Connect with us

Bico do Papagaio

Lobão monta esquema para controlar Serra Pelada

Publicado

em

Uma operação articulada pelo senador e ex-ministro de Minas e Energia Edison Lobão está por trás do projeto de retomada da exploração de ouro no lendário garimpo de Serra Pelada, no sul do Pará. A operação envolve pagamentos suspeitos a cabos eleitorais de Lobão e um emaranhado de empresas – algumas de fachada – abertas no Brasil e no Canadá.

O projeto de retomada da exploração do garimpo ganhou força quando Lobão esteve no comando do ministério, de janeiro de 2008 a março deste ano. Com aval do governo, a exploração será feita pela Serra Pelada Companhia de Desenvolvimento Mineral, empresa criada a partir de um contrato entre a desconhecida Colossus Minerals Inc., com sede em Toronto, no Canadá, e a Cooperativa dos Garimpeiros de Serra Pelada (Coomigasp), que reúne 40 mil garimpeiros e detém os direitos sobre a mina.

Este ano, por duas vezes o presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a programar visita a Serra Pelada para anunciar a reabertura do garimpo. Mas as duas viagens foram canceladas de última hora. Nas palavras de um auxiliar do presidente, a desistência se deu porque o Planalto avaliou que o acordo com a Colossus é prejudicial aos garimpeiros. “Os leões querem ficar com todo o ouro”, disse o assessor.

Por ordem da Presidência, o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) e o ministério tiveram de firmar um termo de compromisso com a Colossus em que a empresa canadense se compromete a ajustar cláusulas do contrato com potencial de prejuízo aos garimpeiros.

Como senador e depois como ministro, Lobão atuou pessoalmente em várias frentes, dentro e fora do governo, para possibilitar o negócio. Primeiro, operou para formalizar a Coomigasp como proprietária do garimpo.

Nos bastidores, ainda em 2007, como senador, Lobão atuou para conseguir que o governo federal convencesse a Vale, até então detentora da mina, a transferir à cooperativa seus direitos de exploração de ouro e outros metais nobres em Serra Pelada.

A Vale submeteu a proposta a seu conselho de administração, que concordou em atender ao pedido de Brasília e, em fevereiro de 2007 assinou um “termo de anuência” repassando à cooperativa dos garimpeiros o direito de explorar a mina principal.

No ano passado, já com Lobão ministro, o governo fez nova gestão em favor do negócio e obteve da Vale os direitos sobre mais 700 hectares de Serra Pelada.

Ao jornal O Estado de São Paulo, o secretário de Geologia e Mineração, Claudio Scliar, que elogia o desempenho de Lobão na condução da reabertura de Serra Pelada, admitiu ser amigo de geólogos brasileiros que integram o comando da Colossus, como Pérsio Mandetta, Darci Lindenmeyer e Augusto Kishida. “O Darci chegou a ser meu chefe no passado”, diz.

Garantido formalmente o direito da Coomigasp de operar no garimpo, Lobão lançou outra ofensiva. Desta vez, para tomar o controle da cooperativa. Num processo conturbado, marcado por ações judiciais e violência, garimpeiros do Maranhão ligados ao ex-ministro conseguiram assumir a Coomigasp.

É justamente nessa época que surge a Colossus. A proposta de contrato com a empresa foi aprovada a toque de caixa pelos associados da cooperativa. Pelo acerto, a Colossus entra com capital e tecnologia e a cooperativa cede seus direitos sobre a mina. Pesquisas autorizadas pelo DNPM indicam haver pelo menos 20 toneladas de ouro no subsolo de Serra Pelada. Geólogos com acesso às sondagens mais recentes afirmam, porém, que a quantidade pode passar de 50 toneladas.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
2 Comments

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Sargento do Exército morto em acidente de trânsito é sepultado

Publicado

em

Foi enterrado neste domingo (29), em Tocantinópolis, no Bico do Papagaio, o corpo do 3º Sargento do Exército Valenttim de Oliveira, que morreu após um acidente registrado na BR-010, perímetro urbano de Palmas, na noite de sexta-feira (27).

Segundo informações da Polícia Militar, dois militares do Exército morreram e um ficou ferido, após o carro capotar na rodovia. Além de Valenttim, o cabo Jhomes Gleiton Lima também não resistiu. O corpo dele deve ser sepultado nesta segunda-feira (30), em Paragominas (PA), onde vive a família.

O terceiro militar ficou ferido e foi levado para o Hospital Geral de Palmas. A informação do Exército é que ele está bem. O cabo passou por exames e por avaliação médica e segue internado no HGP.

O acidente

A PM foi chamada para atender o acidente na noite de sexta-feira e no local, se deparou com o veículo, um monza na cor marrom, capotado. Dentro do veículo, havia um cabo do Exército preso às ferragens.

O dono do carro, também cabo do Exército estava do lado de fora com sinais vitais, mas inconsciente. O sargento Valenttim também foi encontrado fora do veículo, já sem vida.

Segundo testemunhas, o automóvel seguia no sentido sul da cidade, quando capotou. Os dois cabos foram encaminhados para o hospital, mas Jhomes Gleiton, o proprietário do veículo, acabou morrendo no Hospital Geral de Palmas.

Os militares são lotados no 22° Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro. Em nota, a corporação informou que os militares estavam em horário de folga e que o acidente não envolveu outro veículo.

“Face ao ocorrido, o 22º BI e seus integrantes lamentam o ocorrido e estendem suas condolências aos familiares e amigos; e informam que se mantêm prestando assistência às famílias dos militares”.

Continue lendo

Bico do Papagaio

WANDERLÂNDIA: Contenda entre irmãos termina em morte no povoado Ponta de Areia

Publicado

em

Uma discussão entre três irmãos terminou com uma morte no povoado Ponta de Areia, em Wanderlândia, no Bico do Papagaio. A Polícia Militar informou que um homem de 45 anos teria ferido a irmã mais nova, de 43 anos, e depois foi morto pela irmã mais velha, de 53 anos.

A confusão aconteceu por volta das 20h de sexta-feira (27). Quando a polícia chegou ao local encontrou o homem morto e deitado em uma rede. O sobrinho da vítima, que tem 20 anos, contou que estava em casa e acordou com os gritos da própria mãe, a mulher de 43 anos.

O jovem afirmou que a mãe tinha sido ferida com golpes de faca e tentou defendê-la, agredindo o tio com um pedaço de madeira na cabeça. Logo depois, a mulher de 53 anos chegou ao local bastante agitada e agressiva.

A irmã mais velha deu vários golpes no irmão de 45 anos, que morreu no local. A suspeita fugiu do local, mas se apresentou na delegacia da cidade durante a madrugada deste sábado (28) junto com a arma do crime.

A perícia esteve no local da morte e o corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal. A suspeita foi levada para a central de flagrantes de Araguaína. Ainda segundo a PM, o celular do sobrinho de 20 anos foi apreendido para averiguação. (G1)

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Raimundo Marinho morre no DF aos 78 anos

Publicado

em

Morreu na madrugada deste sábado, 28, o tradicional morador araguatinense, Raimundo Rodrigues Marinho. Bastante conhecido no município, onde criou 5 filhos, ele morreu no Hospital Santa Luzia, na Asa Sul, em Brasília.

Ele já há alguns anos, enfrentava problemas de saúde.

Raimundo Marinho tinha 78 anos e será sepultado no Cemitério de Sobradinho, também no Distrito Federal.

Amigos lamentaram a morte:

NOTA – Pedro Alcântara

Recebi com muito pesar a morte desse homem batalhador, que criou sua família e foi exemplo para todos em Araguatins. Fica aqui meus pêsames a família e amigos.




Continue lendo
publicidade Bronze