- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 17 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img

Kátia Abreu participa com Mourão e embaixadores de missão à Amazônia

Mais Lidas

A senadora Kátia Abreu (PP) participa de viagem à Amazônia Oriental, em missão do Conselho Nacional da Amazônia Legal (Cnal), liderado pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão. O objetivo da missão diplomática, que teve início na quarta-feira (8), é mostrar as ações do governo federal para proteger, preservar e desenvolver a região. A missão conta ainda com a participação de diplomatas, parlamentares, representantes do governo federal e jornalistas. 

Participam também da missão os embaixadores do Japão, Espanha, União Europeia, Angola, Paraguai, França, Índia, Uruguai, Reino Unido e Suíça; a secretária-geral da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), Maria Alexandre Moreira Lopez; a presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CRE), senador Nelsinho Trad (PSD-MS), e representantes dos ministérios de Minas e Energia, Meio Ambiente, Relações Exteriores e Ciência, Tecnologia e Inovações. 


A programação prossegue esta sexta (10) e está concentrada nas cidades de Parauapebas, Altamira, Medicilândia e Belém, onde a ocupação humana está consolidada e grandes projetos de mineração e infraestrutura convivem com ações de proteção ambiental e de expansão da bioeconomia. Estão previstos sobrevoos às Operações da Vale e à Floresta Nacional dos Carajás além de visita ao complexo mineiro da cidade. Os integrantes da comitiva também vão conhecer o Parque Zoobotânico, sobrevoar a Volta Grande do Xingu e visitar as instalações da usina hidroelétrica de Belo Monte. A agenda inclui ainda visitas à fábrica da Gencau, ao Museu Emílio Goeldi e ao Instituto Evandro Chagas, primeira instituição cientifica da região amazônica.

Preservação 

O Parlamaz elegeu quatro temas principais para fins de  acompanhamento e diplomacia parlamentar: monitoramento genômico do coronavírus na região amazônica por meio de cooperação dos institutos nacionais de higiene; acompanhamento do acesso a vacinas e insumos de saúde relacionados à covid;  realização de congresso ou seminário para debater o desenvolvimento sustentável da região; e monitoramento da preservação da Amazônia.

Na avaliação de Nelsinho Trad, participar da missão diplomática amplia o horizonte de ações do Parlamaz diante dos desafios e do potencial da região.

“Teremos uma visão in loco do que realmente acontece na Amazônia. Conhecimento necessário para medidas que possam assegurar a proteção efetiva do meio ambiente e da população local. Precisamos demonstrar as ações do Brasil para o controle e proteção do bioma. A Amazônia tem voz e representatividade, o Parlamento Amazônico está vivo. Cabe a nós, representantes do povo, unirmos esforços pelo desenvolvimento sustentável e proteção das populações desse território”, conclui Nelsinho Trad.

Esta é a segunda etapa de iniciativa do Cnal para apresentar a Amazônia brasileira. Em 2020, Nelsinho Trad participou também da viagem ao lado ocidental, com visita às cidades de Manaus, São Gabriel da Cachoeira e Maturacá, no estado do Amazonas. 

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias