Connect with us

Maranhão

Livro sobre Práticas Policiais Militares será lançado na UFMA na próxima terça, 15, em Imperatriz

Publicado

em

A obra “Praça Velho: Socialização, Representações e Práticas Policiais Militares”,  do Professor Dr. Agnaldo José da Silva, será lançada no dia 15 de maio, às 18h30, no auditório da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). O lançamento do livro faz parte da programação da II Jornada Acadêmica, realizada pelo curso de Ciências Humanas da UFMA.

O livro é fruto da dissertação de Mestrado do professor Agnaldo, elaborada em 2002. “Fala do processo de socialização dos policiais militares, partindo de quatro categorias de condutas desses profissionais: ‘Praça Velho’, ‘Caxias’, ‘Moita’ e ‘Rambo’”,explica o autor.

No título da obra, o autor já apresenta o termo “praça velho”, que se refere aos profissionais da polícia mais experientes e que fazem uso de um “jeitinho brasileiro”. Outros termos também são expostos: o “Caxias” ( aquele que leva a sério as regras), o “Moita” (mais reservado) e o “Rambo” (que busca ficar sempre em evidência).

A temática é abordada dentro de um contexto de hierarquia. O estudo foi feito a partir de uma pesquisa de campo realizada na Academia de Polícia Militar da cidade de Goiânia (GO). O fato de o professor Agnaldo ter feito parte do quadro da polícia durante oito anos foi determinante por o seu interesse pelo assunto.

Segundo o autor do livro,  o material se destina aos pesquisadores nas áreas de Ciências Humanas e Sociais, aos profissionais da polícia e a todos que se interessarem pelo tema. A obra poderá seradquirida por R$ 10,00, durante o lançamento, na UFMA. (Ascom UFMA Imperatriz)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

ESTREITO: Orla corre risco de desmoronamento

Publicado

em

A Defesa Civil informou que há riscos de desmoronamento em partes da estrutura da Orla, na cidade de Estreito, na região Tocantina maranhense, que faz divisa com o Bico do Papagaio.

A Prefeitura solicitou que a população não ultrapasse as áreas interditadas que estão identificadas com as fitas zebradas.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Marginais estão saqueando casas alagadas

Publicado

em

Famílias da cidade de Imperatriz, na região Tocantina, sul do Maranhão, que faz divisa com o Bico do Papagaio, em São Miguel, além de passagem por sérias dificuldades por conta da enchente do Rio Tocantins, estão sendo vítimas de criminosos que estão saqueando as casas durante a madrugada.

Os marginais estão roubando telhas e fiação elétrica das residências.

A Polícia Militar de Imperatriz deflagrou a “Operação Anfibius” para caçar os delinquentes. A operação, que irá ocorrer até a normalização do nível do Rio Tocantins, com patrulhamento nas áreas alagadas com utilização de carros e lanchas.

Continue lendo

Maranhão

Técnico de enfermagem é suspeito de furtar medicamentos da rede pública no Maranhão

Publicado

em

Um técnico de enfermagem, pertencente a Rede Municipal de Saúde de Santa Luzia, a 294 km de São Luís, foi preso na tarde de domingo (16) suspeito de furtar medicamentos do hospital do município. A prisão foi realizada pela Polícia Militar (PM) após denúncia anônima.

A PM foi informada que o técnico de enfermagem, de 46 anos, que não teve a sua identidade revelada, aproveitava os plantões de fim de semana para praticar os furtos. A polícia revistou o carro do funcionário e no local foram encontrados alguns medicamentos do hospital público.

A polícia apreendeu frascos, de pelo menos, oito tipos de medicamentos. Além disso, foi encontrada uma carteira de identidade com a foto dele e o nome de outro homem. Também havia com ele um bloco de receita de controle especial, que fica sob responsabilidade do diretor do hospital e que somente o diretor deveria liberar esse documento.

Os policiais ainda apreenderam também carimbos em nome de dois médicos. O técnico de enfermagem foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Santa Inês.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze