Connect with us

Bastidores

Kátia Abreu diz que TO é o pior em máquina pública e não atraí investidores

Publicado

em

A senadora Kátia Abreu em visita ao município de Peixe se reuniu nessa sexta-feira, 1º de dezembro, com os vereadores, vice- prefeito e prefeito, João Carlos Lima (Patiu) e José Augusto Bezerra, respectivamente, e disse que o Tocantins tem a pior máquina pública do país. Segundo a parlamentar o estado ficou em 27º lugar no livro de competitividade, resultado que não atraí investidores para o Tocantins. O encontro foi na Câmara Municipal da cidade.

“Imaginem que vocês têm um dinheiro no bolço ou um grande crédito no banco e querem ampliar ou montar um negócio. O que vocês acham que esse empresário faz na hora de escolher para onde ele vai. Após receber o convite ele vai analisar a situação do lugar. Primeiro decide o estado que vai e depois o município. O que ele quer do Estado? Pega o livro da competitividade, o último que saiu agora e veja qual é a pior máquina pública do país? O Tocantins, que ficou em 27º sozinho, com ineficiência no Legislativo e no Executivo, com custos altíssimos. O estado com maior número de cargos comissionados, 18 mil. Sabem quantos a Noruega tem direito quando troca o governo? 26. O Estados Unidos, 4 mil e o Brasil, 12 mil.  Esse índice de competitividade têm 10 pilares e é fantástico só n ão é melhor porque o nosso estado ficou muito mal. Não tem como atraímos investidores para um estado com índices péssimos em infraestrutura, saúde e segurança pública”, disse Kátia Abreu.

Na ocasião a senadora falou sobre sua pré-candidatura ao Governo do Estado e quis ouvir dos parlamentares os anseios da população e da região. Os vereadores e o gestor da cidade pontuaram as dificuldades do município, dentre elas a falta de água na zona rural, a deficiência em infraestrutura, principalmente as entradas para o escoamento da produção agrícola, e a falta de emprego.

Kátia Abreu disse que há 10 anos o Tocantins está sem projeto e que é preciso reorganizá-lo, direcionar os questionamentos sobre onde o estado quer chegar. “Empresários, trabalhadores, produtores todos se questionam o que o Tocantins quer de nós, aonde ele quer chegar? Com quais projetos? O pai de família trabalha e economiza para realizar seu projeto de aumentar a casa: constrói mais um quarto, uma varanda, uma piscina e vai fazendo aos poucos. O Tocantins não tem projeto para um quarto, pra piscina pra nada quem está tocando o Tocantins são os patrões da iniciativa privada e seus trabalhadores, as instituições que não são governo, os Sistemas S, e os prefeitos a duras penas. Nós precisamos recompor um projeto para o estado, para o agronegócio, para o turismo, para a mineração e para a industrialização que é o ponto chave que ouvi aqui hoje”, defende a senadora.

Produtores rurais

A senadora também se reuniu com trabalhadores e produtores rurais na fazenda Anta, de propriedade de Moacir Zancanella. O grupo falou sobre as demandas do setor para à parlamentar, a exemplo da falta de manutenção das estradas que dificulta o escoamento da produção.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bastidores

Contribuintes já podem baixar programa para preencher e entregar a declaração do IR 2021

Publicado

em

Os contribuintes já podem baixar o programa para preencher e entregar a declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física 2021. O programa para computador está disponível no site da Receita Federal. O prazo para entrega da documentação vai da próxima segunda-feira (1º) até o dia 30 de abril. 
 
A Receita Federal espera receber até 32 milhões de declarações este ano. O órgão estima que 60% delas terão restituição de imposto que, assim como em 2020, será devolvido em cinco lotes, nos meses de maio, junho, julho, agosto e setembro. (Brasil 61)

Continue lendo

Bastidores

Tiago Dimas é o novo coordenador da bancada federal do Tocantins

Publicado

em

Escolhido nesta terça-feira, 23 de fevereiro, novo coordenador da bancada tocantinense no Congresso Nacional, o deputado federal Tiago Dimas (Solidariedade) pregou trabalho conjunto com todos os deputados federais e senadores do Estado.

Tiago Dimas irá coordenar a bancada neste ano de 2021, em substituição a senadora Kátia Abreu (PP), que comandou os trabalhos no ano passado. “Nossa responsabilidade é enorme. Hoje, a quase totalidade dos investimentos públicos que o Tocantins recebe é através da bancada federal, seja via emendas, ou por meio de recursos articulados por nós aqui em Brasília. Então, se não fosse os oito deputados federais e os três senadores o Estado e os nossos municípios praticamente não teriam investimentos”, destacou o parlamentar.

Tiago Dimas lembrou, ainda, que a bancada federal e as emendas foram importantes, inclusive, para despesas de manutenção da máquina pública dos municípios. “Nós sabemos a dificuldade de cada prefeito, de cada prefeita. Atender os municípios é ajudar diretamente a população”, destacou o deputado.

O parlamentar informou que pretende manter um diálogo permanente com o governo do Estado e com o governo federal. “Há muitas questões de interesse do Tocantins tramitando em Brasília. O trabalho de um congressista e da bancada não se limita só aos recursos. Por exemplo, agora vamos debater a questão de ICMS combustíveis, algo que pode afetar muito o governo do Tocantins e os próprios municípios, que recebem 25% do ICMS arrecadado. Precisamos de um diálogo aberto e franco sobre esse tema e todos os outros que podem interferir nas finanças públicas do Tocantins”, destacou Tiago Dimas.

Por fim, o deputado agradeceu a confiança de todos os colegas. “Aqui somos um grupo e todos foram eleitos com o objetivo de ajudar o Tocantins a crescer, trazer desenvolvimento e qualidade de vida para a população. É isso que estamos fazendo e vamos continuar nesse rumo”, salientou. (Daniel Machado)

Continue lendo

Bastidores

Célio Moura segue em recuperação

Publicado

em

O deputado federal, Célio Moura (PT), segue sua recuperação, após sofrer um acidente na rodovia BR-153, no inicio de janeiro deste ano, O irmão do congressista, Marcilon Moura, 60 anos, morreu na colisão.

Nesta terça, Moura publicou imagem de um retonor médico que fez, depois de 15 dias de alta hospitalar.

“Amigas e amigos, sigo firme na batalha da plena recuperação, muito feliz e confiante que logo após das sessões de fisioterapia – que estão agendadas – já possa retornar de corpo e alma para cumprir – com muita honra e compromisso com os trabalhadores – o nosso Mandato Popular e de Luta, que me foi conferido pelo povo tocantinense”, escreveu o parlamentar.

Continue lendo
publicidade Bronze