Connect with us

Tocantins

Kátia Abreu visita “Vale do Silício” chinês e diz que TO deve produzir tecnologia

Publicado

em

Durante visita nesta quinta-feira (31) ao distrito de Shandi, em Pequim, conhecido como o “Vale do Silício da China”, a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) disse que o Tocantins deve ser produtor de tecnologia, inovação e inclusão digital.

O “Vale do Silício Chinês” ganhou esse apelido em referência à região da Califórnia onde estão concentradas empresas de tecnologia norte-americanas. O local é visto como uma das vitrines da iniciativa do governo chinês de investir em uma economia voltada para inovação e alta tecnologia.

Kátia Abreu afirmou que a região é um exemplo de como empresas de tecnologia aliadas à ensino e inovação são capazes de transformar a realidade de um país. “É uma inspiração para o Tocantins”, disse a senadora, que estava acompanhada pelo presidente da empresa iSoftStone, Walter Fang, e do senador Cristovam Buarque.

“Não queremos um Estado pobre exportador de produto primário para sempre. Queremos um Tocantins inteligente, produtor de tecnologia. Precisamos de oportunidades verdadeiras para um desenvolvimento social sustentável a fim de sermos um continente de prosperidade”, afirmou durante a visita.

A senadora lembrou que propôs aos dois últimos governos estaduais zerar impostos para empresas de tecnologia, com o objetivo de atraí-las para o Tocantins. “Mas infelizmente esse assunto não foi prioridade”, explicou.

A parlamentar destacou iniciativas que estão em curso dentro do estado. Ela já destinou emenda parlamentar no valor de R$ 1 milhão para instalação do Parque Tecnológico em Biotecnologia de Gurupi. Além disso, o prefeito Ronaldo Dimas, de Araguaína, tem projeto para construção de um parque tecnológico, com laboratórios e incubadora de empresas, no município.

Cidades inteligentes

No “Vale do Silício Chinês”, Kátia Abreu visitou a iSoftStone, empresa desenvolvedora de softwares para cidades inteligentes, que são municípios que fazem uso estratégico de infraestrutura e serviços e de informação e comunicação com planejamento e gestão urbana.

O presidente da empresa, Walter Fang, explicou que as cidades inteligentes conseguem se desenvolver economicamente ao mesmo tempo em que se tornam mais eficientes. O resultado é aumento na qualidade de vida dos habitantes.

Kátia Abreu esteve na sala de situação de Pequim, de onde é possível controlar, por exemplo, todo o gasto de energia e de água por quarteirão, por prédio ou até mesmo por apartamento, a fim de identificar onde há desperdício. Dentre as outras inúmeras possibilidades, o software das cidades inteligentes são capazes de desenhar o melhor roteiro para uma ambulância chegar ao hospital mais próximo ou para o Corpo de Bombeiros atender a um incêndio.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

PALMAS: Rumo ao Lockdown. “Se organizem”

Publicado

em

Continue lendo

Tocantins

Seis mortes por Covid-19 são confirmadas no Tocantins nesta sexta dia 26

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que nesta sexta-feira, 26 de fevereiro, foram contabilizados 788 novos casos confirmados para Covid-19.

Deste total, 215 foram registrados nas últimas 24 horas e o restante por exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Desta forma, hoje o Tocantins registra um total de 357.025 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 112.823 casos confirmados da doença. Destes, 101.042 pacientes estão recuperados e 10.272 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além de 1.509 óbitos.

Clique AQUI e veja o boletim completo.

Continue lendo

Tocantins

Superintendente do Sebrae Tocantins discute projetos para MPE em Brasília

Publicado

em

O superintendente do Sebrae, Moisés Gomes, esteve reunido nesta quinta-feira, 25/02, em Brasília-DF com o presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, e o presidente da Associação Brasileira dos Sebrae Estaduais (Abase), Cláudio Mendonça. Na pauta foram discutidos projetos importantes e de interesse das micro e pequenas empresas que estão em andamento no Congresso.

Moisés Gomes comentou que estes projetos que estão em discussão irão contribuir com um ambiente cada vez mais favorável para o desenvolvimento e a produtividade dos pequenos negócios num momento tão delicado como este causado pela pandemia.

“Aproveitamos também para discutir pontos importantes relacionados à implantação abrangente do Cidade Empreendedora no país. Este projeto terá o objetivo de tornar os municípios muito mais competitivos na gestão pública e no fomento ao fortalecimento dos pequenos negócios”, disse o superintendente, acrescentando que no mês de março iniciará um circuito de visitas nos municípios tocantinenses para tratar sobre esta pauta.

Continue lendo
publicidade Bronze