pro desespero”

Mais Lidas

Julimá Brito (PP), vereador do município de Aguiarnópolis, no Bico do Papagaio, criticou a forma como o também vereador Terciliano Gomes (PSD), vem conduzindo a eleição da União dos Vereadores do Estado do Tocantins (UVET). Julimá é um dos membros fundadores da instituição.

Segundo Julimá, Terciliano está tentando tumultuar o processo eleitoral, criando exigências que segundo ele, até então, não existiam. “Ele sentiu que o candidato apoiado por ele, vai perder no voto, e agora a única alternativa que restou, foi tentar, obstaculizar o processo e provocar tensionamentos”, disse.

Julimá afirmou que na quarta-feira, 29, foi o último dia de Terciliano como presidente da UVET, e que o mandato teria se encerrado, sem que ele convocasse uma nova eleição, dentro do prazo estabelecido pelo Estatuto. “Agora, e só agora, ele ressurge, no último dia do mandato, baixa uma série de normas e exigências, de última hora, que não existiam antes, e acha que está tudo normal. Deveria criar vergonha, ter humildade e deixar uma comissão mista comandar o processo, até porque o mandato dele acabou ontem. Ele não é mais presidente. Está no cargo de forma irregular”, disse o parlamentar.

Julimá também cobrou, que Terciliano devolva toda estrutura material, inerente a UVET, como veículo e cotas. Caso não faça, haverá uma interpelação judicial, junto aos órgãos de fiscalização. “Vamos acionar o Tribunal de Contas e o Ministério Público, se continuar usando. E depois vamos fazer auditoria. É importante ele se atentar a tudo isso, para depois não se complicar”, afirmou o vereador de Aguiarnópolis.

“Pedimos para ele, que apenas faça o rito das eleições, dentro do que manda o estatuto, sem inventar ou criar. Se ele fosse um cara correto, até porque foi por vários anos presidente da UVET, era momento de conduzir o processo com seriedade, lisura, não se envolver em candidatura de ninguém, e sair grande. Mas pelo que estou vendo, está seguindo em órbita contrária”, finalizou.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias