Connect with us

Maranhão

MA terá R$ 35 milhões do Fundo Amazônia para combater incêndios florestais

Publicado

em

O Maranhão conseguiu a aprovação de R$ 35 milhões do Fundo Amazônia para serem aplicados na prevenção e combate a incêndios florestais e queimadas não autorizadas no estado. A verba foi aprovada na 25ª Reunião do Comitê Orientador do Fundo Amazônia (COFA), realizada no dia 9 deste mês, em Brasília, com a participação do secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais, Marcelo Coelho.

O COFA é formado por representantes de órgãos do Governo Federal, como o Ministério do Meio Ambiente, dos Estados e da sociedade civil. Tem a atribuição de estabelecer as diretrizes e critérios para aplicação dos recursos do Fundo Amazônia.

No encontro, foram aprovados os critérios orientadores para apoio aos estados da Amazônia Legal para a prevenção e combate de incêndios florestais e queimadas não autorizadas e para a elaboração, revisão, detalhamento e implementação do Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE).

“Serão investidos cerca de R$ 35 milhões para combate a incêndios florestais, recurso esse que traremos para o estado e que serão utilizados em capacitação de servidores e de agricultores, desenvolvimento de sistemas de monitoramento do fogo, aquisição de equipamentos, construção de instalações, entre outras ações relativas ao monitoramento, combate e responsabilização por incêndios florestais”, anunciou Marcelo Coelho.

Atuação

A Secretaria de Estado de meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) está incrementando as ações efetivas de prevenção e controle a queimadas, além de atividades de conscientização da população.

Entre as iniciativas da Sema com o objetivo de diminuir o número de focos de queimadas no Maranhão estão a ampliação das fiscalizações nas unidades de conservação e as reuniões e capacitações com secretários e técnicos de Meio Ambiente dos municípios com maiores índices de queimadas.

Estão sendo realizadas, também, ações de sensibilização e educação ambiental, além da capacitação de agricultores familiares em técnicas alternativas ao uso do fogo e o desenvolvimento do Plano Estadual de Combate a Incêndio.

“Além das causas naturais de incêndios, como tempo seco, calor e ventos fortes, há, também, incêndios causados pela ação do homem, muitas vezes imprudente. Fogos de artifício, balões com gás hélio e instalações elétricas malfeitas são exemplos. Por isso, trabalhamos intensamente a questão da educação ambiental, conscientizando principalmente em relação ao uso da Queima Controlada e para os riscos que as queimadas sem os devidos cuidados podem ocasionar ao meio ambiente”, destacou o secretário Marcelo Coelho.

Para as pessoas interessadas em saber mais sobre a técnica da Queima Controlada, a Sema disponibiliza em seu site (www.sema.ma.gov.br, no item serviços) um espaço para esclarecer dúvidas recorrentes acerca do processo de queima, bem como as obrigações legais e documentos necessários aos solicitantes do processo de queima controlada.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Maranhão

IMPERATRIZ: Cavalo de Aço segue afundando na Série C

Publicado

em

Depois de da vitória no Frei, foi a vez do Juazieirense voltar a vencer o Imperatriz na Série C do Brasileiro só que dessa vez como mandante. O Leão venceu por 3 a 1 o Cavalo de Aço na tarde deste domingo, no Pituaçu, pela 11ª rodada da competição.

Os gols do jogo foram construídos em sua maioria na primeira etapa. O Juazeirense chegou a abrir dois a zero com gols de Flávio, aos 15, e Railon, aos 21. Nos acréscimos do primeiro tempo, aos 48, Judson descontou de pênalti para o Imperatriz. No fim, aos 48 do segundo tempo, Popó ainda ampliou para os baianos.

O Jacuipense foi senhor da partida e desde os primeiros minutos tomou as ações do jogo. A equipe teve boas trocas de passes e encontrou um Impearatriz com posicionamento muito frágil.

Sem tanta força o time baiano foi construindo o placar e o primeiro gol do Leão saiu com um belo chute de fora da área de Flávio. Logo depois, aos 21, Railon fez de cabeça o segundo do Jacuipense, que após tentou cozinhar a partida.

Mesmo com ritmo lento o Leão apareceu com boas chances enquanto que o Imperatriz era esporádico. No fim da primeira etapa, aos 48 o atacante do Colorado, Blaise foi derrubado e a arbitragem marcou pênalti. Judson converteu para o time visitante e as equipes foram para o intervalo.

Assim como na primeira etapa foi o Jacuipense quem ditou o ritmo do segundo tempo. Entretanto, a equipe baiana não deu a mesma intensidade a partida e foi cozinhando o Imperatriz minuto a minuto.

Foi do Leão a posse de bola e o Cavalo de Aço, completamente perdido, não conseguiu encaixar sua marcação. Dominando as ações o time baiano ainda chegou a ter algumas ações ofensivas principalmente com Danilo Rios e Railan, mas após algumas chances perdidas puxou o freio de mão.

Ao fim do jogo as equipes ficaram trocando ações com chute de fora e bola parada, algumas com grande perigo. Quando todo mundo espera que o placar estava definido ainda deu tempo de Popó fazer, aos 48, e dar números finais a partida: 3 a 1. (GE / Foto: Imperatriz)

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Moradores reclamam de cavalos soltos no centro

Publicado

em

Cavalos soltos nas ruas colocam em risco a vida de quem trafega pelo centro de Imperatriz, no sul do Maranhão. Segundo moradores, os animais estão transitando com frequência.

Imagens feitas por internautas, mostram animais em pleno cruzamento de vias importantes, tudo acontecendo sem serem incomodados por donos ou pelo poder público.

Os animais parecem que já estão acostumados com o movimento do trânsito no local, pois não se incomodavam com os veículos que passavam, que as vezes tem de desviar para não acertá-los.

Qualquer pessoa pode acionar o Centro de Zoonoses por meio do telefone (99) 99631-2604 e solicitar que o animal seja recolhido da rua. Quando o animal é recolhido, o valor da multa que o dono precisa pagar para ter seu animal de volta é de R$ 229,14.

Continue lendo

Maranhão

IMPERATRIZ: Mulher é feita refém em quarto de motel

Publicado

em

Um homem supostamente drogado, fez uma mulher refém na noite deste domingo, 11, em um motel na cidade de Imperatriz, no sul do Maranhão.

O Grupo de Operações Especiais esteve no local para conter a situação. O homem estava com um revólver apontado para a cabeça da mulher. Ele acabou se entregando e foi conduzido para o Plantão Central.

Continue lendo
publicidade Bronze