Connect with us

Bico do Papagaio

Lentidão na vacinação em Xambioá, Ananás, Cachoeirinha, Riachinho e Angico faz MP adotar medidas

Publicado

em

O Ministério Público do Tocantins (MPTO) expediu recomendação a cinco municípios do Bico do Papagaio, nesta segunda-feira, 14, orientando pela adoção de medidas que consigam reverter, de forma urgente, os baixos índices de aplicação das doses de vacinas contra Covid-19 recebidas pelas prefeituras. Nas cidades, o percentual de vacinas aplicadas varia entre 62,80% e 67,83%, em relação ao total de doses recebidas.

As recomendações foram emitidas pelas Promotorias de Justiça das comarcas de Xambioá e Ananás, sendo direcionadas aos seguintes municípios: Cachoeirinha (62,30%), Riachinho (62,80%), Ananás (65,07%), Angico (67,30%) e Xambioá (67,83%).

Recomenda-se que as prefeituras apliquem as vacinas no prazo de até 10 dias após o seu recebimento, devendo, para tanto, adotar providências como a ampliação dos pontos e dos horários de vacinação, a realização de ações itinerantes e a organização de mutirões de vacinação nos finais de semana.


Os gestores são orientados também a ampliar os grupos prioritários, incluindo categorias não previstas de forma expressa no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19, como gestantes e puérperas sem comorbidades, conselheiros tutelares, motoristas do transporte público e de aplicativos, bem como entregadores de “delivery”.

Também é recomendado o início imediato da imunização da população em geral, conforme o critério etário, observando-se o estoque atual de doses e o cronograma de entrega de vacinas futuras, com os avanços graduais necessários.

Os prefeitos e secretários municipais de Saúde também são orientados a adotar estratégias específicas com relação à população em situação de vulnerabilidade e a praticar medidas proativas de monitoramento da cobertura vacinal, identificando pessoas que estão com pendências vacinais, inclusive com relação à segunda dose, para a busca ativa dos usuários faltosos.

A recomendação do Ministério Público considera o atual cenário epidemiológico e a necessidade de vacinação da população o mais rápido possível, tendo em vista que a medida pode reduzir o impacto da pandemia sobre o sistema hospitalar e preservar vidas.

O não acatamento dos termos da recomendação pode implicar na adoção de providências administrativas e judiciais com relação aos gestores.

Alimentação de sistemas

Em contato com os secretários municipais de Saúde, as Promotorias de Justiça de Xambioá e Ananás também têm solicitado a adoção das providências necessárias para as informações relacionadas à vacinação sejam incluídas nos sistemas oficiais em tempo real, de modo que as informações disponíveis ao público e às autoridades reproduzam a realidade.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ANGICO: Emenda de Amélio Cayres garante nova ambulância para o município

Publicado

em

O município de Angico, no Bico do Papagaio, tem R$ 100 mil disponíveis para a compra de uma ambulância. O recurso foi destinado pelo deputado estadual, Amélio Cayres (SD), por meio de emenda que já foi paga.

A nova ambulância vai ajudar a garantir mais segurança e conforto no atendimento direto dos pacientes.

Amélio disse que a Saúde é uma área que sempre precisa de investimentos, principalmente por se tratar de vidas e colocar um veículo para atendimento da população ajuda o sistema municipal de Saúde a prestar melhor atendimento a população.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Municípios do Bico são orientados para preenchimento dos Termos de Adesão ao Programa Criança Feliz

Publicado

em

A Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), informa aos gestores municipais de assistência social, dos municípios tocantinenses elegíveis e interessados em aderir ao Programa Criança Feliz, que o Termo de Aceite do Programa Criança Feliz/Primeira Infância no Sistema Único de Assistência Social (Suas), para os municípios que ainda não aderiram, bem como a solicitação para ampliação das metas, aos que já têm adesão já estão disponíveis no site do Ministério da Cidadania.

A coordenadora do Criança Feliz no Tocantins, Katilvânia Guedes, informa que o prazo de adesão se encerra em 31 de dezembro de 2021 e orienta, aos gestores, que preencham o Termo de Adesão no prazo determinado e o quanto antes. “Os gestores devem preencher o documento o mais cedo possível, porque há um limite de metas e de vagas de adesão, conforme disposição orçamentária e financeira do Ministério da Cidadania, para o financiamento do Programa Criança Feliz nos municípios”, alerta.

Os critérios para elegibilidade estão dispostos na Portaria MC n° 664, de 2 de setembro de 2021, que consolida os atos normativos do Programa Criança Feliz (PCF) e apresenta os critérios de elegibilidade e adesão municipal, referenciados nos artigos 29 ao 31: Art. 29. (Com informações de Eliane Tenório)

Continue lendo

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: AGETO diz que iniciou última fase de recapeamento da Avenida Goiás

Publicado

em

O perímetro urbano de Augustinópolis já está recebendo os serviços de imprimação e aplicação de CBUQ (concreto betuminoso usinado a quente), que é o asfalto popularmente dito. Os maquinários pesados estão executando todo trecho da TO-201, que compreende a Avenida Goiás, principal via da cidade. Esses serviços são executados pela Agência Tocantinense de Transporte e Obras (Ageto).

Caso as condições climáticas permitam, a previsão é de que os serviços sejam concluídos em 10 dias.

O trajeto tem cerca de 7 km, somando os dois lados da pista. Os serviços de reconstrução também contam com o processo de revitalização do canteiro central.  A obra, além de garantir o melhor tráfego de veículos e incentivo ao turismo, irá melhorar a qualidade de vida dos moradores locais.

A obra em Augustinópolis faz parte de um projeto que prevê a reconstrução de perímetros urbanos de rodovias em quatro municípios. Além dessa cidade, Axixá, Ananás e Araguatins também serão beneficiadas pelos trabalhos.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze