- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
domingo, 22 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img

LUZINÓPOLIS: As irregularidades que afastaram a prefeita Carla Cristina

Mais Lidas

Não repasse dos cheque-moradia aos beneficiados no município, superfaturamento de aluguel de extração de areia, fraudes em licitações de poços semiartesianos e a construção de uma creche em terreno particular. Estas são algumas das irregularidades apontadas pela Câmara de Vereadores de Luzinópolis na Prefeitura da cidade.

Na terça-feira, por sete votos a favor e dois contra, a prefeita, Carla Cristina da Silva (PSDB) foi afastada por 90 dias a pedido da Comissão Provisória de Inquérito (CPI) instaurada em agosto pelos vereadores para investigar essas denúncias.

Os vereadores pediram o afastamento da prefeita porque os funcionários da prefeitura não estariam repassando as cópias de documentos que eram solicitados pela CPI. Segundo o presidente da CPI, Altino Ribeiro da Silva (PSDB), o afastamento será publicado por edital no Diário Oficial do Estado. Carla Cristina (PSDB) responde processo no Ministério Público Estadual por improbidade devido a irregularidades na prestação de contas. Quem assume a prefeitura de Luzinópolis é o vice José de Arimateia Coelho (PT) que ainda não teria sido notificado, mas segundo os vereadores tomaria posse até sexta-feira.

Prefeitura

Carla Cristina não estava ma cidade. O novo secretário de administração e finanças do município, José Verismar Lima dos Santos, que tomou posse há uma semana no cargo, não quis comentar o assunto. “Ainda estou me inteirando das denúncias e só a prefeita poderá responder esses questionamentos.”
Nem os vereadores sabiam da mudança do secretariado na prefeitura.

Irregularidades

Cheque-moradia-Em 2010, foram beneficiadas 28 pessoas pelo programa Cheque-Moradia, no valor de R$ 3 mil, para que elas pudessem implementar a construção de suas casas. Da verba destinada à essas famílias somam-se R$ 84 mil que, segundo documentos apresentados pelos vereadores, já foram utilizados, porém os moradores sequer ficaram com os cheques em mãos, que deveriam ser trocados por materiais de construção.

Creche-Uma creche está em construção com verbas do Governo Federal orçada no valor de R$ 1.280.594,51 e a previsão para o término seria em março deste ano. A obra está em um terreno particular que teria sido adquirido sem consultar os parlamentares do município. Relator da CPI, vereador Paulo César Queiroz Borges (PMDB) disse que não houve nenhuma notificação autorizando a compra ou doação do terreno não teve o aval dos vereadores. (Jornal do Tocantins)

- Publicidade -spot_img

2 Comentários

Assinar
Notificar-me
guest
2 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Liberdade

Lamentavelmente o desvio de verbas públicvas parece regra máxima. Em quase todos os municípios estão construindo creches, seja município pequeno ou grande, quase sempre com o mesmo valor, será que isso não é lavagem de dinheiro através de famosas emendas parlamentares? Vejam bem, as creches são destinadas para abrigarem crianças de mães que trabalham fora de casa, na maioria dessas cidades pequenas as mães não trabalham, pois não tem emprego nem para os homens/pais ou para os jovens, então, onde está a demanda? Ou será que é apenas por ser mais fácil alocar recursos junto aos ministérios e muita gente sair ganhando (enchendo o bolso)com isso. Está na hora de abrirmos os olhos, enquanto se constroi creches, falta posto de saúde, médico e medicamentos, equipamentos hospitalares e valorizações dos profissionais de saúde. Também continua a corrida de ambulâncias aos hospitais regionais levando pacientes do perigo ao perigoso, o que poderia estar sendo construidos hospitais de médio porte em cidades polos como Ananás que abrigaria as cidades de Angico, Cachoeirinha, Luzinópolis e Riachinho, o que evitaria o deslocamento de pacientes para procedimentos simples como partos e pequenas cirugias, portanto, as verbas para a construção de 6 creches, seria suficiente para a construção de um prédio hospitalar de médio porte e atenderia toda a região citada. Finalmente, acredito que todos esses município já têm creches, pois crehes são construídas para levantar recursos e poder político. Reflitam essa situação…..

GPV

Perdão, mas estes pequenos municípios pelo BRASIL afora, só servem muitas das vezes, de curral eleitoral para um grupo de politiqueiros ede coronelzinhos! Vendo q a grande maioria da sociedade local é leiga sobre muitos aspectos, mandam e desmandam! Basta um destes ter um estilingue q já se achão os temíveis! Não quero aqui culpar a sociedade, pois vejo ainda q somos vítimas, somnt pelo fato de não se investir o suficient na EDUCAÇÂO. Será q somos um bando de guinús, q vê um leaozinho ou uma leoazinha e simplesmnt corremos, corremos sem um destino certo?! E ainda deixamos um ou outros valents guinús se debatendo nas garras dos “felinos”! Não devemos ser assim! Vamos fazer dests pequenos municípios, GRANDES MUNICÌPIOS, para q não mais haja coronelzinhos e currauzinhos! É vergonhoso ve uma cidade a mece de um ou de outro. Ou parte de cidade comunga com tanta maléfia?! Vamos acordar, acho q já é hora!

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias