Connect with us

Bastidores

Kátia Abreu participa com Mourão e embaixadores de missão à Amazônia

Publicado

em

A senadora Kátia Abreu (PP) participa de viagem à Amazônia Oriental, em missão do Conselho Nacional da Amazônia Legal (Cnal), liderado pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão. O objetivo da missão diplomática, que teve início na quarta-feira (8), é mostrar as ações do governo federal para proteger, preservar e desenvolver a região. A missão conta ainda com a participação de diplomatas, parlamentares, representantes do governo federal e jornalistas. 

Participam também da missão os embaixadores do Japão, Espanha, União Europeia, Angola, Paraguai, França, Índia, Uruguai, Reino Unido e Suíça; a secretária-geral da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), Maria Alexandre Moreira Lopez; a presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CRE), senador Nelsinho Trad (PSD-MS), e representantes dos ministérios de Minas e Energia, Meio Ambiente, Relações Exteriores e Ciência, Tecnologia e Inovações. 


A programação prossegue esta sexta (10) e está concentrada nas cidades de Parauapebas, Altamira, Medicilândia e Belém, onde a ocupação humana está consolidada e grandes projetos de mineração e infraestrutura convivem com ações de proteção ambiental e de expansão da bioeconomia. Estão previstos sobrevoos às Operações da Vale e à Floresta Nacional dos Carajás além de visita ao complexo mineiro da cidade. Os integrantes da comitiva também vão conhecer o Parque Zoobotânico, sobrevoar a Volta Grande do Xingu e visitar as instalações da usina hidroelétrica de Belo Monte. A agenda inclui ainda visitas à fábrica da Gencau, ao Museu Emílio Goeldi e ao Instituto Evandro Chagas, primeira instituição cientifica da região amazônica.

Preservação 

O Parlamaz elegeu quatro temas principais para fins de  acompanhamento e diplomacia parlamentar: monitoramento genômico do coronavírus na região amazônica por meio de cooperação dos institutos nacionais de higiene; acompanhamento do acesso a vacinas e insumos de saúde relacionados à covid;  realização de congresso ou seminário para debater o desenvolvimento sustentável da região; e monitoramento da preservação da Amazônia.

Na avaliação de Nelsinho Trad, participar da missão diplomática amplia o horizonte de ações do Parlamaz diante dos desafios e do potencial da região.

“Teremos uma visão in loco do que realmente acontece na Amazônia. Conhecimento necessário para medidas que possam assegurar a proteção efetiva do meio ambiente e da população local. Precisamos demonstrar as ações do Brasil para o controle e proteção do bioma. A Amazônia tem voz e representatividade, o Parlamento Amazônico está vivo. Cabe a nós, representantes do povo, unirmos esforços pelo desenvolvimento sustentável e proteção das populações desse território”, conclui Nelsinho Trad.

Esta é a segunda etapa de iniciativa do Cnal para apresentar a Amazônia brasileira. Em 2020, Nelsinho Trad participou também da viagem ao lado ocidental, com visita às cidades de Manaus, São Gabriel da Cachoeira e Maturacá, no estado do Amazonas. 

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bastidores

Governo do Tocantins abriu o orçamento de 2022, nesta terça-feira, 25

Publicado

em

O Governo do Tocantins começa nesta terça-feira, 25, a execução orçamentária e financeira do exercício de 2022, com a abertura do Sistema Integrado de Administração Financeira do Estado do Tocantins (Siafe-TO), dentro das exigências da Secretaria do Tesouro Nacional (SNT) e do Tribunal de Contas do Estado (TCE), quanto à classificação das fontes ou às destinações de recursos a serem utilizadas por estados, Distrito Federal e municípios.

“A implantação dessa nova classificação de fontes vai facilitar o controle e o acompanhamento da execução orçamentária pelos órgãos de controles, e, consequentemente, possibilitará maior transparência na aplicação dos recursos públicos”, explica o secretário de Estado da Fazenda, Júlio Edstron Secundino Santos. Ele acrescenta que essa implantação deixa o Tocantins em uma situação confortável, já que a obrigatoriedade de sua implantação, de acordo com a Portaria 710/21 da Secretaria do Tesouro Nacional, seria apenas em 2023.

A Lei n° 3.843/2021, que estima a receita e fixa a despesa do Estado do Tocantins para o exercício de 2022, traz o valor de R$ 11.453.132.911,00 para o Governo do Estado investir em políticas públicas e na destinação de recursos à Assembleia Legislativa, ao Tribunal de Justiça, ao Ministério Público Estadual e à Defensoria Pública.

A divisão do orçamento ficou da seguinte forma:

Poder Legislativo do Estado do Tocantins: R$ 417.827.440,00;

Poder Judiciário do Estado do Tocantins: R$ 694.855.187,00;

Ministério Público do Estado do Tocantins: R$ 222.487.115,00; 

Defensoria Pública Do Estado Do Tocantins: R$ 159.343.731,00;

Poder Executivo – Administração Direta: R$ 4.459.400.575,00;

Poder Executivo – Administração Indireta: R$ 5.499.218.863,00.

Continue lendo

Bastidores

Wander Saraiva é homenageado com Título de Cidadão Benemérito Senador João Ribeiro

Publicado

em

O empresário ananaense e atual prefeito de Abadia de Goiás, Wander Saraiva de Carvalho, foi homenageado pela Assembleia Legislativa do Tocantins, com o Título de Cidadão Benemérito Senador João Ribeiro. A honraria foi pedida pela deputada Luana Ribeiro (PSDB) e teve aprovação de todos os parlamentares, sendo sancionada pelo governador em exercício Wanderlei Barbosa.

Wander Saraiva de Carvalho, nasceu em 13 de dezembro de 1965, na cidade de Ananás, Tocantins, filho de José Gonçalves de Carvalho e Raimunda de Carvalho. Casado com a empresária Sarah Cristina Borges Carrijo, tem três filhos (as): Laila, Valentina e Gabriel, sendo morador de Abadia de Goiás desde 2004, onde sempre investiu na cidade no ramo de construção civil.

Empreendedor por natureza, após fazer um curso técnico no SENAI/Escola Técnica e posteriormente um curso de fabricação de cadeiras de rodas, deu início à sua primeira empresa de fabricação de cadeiras de rodas, onde nos dias atuais, fornece seus produtos para todo país e exporta para outros países.

Tornou-se técnico especialista em fabricação de órteses e próteses pela ABOTEC, (Associação Brasileira de Ortopedia Técnica), sendo responsável Técnico e fundador do grupo Ortopedia Brasil, empresa essa, onde ranqueada entre as maiores fabricantes do Brasil, no seguimento de órteses e próteses e cadeiras de rodas.

Foi um dos fundadores e presidente da ACITEG, (Associação dos Acidentados do Estado de Goiás), entidade de grande relevância na defesa dos acidentados e deficientes no Estado de Goiás.

Como Conselheiro Técnico, participou da fundação do conselho deliberativo para a construção do Centro de Reabilitação Dr. Henrique Santilo, conhecido como CRER.

Foi presidente da Associação PRO DIMAG, no Distrito Industrial de Aparecida de Goiânia, onde estão instaladas cerca de 90 indústrias de médio e grande porte, gerando milhares de empregos naquela cidade.

O Título de Cidadão Benemérito Senador João Ribeiro, é destinado a nativos do Tocantins, possuidores de virtudes éticas, morais, profissionais e intelectuais, com atuação a favor do Estado.

Continue lendo

Bastidores

Eduardo Siqueira e Vicentinho Júnior juntos no Palácio com Wanderlei

Publicado

em

Hoje, terça-feira, 25, os deputados Vicentinho Júnior (PL) e Eduardo Siqueira Campos (DEM), federal e estadual respectivamente, estiveram juntos no Palácio Araguaia, para uma reunião com o governador, Wanderlei Barbosa.

Vicentinho Júnior fez questão de lembra que depois de muitos anos sem adentrar no Palácio do Governo, voltava ao local. Ele havia se tornado adversário ferrenho de Carlesse, que comandou o local por quase 4 anos e está afastado do cargo, por suspeitas de corrupção.

O encontro com Wanderlei foi para tratar da PEC dos Pioneiros, a Emenda Constitucional 110 que dá o amparo legal e constitucional ao Executivo para absorver e devolver os direitos conquistados à uma parcela de funcionários públicos. Segundo Vicentinho, Wanderlei Barbosa fez o compromisso de até o dia 25 de fevereiro dar uma resposta conclusiva sobre a questão.

 A reunião deixa claro, que existe também uma aproximação política entre o governador e os dois deputados.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze